Só pra Contrariar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Só Pra Contrariar)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

{{Info/Música/artista

|nome               = Só pra Contrariar
|imagem             = 00 sopracontrariar bsb.jpg
|imagem_tamanho     = 250px
|legenda            = 
|fundo              = grupo_ou_banda
|Nome Completo      = 
|origem             = Uberlândia, Minas Gerais
|país               =  Brasil
|apelido            = SPC
|atividade          = 1989 - atualmente
|gênero             = pagode
|gravadora          = [[RCA /BMG/Sony&BMG Music Enterteinment (1989-2005)
Sony Music Entertainment (2013-Presente)
|afiliações = |website = www.sopracontrariar.net |integrantes = Alexandre Pires
Fernando Pires
Luiz Fernando
Hamilton
Serginho
Luiz Vital
Juliano Pires |exintegrantes = Rogério Viana

}} Só pra Contrariar (SPC) é um grupo musical brasileiro de pagode formado em 1989 em Uberlândia, Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Grupo de pagode criado em Uberlândia (MG) em 1989, tornou-se extremamente popular apostando na vertente romântica do estilo. O primeiro disco saiu em 1993, conseguindo vendas surpreendentes graças ao estouro das faixas "Que Se Chama Amor", um samba romântico, e "A Barata", um pagode de duplo sentido.

Com o passar do tempo o grupo buscou uma imagem mais sofisticada, dando ênfase às interpretações românticas e ao visual dos integrantes. O Só pra Contrariar, formado por Alexandre, Fernando, Luis Vital, Serginho, Hamilton, Luis Fernando, Alexandre Popó, Rogério e Juliano Pires, se tornou um dos conjuntos de pagode mais bem-sucedidos no Brasil.

O CD Só pra Contrariar lançado em 1997 vendeu 3 milhões de cópias. Em 2002, o SPC lança o CD Acústico. No disco, Alexandre Pires divide o microfone com artistas renomados como Caetano Veloso e Gilberto Gil. Esse foi o último trabalho com Alexandre á frente dos vocais do SPC. Depois de oito discos com o SPC, o vocalista decide deixar de vez o grupo e se dedicar exclusivamente à sua carreira solo. Mas o cantor preparou o terreno para que seu irmão Fernando Pires, baterista do SPC, assumisse o seu lugar.

Sem Alexandre Pires, o Só pra Contrariar arrisca trilhar caminhos diferentes. Para comemorar seus os 10 anos de carreira, o grupo lançou, em 2003, seu nono CD: Produto Nacional. O disco traz um repertório diferente dos trabalhos anteriores e vai buscar inspiração no samba de raiz. A inovação continua em Produto Nacional 2, de 2004. No álbum, o SPC investe menos em canções românticas e mais em diversidade.[1]

Após 11 anos de carreira solo, Alexandre Pires decidiu retornar ao grupo para comemorar os 25 anos de carreira do grupo. Segundo a assessoria do cantor, a banda não deverá ficar menos de três anos na cena musical. Está previsto também a gravação de um DVD e uma turnê que terá início em maio de 2013.[2] Em maio de 2013 lançam a primeira canção inédita do retorno, Ao Som do SPC.[2]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Alexandre Pires: 1989 - 2002, 2013-presente
  • Fernando Pires: 1989-presente
  • Juliano Pires: 1989-2005, 2013-presente
  • Luis Vital: 1989-2005, 2013-presente
  • Serginho: 1989-2005, 2013-presente
  • Luiz Fernando: 1989-2005, 2013-presente
  • Rogério: 1989-2005,
  • Hamilton: 1989 - 2005, 2013-presente
  • Alexandre Popó: 1989 - 2005, 2013-presente

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio lançados no Brasil e suas respectivas vendas [3]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Álbum
1993 Que Se Chama Amor Que se Chama Amor
A Barata
Domingo
1994 Out Door
Meu Jeito de Ser Meu Jeito de Ser
Essa Tal Liberdade
É Bom Demais
Primeiro Amor
1995 O Amor, Você e Eu
Você Vai Voltar Pra Mim
Te Amar Sem Medo
Tão Só O Samba não Tem Fronteiras
Nunca Mais Te Machucar
1996 Nosso Sonho Não É Ilusão
Dói Demais
O Samba Não Tem Fronteiras Só pra Contrariar Futebol Clube - SPC ao Vivo
1997 Depois do Prazer Depois do Prazer
Tá Por Fora
1998 Mineirinho
Quando é Amor
Você de Volta
Minha Metade
Amor Verdadeiro
1999 Sai da Minha Aba Interfone
Interfone
Machuca Demais
2000 Santo Santo Santo Santo
Você Virou Saudade Bom Astral
Quem Dera
2001 Teu Olhar
Vem me Livrar Desse Abandono
2002 Final feliz (part. Caetano Veloso) Só pra Contrariar - Acústico
2003 Minha fantasia Produto Nacional I
A Rede
Reconciliação
2004 Ela é Jogo Duro Produto Nacional II
Do Jeito Q’ Eu Gosto
2007 Pra Ficar Contigo Seguindo em Frente
Nascí Para Te Amar
2010 Você Vai Voltar Pra Mim/ Vida Colorida (Part. Saulo Fernandes) Só pra Contrariar: Simbora Meu Povo - Ao Vivo
2013 Ao Som do SPC Só pra Contrariar 25 Anos - Ao Vivo em Porto Alegre
Me Perdoa
2014 Recordações


DVD[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]