Pop latino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pop Latino
Origens estilísticas Música espanhola  • Música da África  • Música da Ásia
Contexto cultural Europa Latina  • América Latina
Instrumentos típicos Guitarra espanhola  • Acordeon  • Baixo  • Bateria  • Teclado  • Trompete  • Trombone  • Piano  • Claves  • Chocalho  • Timbales  • Conga
Popularidade América Latina  • Europa Latina  • Estados Unidos  • Canadá  • Reino Unido
Gêneros de fusão
Chicano rock  • Rock em espanhol
Formas regionais
América: Pop brasileiro  • Pop mexicano  • Pop americano
Europa: Música italiana  • Música de Portugal  • Música espanhola  • Música da França  • Música da Romênia
Outros tópicos
Cultura pop

Pop latino (em inglês: Latin pop) é um termo que designa a música pop tida como contendo influências latino-americanas. Geograficamente, pode referir-se a toda a música pop produzida em território latino-americano ou executada por latino-americanos, chamados de hispânicos nos Estados Unidos.[1]

Ocasionalmente, a definição do termo se aplica à Europa latina, especialmente Espanha e Portugal, embora a Itália também seja incluída. A Ásia latina - mais especificamente, as Filipinas - também são consideradas no gênero.

O pop latino geralmente é cantado em espanhol, ou algum outro idioma latino, embora canções em inglês e outros idiomas não sejam raras. Além disso, diversos artistas internacionais da França e Itália costumam regravar suas canções em espanhol para o público latino. Entre os principais compositores pop latinos estão Leonel García, Gian Marco, Estefano, Kike Santander, Juan Luis Guerra, Mario Domm and Robi Draco Rosa.[2] [3] [4] [5] [6]

Melhor venda de artistas latinos[editar | editar código-fonte]

Alguns dos artistas mais bem sucedidos são Luis Miguel, Ricky Martin, Selena, Enrique Iglesias, Shakira, Laura Pausini, Vicente Fernández, Jennifer Lopez, Thalía, Gloria Estefan, Carlos Santana e RBD. Julio Iglesias é considerado até agora o artista latino que mais vendeu discos, vendendo cerca de 200-250-300 milhões de álbuns mundialmente. E a banda mexicana RBD, foi a única que conseguiu fazer sucesso fora do México e da América Latina.

Artista País Período Gênero Estimativa de vendas
Julio Iglesias  Espanha 1968–presente Latina +
200 milhões[7]
Juan Gabriel  México 1970-Presente Latina
100 milhões[8]
Gloria Estefan  Estados Unidos
 Cuba
1977–presente Latina
90 milhões[9] [10]
Luis Miguel  México 1982–Presente Pop latino +
90 milhões[11]
Ivete Sangalo  Brasil 2008–presente Latina
Camilo Sesto  Espanha 1964–2011 Pop latino
70 milhões[12] [13]
Shakira  Colômbia 1991–presente Pop latino +
70 milhões[14]
Enrique Iglesias  Espanha 1995–Presente Pop latino +
60 milhões[15]
Ricky Martin  Porto Rico 1984–presente Pop latino
60 milhões[16]
RBD  México 2004–2008 Pop Latino
50 milhões[17]
Vicente Fernández  México 1965–presente Latina
50 milhões[18]
Carlos Santana  México 1966–Presente Rock +
50 milhões[19]
Eros Ramazzotti  Itália 1981–presente Pop latino
50 milhões[20]
Selena  Estados Unidos
 México
1985–1995 Pop latino
50 milhões[21]
Laura Pausini  Itália 1993–presente Pop latino +
70 milhões[22]
José José  México 1965–presente Pop latino
40 milhões[23]
Thalía  México 1990-presente Pop latino, dance +
60 milhões[24] [25]
  • + Denota que algumas fontes mostram outras vendas (menor ou maior do que as apresentadas)

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.allmusic.com/explore/genre/d4300
  2. [1]
  3. [2]
  4. [3]
  5. [4]
  6. [5]
  7. Julio Iglesias (em espanhol). Julio Iglesias (17 de junho de 2012). Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  8. Juan Gabriel: Persona del año en el LATIN GRAMMY (em espanhol). People em Espanhol (15 de setembro de 2009). Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  9. Gloria Estefan vuelve a España tras once años de ausencia (em espanhol). El País (Espanha) (23 de julho de 2008). Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  10. Gloria Estefan, la madre del pop latino (em espanhol). Terra.com. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  11. LUIS MIGUEL - ¡Es el máximo vendedor en Chile! (em espanhol). Warner Music. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  12. RTVE - SALA PRENSA | Entrevista en exclusiva al cantante, productor y compositor Camilo Sesto (em espanhol). Televisión Española (22 de junho de 2007). Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  13. Datos personales de camilo sesto, toda su historia y biografía (em espanhol). ABC.es. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  14. "$40m Shakira gift for relief fund", BBC, 28 de setembro de 2007.
  15. Notas Musicales (aspx) (em espanhol). Terra. Terra Networks (28 de novembro de 2008). Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  16. Fans shriek as Ricky Martin gets his star (em inglês). MSNBC (16 de outubro de 2007).
  17. RBD Se reencuentra en Especial. TelevisaESMAS (12 de fevereiro de 2012). Página visitada em 11 de fevereiro de 2013.
  18. Vicente Fernandez anunció su retiro. Univision (2 de agosto de 2012). Página visitada em 13 de setembro de 2012.
  19. Carlos Santana (em espanhol). American Online. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  20. Eros Ramazzotti estrenará en Mayo su nuevo disco, "Alas y Raíces" (em espanhol). Los 40 Principales. Página visitada em 7 de setembro de 2011.
  21. Ranking: Los latinos más vendedores (em espanhol). Terra. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  22. Laura Pausini a ruota libera (em italiano). Sorrisi e canzoni TV. Página visitada em 19 de junho de 2011.
  23. José José en recuerdo (em espanhol). Univision. Página visitada em 7 de setembro de 2012.
  24. Tommy Mottola, Thalia expecting second child (em inglês). USA Today. Página visitada em 7 de setembro de 2011.
  25. Singer Thalia gets personal, Emotional in Growing Stronger (em inglês). Huffington Post. Página visitada em 7 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]