Russell (cratera marciana)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cratera Russell
Russell Crater Dunes, Defrosted.jpg

Este campo de dunas na cratera Russell é coberto sasonalmente por gelo de dióxido de carbono. Numerosos rastros de redemoinho podem ser vistos riscando as dunas.
Planeta Marte
Tipo cratera de impacto
Coordenadas 54.9° S, 347.6° W
Extensão 139.7 km
Quadrângulo Noachis
Epônimo Henry Norris Russell

Russell é uma cratera de impacto no quadrângulo de Noachis, em Marte. Ela se localiza a 54.9º latitude sul e 347.6° longitude oeste, possui 139.7 km de diâmetro e recebeu este nome em honra a Henry Norris Russell (1877-1957), um astrônomo americano.[1]

Rastros de redemoinho[editar | editar código-fonte]

Muitas áreas de Marte, incluindo a cratera Russel, experimentam a passagem de redemoinhos gigantes. Uma fina cobertura de poeira clara cobre a maior parte da superfície de Marte. Com a passagem de um redemoinho essa cobertura é soprada expondo a camada escura à superfície. Estes redemoinhos têm sido avistados desde o solo até a órbita. Eles até mesmo limparam a poeira dos painéis solares dos dois rovers em Marte, desse modo prolongando suas vidas úteis.[2] Os rovers gêmeos foram desenvolvidos para durar três meses, mas eles têm durado cinco anos e ainda estão em atividade. Foi observado que o padrão das riscas muda a cada poucos meses.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Marte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma cratera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.