Gloria Estefan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Gloria Estefan
Gloriaestefan ahoy.jpg
Informação geral
Nome completo Gloria Maria Milagrosa Fajardo Estefan
Nascimento 1 de Setembro de 1957 (57 anos)
Origem Havana
País  Cuba
Gênero(s) Pop latino, salsa, merengue, dance
Instrumento(s) vocal e violão
Período em atividade 1976 — presente
Gravadora(s) Sony Music (1984-presente)
Página oficial www.gloriaestefan.com

Gloria Estefan (nascida Gloria Maria Milagrosa Fajardo, Havana, 1 de setembro de 1957) é uma cantora cubana radicada nos Estados Unidos. Já vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo todo,[1] [2] e está na Lista de recordistas de vendas de discos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De família humilde, Gloria desde pequena sempre ajudou seus pais. Era uma menina que amava de coração a música cubana e sempre ficava tocando com seu violão, músicas que sua avó ensinava. Com menos de dois anos sua família teve que se mudar para Miami devido a razões políticas. Seu pai era guardacostas do ditador deposto por Fidel Castro, Fulgencio Batista. Seu pai acaba se tornando militar das forças armadas estadunidenses e vai para a Guerra do Vietnã logo após, fato este que o deixa debilitado e ficando sob a guarda de sua filha Gloria. Um tempo depois o pai falece e ela continua a enfrentar a vida com sua mãe e sua irmã Rebeca.

Atualmente tem se demonstrado uma das principais líderes internacionais do forte movimento de oposição ao regime comunista em Cuba.[carece de fontes?] No dia 23 de março de 2010 decidiu, juntamente com o marido, convocar a população para uma marcha de protesto na famosa "Calle Ocho" de Miami. Dois dias depois, 200 mil pessoas compareceram vestidas de branco para prestar solidariedade ao movimento das "damas de blanco" e à família do prisioneiro político Orlando Zapata que morreu fazendo greve de fome.[carece de fontes?] A pressão parece ter funcionado, o presidente Barack Obama se viu obrigado a pedir um encontro pessoal com a casal a fim de tratar do tema. [carece de fontes?]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

Gloria participava e colaborava com grupos estadunidenses que cantavam versões das músicas dos Beatles e dos Rolling Stones, mas foi na Universidade de Psicologia que na mesma sala conheceu seu atual esposo Emílio Estefan, que na época ja tinha um grupo musical chamado "Miami Latin Boys".

Vendo Gloria cantar na Igreja, Emilio Estefan não hesitou em convidá-la para entrar no grupo, houve resistência no início por parte da cantora, mas acaba aceitando o convite e integrando a banda que muda de nome e passa a se chamar "Miami Sound Machine". Emilio e Gloria com o passar do tempo começam a namorar e em 1978 se casam. Um ano antes, em 1977 o grupo passa a fazer shows e logo após é lançado o primeiro LP "Renacer". Outros álbuns da banda se sucederam como "Miami Sound Machine" [1978], "Imported" (1979), "MSM Piano Album" (1980), "Otra vez" (1981), "Rio" (1982) e "A toda máquina" (1983). De 1977 a 1984 o grupo ja mesclava Pop, Rock e sons latinos com canções tanto em inglês como em castelhano e fazia excursões pela América Central e do Sul. Foi nesta época que o Brasil recebeu a primeira visita de Gloria Estefan, mas como turista e não em turnê com seu grupo.

Em 1980 nasce seu primeiro filho, Nayib Estefan e um ano depois a CBS oferece um contrato para shows e lançamentos de álbuns posteriores em toda América Latina.

1984 - 1989[editar | editar código-fonte]

Em 1984, é lançado "Eyes of Innocence", o primeiro álbum da banda Miami Sound Machine em inglês, com Gloria como vocalista. O álbum alcançou repercussão não apenas nos Estados Unidos, mas também na Inglaterra e na Austrália onde o single "Doctor Beat" entrou nas paradas da categoria "Hot Dance". A partir daí iniciava-se a trajetória internacional daquela que viria a ser a rainha do Pop Latino.

Depois do relativo sucesso do primeiro álbum, é lançado, em 1985, "Primitive Love" que traz "Conga", o primeiro single de sucesso mundial do Miami Sound Machine. O álbum também gerou outros megasucessos como "Words Get In The Way" e "Bad Boy". "Primitive Love" vendeu mais de seis milhões de cópias só nos Estados Unidos. O single "Conga" garantiu seu registro no "Guiness Book of Records" como o único compacto na história a figurar, ao mesmo tempo, nas paradas Pop, Latina, Soul e Dance da revista Billboard.

O álbum seguinte "Let It Loose" de 1987 foi outro grande exito do grupo que desde o álbum "Eyes of Innocence" chamava-se "Gloria Estefan and The Miami Sound Machine". Vários singles fizeram deste álbum um dos mais vendidos de toda sua carreira como "Anything for You" que foi o primeiro single nº01 na categoria "Billboard Hot 100",seguidos de "1-2-3", "Rhythm is Gonna Get You" e "Can't Stay Away From You".

Depois do grande sucesso de "Let It Loose" seria dificil ultrapassar tamanho sucesso e reconhecimento com o álbum seguinte, mas em 1989 foi lançado "Cuts Both Away" que obteve sucesso igualável ao anterior com singles como "Don't Wanna Lose You" seu segundo single nº01 na categoria "Billboard Hot 100",seguidos de outros sucessos como "Here we Are", "Get on Your Feet", "Oye mi Canto [Spanish Version]" de grande sucesso na Europa, em especial Espanha e França e "Si voy a perderte" [Don't wanna lose you] de grande sucesso na América Hispânica, além de "Se tenho que te perder" [Don't wanna lose you] especialmente para o mercado brasileiro.

1990 - 1999[editar | editar código-fonte]

A década de 1990 foi marcada por altos e baixos na carreira da cantora, já que em uma de suas turnês na Pensilvânia, houve um terrível acidente de trânsito e por pouco não foi fatal, uma vez que Gloria teve sérias fraturas na coluna e precisou fazer fisioterapia e para a alegria de seus fãs foi uma volta rápida com apenas um ano de paralisação da turnê. Neste mesmo ano, foi lançado "Éxitos de Gloria Estefan" com suas canções de sucesso e uma versão em português para o mercado brasileiro de "He We Are" chamada "Toda Pra Você". Este seria o terceiro single em português lançado até então, ja que no álbum "Cuts Both Ways" foi lançado uma versão de "Your Love is Bad For Me" chamada de "Amor Fatal", mas no geral não foi um álbum que repercutiu como os anteriores.

Em 1991 marcando sua volta depois do acidente foi lançado "Into The Light", mas só com o título de "Gloria Estefan" entrando em carreira solo. O álbum lançado mostrara o quanto Gloria era querida, "Coming Out of the Dark" foi nº01 na "Billboard Hot 100" e "Adult Contemporary", além da versão desta canção chamada "Desde La Oscuridad" muito bem aceita na América Latina. Outro single de sucesso foi "Live for Loving You" e "Nayib's Song [I am Here for You]" dedicada a seu filho Nayib.

Em 1993 foram lançados três álbuns: seu primeiro álbum solo em espanhol "Mi Tierra", rico em sons latinos o álbum em espanhol é o mais vendido da história, com quase 8,5 milhões de cópias em todo o mundo. Destaque para "Con los años que me quedan", "Mi tierra", "Mi buen amor", "Hablas de mi" e "Tradición". Gloria ganhou com este álbum seu primeiro "Grammy Awards"; Sua primeira coletânea em inglês "Greatest Hits" com três canções inéditas: "I see your Smile", "Go Away" e "Always Tomorrow" e de repercussão mundial; e "Christmas through your Eyes" álbum natalino de pouco destaque, e que colocou o single tema do álbum como carro-chefe.

Em 1994 saiu do forno "Hold me, Thrill me, Kiss me" álbum com canções em inglês da época que Gloria era mais nova e escutava estas canções no rádio. Destaque para "Turn the Beat Around" que foi tema do filme "The Specialist" (O especialista) e "Everlasting Love", ambas canções de muito sucesso nos Estados Unidos e Europa.

Dois anos depois do grande sucesso de "Mi Tierra", é lançado "Abriendo puertas" álbum natalino em espanhol, que deu a Gloria seu 2º Grammy Award e foi um dos mais tocados daquele ano. Destaque para "Abriendo Puertas", "Más Allá" e "Tres Deseos" todas nº1 na categoria "Hot Latin Tracks" da Latin Billboard.

Em 1996, foi a chance de fechar com chave de ouro uma carreira brilhante, já que cada vez mais Gloria fazia menos espetáculos em função de sua família, queria estar mais presente, até porque neste mesmo ano nascia sua filha Emilly Estefan. O encerramento das Olimpíadas de Atlanta foi memorável. Cantando para mais de um bilhão de pessoas, além de ter a oportunidade de mostrar seu talento a Cuba, já que a viu quem tinha antena parabólica. Cantando Reach do álbum Destiny, lançado coincidentemente naquele ano. Destaque também para "I'm not Giving you Up [Remix], You'll be Mine [Party Time] [Single Version] e "Show me the Way Back to your Heart" que apesar de não ter sido lançada é uma das mais belas do álbum.

Dois anos se passaram e em 1998 foi lançado "Gloria!" álbum dance de grande sucesso, destaque para "Heaven's what I Feel", "Oye" e "Don't let this Moment End", além das versões em espanhol "Corazón Prohibido" (Heaven's what I Feel) e "Oye" de grande sucesso na América Latina. Foi neste ano que o Brasil a recebeu pela segunda vez, mas agora profissionalmente, fazendo parte da turnê de divulgação do álbum. Pouco depois, "la cantante cubana" receberia o disco de ouro no país.

Nesse mesmo ano, Gloria foi convidada a participar da primeira edição do projeto VH1 Divas organizado pela fundação norte-americana Save The Music. Na apresentação solo, cantou "Turn The Beat Around" e "Heaven's What I Feel", além de um pot-pourri (que ganhou o título de "Megamix") com três sucessos da época do Miami Sound Machine e "Get on Your Feet", de "Cuts Both Ways". Estefan dividiu o palco com Carole King, Celine Dion e Shania Twain no sucesso "You've Got a Friend", composto por King em 1977. E participou junto com Carole, Celine, Shania, Aretha Franklin e Mariah Carey da performance das canções "(You Make Me Feel Like) A Natural Woman" e "Testimony".

Em 1999, Gloria Estefan gravou um dueto com o grupo de pagode brasileiro Só Pra Contrariar. A canção escolhida foi "Santo, Santo" que ganhou versões em espanhol e português. "Santo Santo" foi indicada ao prêmio Grammy Latino em 2000, na categoria "Melhor Performance Pop de Grupo ou Duo".

No mesmo ano, a cantora se juntou ao grupo pop 'NSync para a gravação da faixa "Music of My Heart". A canção faz parte da trilha sonora do filme "Music of the Heart" que ganhou os títulos de "Música do Coração" no Brasil e "Melodia do Coração" em Portugal. Na película dirigida por Wes Craven e produzida por Susan Kaplan, Gloria faz a personagem Isabel Vasquez. A canção chegou à segunda posição do Top 100 de singles da revista Billboard e ganhou uma indicação ao prêmio Oscar de melhor canção original concedido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

2000 - 2009[editar | editar código-fonte]

Em 2000 foi lançado "Alma Caribeña" e recebeu grande destaque, principalmente com "No me Dejes de Querer", "Como me Duele Perderte" e "Tres Gotas de Agua Bendita" dueto com Célia Cruz. Com "No me Dejes de Querer" Gloria ganhou seu primeiro Grammy Latino na categoria melhor video. Um ano depois lançou sua segunda coletânea em inglês "Greatest Hits V. II" que não teve uma grande retorno, mas colocou uma das músicas inéditas do álbum "Out Of Nowhere" como uma das mais tocadas na parada dance e indicada ao Grammy de melhor gravação dance. Outros singles inéditos estavam presentes neste álbum como "You can't Walk Away from Love" e "I Got no Love" e uma edição mais moderna de "Conga" denominada "Y-Tu-Conga".

Cinco anos depois do lançamento de seu último álbum em inglês "Gloria!" é lançado "Unwrapped" que embora tenha sido um dos melhores da artista, não vendeu bem, mas mesmo assim merece destaque "I Wish You", "Wrapped", "Te Amaré". O álbum fez mais sucesso com as versões em espanhol "Hoy" e "Tu Fotografia" ambos nº1 na categoria "Hot Latin Tracks".

Em 2004 Gloria anunciou o fim das turnês, mas reiterou que apareceria em eventos beneficentes e continuaria gravando álbuns. A partir de então sucederam-se álbuns como "Amor y Suerte: Éxitos románticos" [2003] de pouco retorno em termos de venda e que conta com uma canção inédita "Ay Ay Ay Amor"; "The Essential" álbum que marca os mais de vinte anos de carreira da cantora e seguindo a mesma linha, a coletânea em espanhol "The Very Best of Gloria Estefan" lançado somente na Europa e "Oye mi Canto - Grandes Éxitos" lançado somente nos Estados Unidos e na América Latina.

Com mais de 90 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo e com cada vez mais espírito de inovação, Gloria resolve lançar livros infantis com foco principal em sua cadela Noelle. O primeiro livro saiu em 2005 e foi chamado de "The Magically Mysterious Adventures of Noelle the Bulldog" [As Mágicas Aventuras de Noelle a Bulldog] acompanhado de um cd com a canção "Been Wishin'" ou "Sueño". Repercutindo bem na área literária, o livro chegou ao segundo lugar no Best Seller do "The New York Times".

Seguindo o mesmo ritmo, foi lançado em 2006 seu segundo livro intitulado "Noelle's Treasure Tale" (Tesouro de Noelle) e repetindo o sucesso do primeiro, alcançando o 3° lugar no Best Seller do "The New York Times". O livro também é acompanhado por uma canção "See With Your Heart" ou "Ver Más Allá".

Para o ano de 2007 está previsto para 18 de setembro o lançamento de seu quarto álbum solo em espanhol que se chamará "90 millas". O título se refere a distância de Cuba à Flórida e segundo a própria cantora, o álbum será bem intimo e seguirá a linha musical de "Mi tierra". "90 millas" terá outras várias participações de peso como La India, Andy Garcia, Chocolate e outros. O primeiro single "No Llores" [Gloria Estefan feat Carlos Santana & Sheila E.] foi lançado em 19 de Junho, já alcançando o primeiro lugar nas paradas latinas. O álbum foi muito bem aceito nas categorias européias chegando ao primeiro e terceiro lugar nos Países Baixos e Espanha, respectivamente, estando entre os quinze álbuns mais executados durante o primeiro mês de lançamento. O segundo singles "Me Odio" também já estreou com sucesso na Billboard e recebeu versões em hip hop e salsa.

Gloria, em 2008 foi honrada pelo Grammy Latino com o prêmio de personalidade do ano, onde a mesma recebeu grandes homenagens de nomes como John Legend, Carlos Santana, Kenny G, Alexandre Pires, Jon Secada, Gian Marco, entre outros. No mesmo evento, Gloria também arrecadou dois prêmios grammy's com o seu álbum "90 millas", de melhor canção tropical por "Píntame de Colores" e de melhor álbum tradicional por "90 millas", com esses prêmios Gloria soma 3 estatuetas em sua lista de Grammy's Latinos. De 2008 a 2009, Gloria resolveu agraciar seus fans ao redor do mundo com uma turnê mundial, que de início seria referente ao "90 millas" ,porém acabou no fim sendo uma turnê de seus maiores sucessos. Estefan também disse que essa seria sua última turnê mundial. O "around the world" de Gloria Estefan, começou na Europa passando por Espanha, Londres, Itália, Mônaco e Irlanda, e logo depois veio enfim para a américa latina, onde Gloria nunca havia feito algum show antes. Na américa latina, Gloria passou por Uruguai, Equador, Chile, Peru e o tão aguardado show na Argentina que lotou o estádio GEBA. Gloria prometeu que haveria uma segunda turnê no continente, que incluiriam países como Colômbia e Brasil, onde a mesma obtêm grande número de fans, principalmente no Brasil, porém até o momento não saíram datas referentes, apenas outras datas ao redor do mundo e novos shows na europa. Em 2009, Gloria e Emílio se uniram ao time de futebol americano "Miami Dolphins", o qual o casal comprou partes de ações do time, tornando-se sócios minoritários do mesmo.

2010[editar | editar código-fonte]

O ano de 2010 começou a toda força para a Diva latina, que teve a honra de poder traduzir a canção "We are the world" para o espanhol. "Somos el Mundo" foi gravada em fevereiro por mais de 80 artistas latinos, incluindo Thalía, Shakira, Jon Secada, e foi lançada em 1º de março para arrecadar fundos às vítimas dos terremotos do Haití, e logo depois, também para o Chile. Gloria já está em estúdio gravando as músicas que farão parte do seu novo álbum em inglês voltado à Disco Music, que será lançado no 1º trimestre de 2011, ao lado de Pharrell Williams e Chad Hugo do grupo The Neptunes.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
Ano Álbum
1977 Renacer/Live Again
1978 Miami Sound Machine
1979 Imported
1980 MSM
1981 Otra Vez
1982 Rio
1983 A Toda Máquina
1984 Lo Mejor de Miami Sound Machine
1984 Eyes Of Innocence
1985 Primitive Love
1987 Let It Loose
1989 Cuts Both Ways
1991 Into the Light
1992 Greatest Hits
1993 Mi Tierra
1994 Hold Me, Thrill Me, Kiss Me
1995 Abriendo Puertas
1996 Destiny
1998 Gloria!
2000 Alma Caribeña
2001 Greatest Hits Vol. II
2003 Unwrapped
2004 Amor y Suerte
2007 90 Millas
2011 Miss Little Havana

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título Título em português Papel Obs.
1999 Music of the Heart Isabel Vazquez Estreia como atriz
2000 Little Angelita Narradora Curta-metragem de animação
For Love or Country: The Arturo Sandoval Story Emilia Filme para a TV
2003 Famous: The Making of Unwrapped Ela própria Documentário sobre o álbum
2007 90 Millas Documentary Ela própria Documentário sobre o álbum
2008 Marley & Me br/pt: Marley & Eu Ela própria Participação especial
2009 G-Force br/pt: Força-G Juárez Voz na versão latino-americana do filme[3]
2010 Recording: The History of Recorded Music Ela própria Documentário

Versões[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel Obs.
1986 Club Med Um episódio
1989 Postcard From Miami with Clive James Ela própria Um episódio
1993 The Hypnotic World of Paul McKenna Ela própria
2000 Frasier Maria Episódio: "Something About Dr. Mary"
2005 A Capitol Fourth Ela própria
2009 Kathy Griffin: My Life on the D-List Ela própria Episódio: "Rosie and Gloria and Griffin... Oh My!"
2010 The Marriage Ref Ela própria Um episódio
2012 Glee Maribel Lopez 22° Episódio ("Goodbye")
Ano Título Cantora Album
1993 "Livre da Escuridão (Coming Out of the Dark)" Cristina Mel "Mil Horizontes"
2007 "Eu Vou Seguir (Reach)" Marina Elali "De Corpo e Alma Outra Vez"

Referências

  1. Estefan Honored By Latin Recording Academy (em inglês) grammy.com (19 de Agosto de 2008). Visitado em 13 de Janeiro de 2011.
  2. News / Celebrity Counsel For Miami GuitarTown Gloria Estefan Autographs Gibson Les Paul Sculpture “Gateway to the Americas” (em inglês) gibson.com (17 de Março de 2009). Visitado em 13 de Janeiro de 2011.
  3. G-Force review. "GLORIA ESTEFAN MÉXICO" Gloria Estefan Mexico (em espanhol)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Gloria Estefan
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gloria Estefan