Orc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Orc ou Ork (termo vindo do latim Orcus, um dos títulos de Plutão, o senhor do mundo dos mortos), aparece nas línguas germânicas e nos contos de fantasia medieval como uma criatura deformada e forte, que combate contra as forças "do bem". Este conceito foi popularizado no romance de Tolkien, O Hobbit e O Senhor dos Anéis, e virou recorrente em jogos de RPG de mesa ou RPG eletrônico, como D&D, World of Warcraft, Lineage II, Tibia, Grand Chase, The Lord of the Rings Online e Ragnarok Online, no entando, não aparecem como criaturas maléficas em The Elder Scrolls V: Skyrim, sendo, nesse, uma raça semelhante aos homens.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Seus primeiro dicionários de élfico incluíam a entrada de "Ork (orq-), monstro, ogro, demônio" na frase "orqindi ogresse". Tolkien algumas vezes também usava o plural orqui em seus primeiros escritos.

No Hobbit o escritor usava a palavra "goblin" ao invés de "orc" para descrever o mesmo tipo de criatura[1] . Mais tarde Tolkien manifestaria o desejo da mudança de "orc" para "ork" no Silmarillion,[2] mas o único local onde ela foi efetivamente feita foi no livro As Aventuras de Tom Bombadil, no poema Bombadil Goes Boating ("I'll call the orks on you: that'll send you running!"). Na versão póstuma do Silmarillion, a ortografia de "orc" foi mantida.

As explicações de Tolkien sobre as origens da palavra real são as seguintes:

  • "A palavra é derivada do Antigo Inglês orc 'demônio', mas a usei só por ser adequada foneticamente" (The Letters of J.R.R. Tolkien, #144, 25 de Abril de 1954.)
  • "Eu peguei originalmente a palavra do Antigo Inglês orc (Beowulf 112 orc-neas; orc = þyrs ('ogre'), heldeofol ('demônio do inferno'). Isso supostamente não deveria ter ligação com inglês moderno orc, ork, um nome usado em várias criaturas marinhas da ordem dos golfinhos." (Nomenclature of The Lord of the Rings)
  • "A palavra usada na tradução do Quenya urko, Sindarin orch é Orc. Mas isso é pela similaridade da palavra do antigo inglês orc, "espírito mal ou fantasma" com as palavras élficas. Possivelmente não há ligação entre elas. A palavra do inglês é genericamente atribuída a ser derivada do latim Orcus." (The War of the Jewels, p. 391.). Este texto deve ser entendido no contexto em que Tolkien se apresenta como o tradutor para o inglês moderno do Livro Vermelho dos hobbits, conforme a introdução de O Senhor dos Anéis.

Referências

  1. Tolkien, J. R. R. (1937). The Hobbit, foreword, New York, NY: Houghton Mifflin Company. 0-395-87346-0.
  2. Tolkien, J. R. R. (1993). Christopher Tolkien (ed) Morgoth's Ring, 414, 422, New York, NY: Houghton Mifflin Company. 0-395-68092-1.
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia nórdica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.