Desperate Housewives

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Desperate Housewives.svg
Donas de Casa Desesperadas (PT)
Desperate Housewives (BR)
Wisteria Lane, rua fictícia onde se passa a série.
Informação geral
Formato Série
Duração 1 hora (com comerciais)
Criador(es) Marc Cherry
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês Americano
Produção
Narrador(es) Brenda Strong
Elenco Marcia Cross
Teri Hatcher
Felicity Huffman
Eva Longoria
Brenda Strong
ver todos
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos ABC
Transmissão original 3 de outubro de 2004 - 13 de maio de 2012
N.º de temporadas 8
N.º de episódios 180 (Lista de episódios)

Desperate Housewives (no Brasil, Desperate Housewives e em Portugal, Donas de Casa Desesperadas) foi uma premiada série de televisão americana, criada por Marc Cherry, e transmitida na ABC desde 2004. Em Wisteria Lane na cidade ficcional de Fairview, o tema da série é a vida de cinco donas de casa, durante as suas lutas domésticas enquanto vários mistérios são desvendados. O estilo da série combina com elementos de drama, comédia, mistério e novela. Em Portugal, foi transmitido pela FOX e é atualmente transmitido pelos canais SIC e Fox Life e no Brasil pela RedeTV! e pela Sony Entertainment Television. A série, ao todo, teve 39 indicações ao Emmy Awards, ganhando 7. Em 5 de Agosto de 2011, A ABC anunciou que a oitava temporada da série também seria a última. O último episódio foi exibido em 13 de maio de 2012.[1] [2]

Em 2005 foi uma das séries mais vistas em todo o mundo. Há ainda uma versão argentina da série que já terminou sua primeira temporada, sendo um relativo sucesso de audiência.

Produção[editar | editar código-fonte]

A ideia da série surgiu quando Marc Cherry e sua mãe estavam vendo na televisão uma matéria sobre Andrea Yates, mulher que havia afogado seus cinco filhos na banheira, um por um, aparentemente porquê não suportava o peso da maternidade. Antes de Desperate Housewives, Cherry foi conhecido pela produção de séries de comédia como The Golden Girls e seguida de Golden Palace. Também havia outras três séries The Five Mrs. Buchanans, The Crew e Some Of My Friends, nenhuma destas durou mais de um ano. Inicialmente Cherry mostrou a série a HBO, CBS, NBC, FOX, Showtime e Lifetime, mas não foi aceita por nenhum dos canais. Por último, dois novos executivos da ABC, Lloidy Braun e Susan Lyne deram luz verde a Marc para transmitir o episódio piloto.

Os executivos da ABC não estavam satisfeito inicialmente com o título da nova série, tanto que sugeriram que o título fosse Wisteria Lane e as vidas secretas das donas de casa.

Em 18 de maio de 2004, a ABC anunciou o horário estável da série, todos os domingos de 21:00 às 22:00 horas. A série está alcançado grandes índices de audiência, junto com Lost, revivendo tempos passados de fortuna da ABC, cujo o último êxito havia sido Quem quer ser milionário?.

Wisteria Lane, o bairro onde se passa a história de Desperate Housewives, é ambientado na Colonial Street, dentro do Universal Studios Hollywood em Los Angeles, Califórnia.

Elenco[editar | editar código-fonte]

O elenco de Desperate Housewives é grande, tendo tido já mais de trinta atores regulares no decorrer da série, embora por vezes vários atores interpretam uma só personagem.

Wisteria Lane[editar | editar código-fonte]

Mapa da rua.

Wisteria Lane (wisteria é o nome de um arbusto muito comum da família das "fabaceae", a glicínia. O nome da Rua seria Alameda das Glicínias) é o nome da rua onde é ambientada a série Desperate Housewives. A Alameda Wisteria está localizada na cidade fictícia de Fairview, Eagle State (também fictício), e é uma típica rua de subúrbio estadunidense.

Na Alameda Wisteria, moram as Desesperadas: Susan Delfino, Bree Van de Kamp, Lynette Scavo, Gabrielle Solis, Renée Perry, Angie Bolen, Katherine Mayfair, Edie Britt (e na segunda temporada Betty Applewhite; anterior a série Mary Alice Young.

A cidade cenográfica, bem como os estúdios onde são gravados os episódios, localizam-se na Colonial Street, dentro do Universal Studios em Hollywood, Los Angeles, CA.

Episódios[editar | editar código-fonte]

Episódios de Desastre[editar | editar código-fonte]

Desde a terceira temporada até a sétima temporada, houve uma catástrofe particular ou episódio de grande conflito (meio da temporada) que envolve todo o elenco de uma maneira ou de outra. Estes episódios de desastres vem no intervalo entre 7°-10° e incluem a morte de um grande personagem ou um personagem recorrente (como nas temporadas 1 e 2, mas esses não foram os episódios de desastres, pois envolvem apenas uma história particular). Um tema recorrente nestes episódios é que um personagem que está causando muita confusão ou chantagem na vida de uma das desesperadas normalmente é morto.

Temporada Número do episódio Desastre Sinopse do episódio
1
8 (08)
Assassinato Por Vingança
Guilty! (Culpado!): Paul Young descobre que foi Marthe Huber, com um papel de Edie, quem escreveu a chantagem para Mary Alice, a qual provocou seu suicídio. Assim ele a estrangula e enterra num bosque.
2
9 (32)
Suicídio/ Omissão de Socorro
That's Good, That's Bad (Coisas boas e ruins.): Quando a polícia diz a Bree que Rex morreu por causa da medicação, George a telefona dizendo que vai se matar e que ela o salve; mas quando ela chega no quarto do hotel, não chama ninguém e diz que ele merece. quando a polícia chega ela diz que chegou tarde demais.
3
7 (54)
Situação de Reféns
Bang! (O Golpe Violento!): Carolyn Bigsby, a antiga vizinha de Orson, confronta seu marido no seu supermercado perguntando sobre seu caso com Monique Polier. Quando ela não consegue atirar nele, Carolyn faz os clientes do mercado de reféns. Entre eles estão Lynette, Nora, Julie, Austin, Art, e Edie trancada com o marido de Carolyn no escritório. Após Carolyn ouvir Lynette e Nora discutirem sobre Tom e Kayla, Carolyn assassina Nora com tiros no peito e fere Lynette com um tiro no braço. Em uma luta com outros reféns, Carolyn é baleada na cabeça por uma delas e morre.
4
9 (79)
Tornado
Something's Coming! (Algo Está Vindo!): Um tornado chega em Fairview colocando muitos do elenco em perigo. Em todo o caos, Victor Lang morre após tentar matar Carlos, que fica cego. O caso de Adam Mayfair, Sylvia, também morre no furacão após chantageá-lo e Katherine na casa dos Hodge; depois Kayla descobre o seu corpo em uma árvore. Ida Greenberg, que estava no porão de Karen McCluskey com o Scavos, também morre após salvar as suas vidas. Gaby e Edie brigam pelo dinheiro de Carlos que acaba voando com a ventania; no meio do caos elas fazem as pazes. O tornado destrói casa de Karen e causa graves danos a cidade.
5
8 (95)
Fogo
City on Fire! (Cidade Em Chamas!): Os homens de Wisteria Lane (Dave Williams, Tom Scavo, Carlos Solis, Orson Hodge, e Mike Delfino) preparam-se para tocar na Batalha das Bandas um concurso no clube "O Cavalo Branco". Mas o psiquiatra de Dave, o Dr. Heller, aparece e Dave o mata e depois coloca fogo no corpo e tranca Jackson no banheiro porque ele o viu, causando um grande incêndio no bar. Depois Dave salva a vida de Mike e diz a polícia que o incendiário é Porter Scavo.
6
10 (121)
Acidente de Avião
Boom Crunch! (Acidente Estrondoso!): É Natal em Wisteria Lane, mas o episódio gira principalmente em torno de um acidente de avião, decorrente da tentativa de Karl Mayer surpeender Bree com uma proposta de casamento num cartaz pregado a um avião. Quando o piloto tem uma parada cardíaca, a esposa tenta pousar, mas ela acidentalmente cai na rua, impactando a vida de todos na Alameda Wisteria. E, no processo, matando a enfermeira Mona Clark (que estava chantageando os Bolen), Karl Mayer, um dos gêmeos que Lynette estava esperando, e deixando Orson Hodge paraplégico.
7
10 (144)
Motim
Down the Block There's a Riot! (Há Um Motim Uma Quadra Abaixo!): Durante uma manifestação acontece um quebra-quebra. Bree atira para cima para parar uma briga. A multidão se assusta, e saem todos correndo. Lee é acertado na cabeça com algo de vidro q foi lançado. Karen é achada no chão por Lynnette, e ela a ajuda. Susan é pisoteada no estomago e desmaia na sarjeta. No final do episódio, Paul Young é baleado, começando então um pequeno mistério.
8
9 (166)
Atropelamento
Putting It Together (Juntando Tudo): Chuck Vance estava investigando o desaparecimento de Alejandro, e coinscidentemente, descobriu que de certa forma, sua ex-namorada Bree Van De Kamp estava envolvida. Amargurado, ele passou a pressioná-la como forma de vingança. Após Susan pintar um quadro, que foi exposto em uma galeia, revelando um intrigante fato, Chuck chega à conclusão que não só Bree, mas também suas amigas, estão envolvidas no possível crime. No final do episódio, Chuck é atropelado misteriosamente por um carro desconhecido.

Tramas[editar | editar código-fonte]

Em cada temporada há uma trama que se concentra em um personagem específico. Porém, nas temporadas 1, 3 e 6 houve dois grandes mistérios, sendo que na primeira eles se cruzaram no final.

Protagonista Temporada Sinopse
1 Mary Alice Young Na primeira cena do episódio piloto, Mary Alice se apresenta e acaba cometendo suicídio. Depois de encontrarem uma carta contendo uma chantagem nas roupas de Mary Alice, Susan, Bree, Gaby e Lynette começam a fazer uma série de descobertas. Mary Alice estava sendo tratada pelo Dr. Goldfine, e por muitos anos, seu nome verdadeiro foi Angela. As donas de casa descobrem que ela pode ter tido algo a ver com um bebê que desapareceu. Seu filho, Zach, começa a ter flashbacks e passa a ter a impressão de que matou um bebê chamado Dana, quando era mais jovem. Quando Felicia Tilman chega à cidade e percebe que ela conhecia Mary Alice por sua antiga identidade, é apenas uma questão de tempo antes que as mulheres descubram o quanto Maria Alice omitiu. No mesmo período, Mike Delfino chega à Wisteria Lane afim de investigar o desaparecimento de Deirdre Taylor, filha do milionário Noah Taylor.

No final da primeira temporada, o mistério da morte de Mary Alice é revelado. Em março de 1990, Mariy Alice (cujo verdadeiro nome é Angela) não poderia dar à luz um bebê, e acabou comprando ilegalmente o filho de uma viciado em heroína, Deirdre Taylor. Ela então se mudou para Wisteria Lane com o marido e o bebê, afim de começar uma nova vida. Em 1993, a vida da família Young em Wisteria Lane quase foi destruída quando a mulher voltou, aparentemente sóbria, querendo seu bebê de volta. Depois de uma briga verbal, e Deirdre decidida a recuperar o bebê, Mary Alice esfaqueou-a, resultando em sua morte. A criança, originalmente chamada Dana e renomeado Zach, acordou e viu o corpo da mulher. Mary Alice e Paul são obrigados a esquartejar o corpo e o enterram sob a piscina. O pai biológico de Zach acabou por ser Mike Delfino. Anos mais tarde, quando Martha Huber descobriu o segredo de Mary Alice por sua irmã, Felicia, que trabalhou com "Angela", a morimbunda vizinha decidiu chantageá-la, resultando no suicídio de Mary Alice.

Mike Delfino
2 Betty Applewhite No primeiro episódio da 2ª temporada,Betty concorda em ser a organista no funeral de Rex Van de Kamp, a pedido de Bree Van de Kamp. Betty é uma mulher astuta, para não ser tratada com leviandade, como revelado em conversas desagradáveis e ameaçadoras com Bree. Suas razões para mudar de Chicago para Wisteria Lane são misteriosas, devido ao fato de que ela trancou seu filho Caleb, que é um pouco "lento" e não possui habilidades sociais, em seu porão. Devido à forma como ela comprou sua casa, as donas de casa começam a suspeitar. Betty finalmente revela a Bree que Caleb assassinou Melanie Foster. Enquanto isso, seu filho Matthew está namorando Danielle Van de Kamp, filha de Bree. Matthew quer uma "vida normal", sem os segredos e as pressões de manter um preso fora da vista. Ele e Danielle tramam para tirar Caled do seu caminho. Matthew convence seu irmão a ir à casa de Danielle e beijá-la a força. Bree descobre e informa Betty que ela vai chamar a polícia, mandando Caleb para longe. Betty, sem aceitar que seu filho seja preso, decide envenená-lo. Envenenando-o, ela acha que vai dar-lhe a paz. Betty leva Caleb em um piquenique, onde ela lhe entrega um pote de sorvete que está envenenado. Caleb pergunta se Matthew está bravo com ele, e Betty pergunta por quê. Ele diz a ela o que realmente aconteceu, e Betty impede Caleb de comer o sorvete. De volta à Wisteria Lane, Betty conduz Matthew ao porão, onde ela o tranca como uma punição. Danielle aparece para ajudar Matthew e acerta Betty com uma macaco de carro. Ela e Matthew fogem, deixando Betty no porão. Após se dar conta do que aconteceu, Betty decide deixar Wisteria Lane. Ela embala seus pertences e se prepara para partir com Caleb no meio da noite. No entanto, a polícia aparece e a prende antes de poder partir. Na prisão, Betty descobre que não era Caleb o responsável pelo assassinato de Melanie Foster, e sim Matthew. Betty telefona para Bree, que está em um hospital psiquiátrico, e avisa que elas precisam encontrar Danielle, para deixá-la em segurança. Enquanto Bree escapa do hospital, Matthew e Danielle retornam à Wisteria Lane para pegar algumas coisas. Enquanto Danielle arrombar o cofre de sua mãe, Matthew segue para a casa da mãe para pegar algum dinheiro. Betty está lá para enfrentá-lo e revela que descobriu a chocante verdade, e que está ainda mais possessa pois ele decidiu colocar a culpa em seu irmão. De acordo com Matthew, Betty amou Caleb mais do que ela o amava. Betty afirma que ela era a única pessoa o qual daria amor à Caleb. Matthew vai embora para buscar Danielle, antes de Betty alertar as autoridades. Há um confronto com Bree enquanto Matthew aponta uma arma para ela. Danielle então enxerga o homem que Matthew realmente é, e pouco antes de puxar o gatilho, ele é morto por um policial da SWAT. Betty decide que este capítulo negro da sua vida acabou. Ela embala suas coisas e deixa Wisteria Lane com Caleb.
3 Orson Hodge Orson conheceu Susan Mayer no cinema e a ajudou a fazer ciúmes em Mike. Ele, então, encontrou Bree Van de Kamp em um hospital psiquiátrico. Quando Bree viu Orson visitar uma velha amiga, os dois foram atraídos um pelo outro. O relacionamento deles foi favorecido quando Orson ajudou na fuga de Bree do hospital para resgatar sua filha, Danielle. No entanto, quando Mike viu Orson em um exame odontológico e o reconheceu, Orson atropelou Mike em mais uma tentativa de cobrir seus rastros. Em seguida, visitou Bree, trazendo-lhe flores e ela o convidou para sua casa.

Depois de seis meses de namoro e de estar em um relacionamento sério, Orson propôs a Bree, que aceitou. Mike, embora vivo, não preocupou Orson, pois estava com amnésia retrógrada. Infelizmente para eles, Carolyn retornou com notícias chocantes: Orson era suspeito de assassinar sua primeira mulher, Alma. Eles se casaram depois de Bree lhe perguntar se ele tinha matado sua primeira mulher. Durante a festa de casamento, Bree e Orson foram obrigados à ir ao necrotério reconhecer um corpo que possivelmente seria de Alma. Revela-se que o corpo era, na verdade, de Monique Pollier, sua ex-amante. Bree e Orson estavam prestes a ir em sua lua de mel, mas ela cancelou no último minuto, quando viu seu filho, Andrew, na TV e foi atrás dele. A princípio, Andrew voltou a rejeitar a mãe, mas Orson o convenceu a voltar, fazendo-o perceber Bree iria se machucar ainda mais. Orson disse à Bree que o marido de Carolyn teve um caso com Monique Pollier, o que levou Carolyn a invadir um supermercado e colocar várias pessoas como suas reféns (incluindo Edie, Julie, Lynette, Austin e Nora), resultando na morte de Nora e na sua própria. Após esse evento, Bree tentou reunir Orson com sua família, já que encontrou sua mãe. Orson alegou que ela estava senil, mas isso não era verdade e saiu pela culatra quando Glória tentou afastar Bree, revelando seu caso com Monique, levando-a a suspeita de que seu marido realmente cometeu assassinato. Porém, a prisão Mike Delfino sob acusação de matar Monique pôs fim a sua suspeita. Susan, no entanto, passou a suspeitar de Orson. Mais tarde, revela-se que Alma não está morta, e que é comparsa de Glória. Alma queria Orson de volta. Para isso, tentou engravidar dele, após fingir um suicídio para atraí-lo, drogá-lo e estuprá-lo. Bree decide ficar ao lado de seu marido, levando Gloria a sabotar sua escada, colocando-a no hospital após sofrer um acidente. Andrew, pensando que Orson era o responsável pela tragédia, ameaçou-o dizendo que traria o "Andrew ruim" de volta, e Mike, agora fora da prisão, começou a se lembrar da noite em que Monique morreu. Ele confrontou Orson no telhado do hospital e, acidentalmente o empurrou do telhado. Descobre-se então, em um flashback, que Glória era a verdadeira assassina de Monique, por querer que o filho tivesse olhos apenas para Alma. Alma, que estava cansada de se humilhar diante de Orson, decidiu sair de sua vida, o que levou Glória a trancá-la em seu próprio sótão e ter seu caminho livre para matar Bree. Durante a tentativa de homícidio, Orson acaba por descobrir que sua mãe também havia assassinado seu pai e durante toda sua vida, havia culpado o filho pelo ocorrido, fazendo parecer um suicídio. Alma, desesperada, tenta sair do sótão pelo telhado, mas acaba caindo e consequentemente, falecendo. Orson impede que Glória mate Bree, empurrando-a contra o chão do banheiro. Ele então utiliza a bem-cronometrada morte de Alma com sua carta de suicídio, e o acidente vascular cerebral de sua mãe para implicá-los no assassinato de Monique Pollier, limpando o nome de Mike. Orson visita sua mãe e a bane definitivamente de sua vida, e ele e Bree passam sua lua de mel deixando Danielle em um convento, afim de evitar um escândalo já que ela estava grávida. Quando eles voltam, foi revelado que Bree estava fingindo sua gravidez e planejando criar a criança de Danielle como sua própria.

Karen McCluskey No episódio "Liaisons", foi revelado que a Sra. McCluskey tem seu próprio segredo: ela tem o corpo morto de seu marido, Gilbert, armazenado em um freezer no porão de sua casa. No episódio seguinte, "God, That's Good", Karen quebra o braço, e é levada para hospital. Nesse meio tempo, primeiro Parker Scavo, e então Ida Greenberg, descobrem o corpo morto de Gilbert. Karen consegue convencer Parker a manter a calma, mas Ida vai até a polícia, e Karen é colocada na cadeira. A Sra. McCluskey se torna o assunto da cidade depois que as notícias se espalham. Ela rapidamente passa a ser incomodada por crianças locais, que atiram ovos em sua casa, e pintam "bruxa" em sua porta. Lynette também muda de babá para mantê-la longe de seus filhos, mas Parker continua a defendê-la e a dizer a Sra. McCluskey que apenas a verdade irá fazer as coisas parar. Ela vai para a festa de aniversário de Travers, filho de Edie, enquanto os moradores estão reunidos e revela suas ações. Ela explica que chegou em casa às 2 da manhã de um fim de semana e encontrou Gilbert morto no sofá. Esperou até a manhã para acionar a polícia e o necrotério, mas acaba por verificar que seu plano de previdência, descobrindo que com a morte de Gilberto, todos os seus bens, incluindo a casa, ficariam com sua primeira esposa. A Sra. McCluskey, com medo de perder tudo, manteve o seu corpo no freezer e continuou a descontar os cheques. Lynette então contrata a Sra. McCluskey de volta como sua babá. Lynette diz a Sra. McCluskey que a família sentia falta dela, e a Sra. McCluskey diz que também sentiu. A Sra. McCluskey também comunica a Lynette que precisará de um aumento, pois tem muitas contas a pagar.
4 Katherine Mayfair Doze anos após deixar Wisteria Lane, Katherine, Adam e Dylan mudam novamente para casa de Lillian, antiga casa de Mike. Susan introduz Katherine a Bree, Lynette e Gabrielle, seus amigos e vizinhos; Katherine imediatamente entra em confronto com cada um deles, especialmente Bree. Enquanto isso, Dylan não se lembra da vida em Wisteria Lane. Katherine começa integrando-se no círculo de amigos de Susan, mas continua a entrar em conflito com Bree, Gabrielle e Lynette. Misterioso e frio interior de Katherine, e a falta de memórias de Dylan sobre a vida em Wisteria Lane, levantam suspeitas em seus vizinhos. Dylan pergunta a Katherine sobre seu pai biológico, mas Katherine só diz que ele é muito perigoso para deixar participar novamente de suas vidas. Lillian se muda para o quarto de hóspedes da casa dos Mayfair escreve em uma carta, um relato detalhado para Dylan sobre o misterioso segredo, mas morre antes que ela possa receber. Sylvia Greene, a mulher que acusou Adam de assédio sexual, em Chicago, o visita - na esperança de reacender seu romance. Katherine acredita que as acusações são falsas, mas Adam admite ter tido um caso com ela, e foi por esse motivo que ele resolveu as coisas fora do tribunal e que "perdeu tudo", em Chicago. Katherine coloca Adam para fora de casa. Enquanto arruma suas coisas, ele encontra a carta de Lillian e enfrentar Katherine sobre suas mentiras, dizendo que agora quem a está deixando, é ele. Katherine joga a carta no fogo. No entanto, Dylan resgata alguns pedaços e deduz que Katherine matou Wayne, seu pai. Ela procura Adam para conseguir algumas respostas, mas ele procura Katherine. Ele promete dar um último álibi a ela para poder mentir para Dylan, porém o casamento acabou. Katherine e Bree põe de lado a sua rivalidade e iniciam um negócio de buffês. Enquanto isso, Wayne rastreia Dylan e os dois passam a se encontrar escondidos. Mais tarde, Dylan reintroduz o pai a Katherine. Com a esperança de afastar Wayne, Katherine diz que Dylan não é sua filha e um teste de DNA poderá confirar a revelação. Adam descobre que Wayne localizou Katherine e Dylan e se oferece para ajudá-las a escapar, decidindo levar Dylan em uma viagem de formatura e nunca mais voltar, mas Wayne sequestra Adam. Temendo que Wayne tenha matado Adam, Katherine implora a Dylan para sairem da cidade imediatamente, mas Dylan exige saber toda a verdade. Katherine decide contar, o que leva Dylan a fugir desesperada. Mais tarde, Wayne surpreende Katherine e faz dela uma refém ao lado de Bree, além de assassinar Ellie Leonard com um tiro no peito. Katherine então revela que a verdadeira Dylan morreu na última noite que ele a viu, pois foi pegar uma boneca em cima de um armário, que acabou caindo por cima dela. Katherine, cheia de sofrimento, saiu em busca de uma menina nos orfanatos que parece com Dylan e a encontrou, adotando-a. Revoltado, Wayne se prepara para matar Kathrine, mas Adam chega. Sabendo Wayne vai sempre aterrorizá-la, Katherine atira nele. Bree, Susan, Lynette, Gabrielle dizem à polícia que as ações de Katherine foram em auto-defesa e Katherine é finalmente integrada em seu grupo social. Dylan retorna e se reúne com sua mãe.
5 Dave Williams Após casar com Edie, Dave a convence a se mudar para Wisteria Lane. Depois de pagar o inquilino a sair da casa, Dave e Edie mudam-se de volta. Ela anuncia para as vizinhas que está casada e as apresenta à Dave. Exteriormente, Dave parece ser refinado e afável, mas sua escuridão é rapidamente estabelecida: em uma conversa por telefone com seu psiquiatra, Dr. Samuel Heller, ele diz que sua raiva ainda está com ele, mas só há uma pessoa não identificada que precisa se preocupar com isso. Karen McCluskey imediatamente entra em confrontos com Dave depois que ela, inocentemente, insultou Edie, resultando no desaparecimento de seu gato de Toby. Toby reaparece somente após Karen pedir desculpas a Edie. Desconfiada, ela passa a investigá-lo. Com medo de ser descoberto, Dave imediatamente decide expor Karen como uma pessoa velha e senil a todos os moradores, causando-lhe um colapso durante sua festa de aniversário de 70 anos, resultando em seu internamento em um hospital. Enquanto isso, Dave compra outra casa no bairro, para que pudesse alugá-la por um preço razoável a Mike Delfino - que vive em outra cidade desde seu divórcio - e assim começar uma banda com Mike, Tom Scavo, Orson Hodge, e Carlos Solis. Karen reassume sua investigação uma vez que ela é liberada do hospital com a ajuda de sua irmã, e descobre que Dave entra em contato regularmente com o Dr. Dave Heller. Elas revelam ao Doutor que Dave está em Fairview, e ele imediatamente viaja para Wisteria Lane, onde acaba por ser estrangulado no armazém do The White Horse Club, onde a banda de Dave irá se apresentar. Dave inicia um incêndio a fim de cobrir o assassinato, que toma o lugar lentamente, de modo que quando ele está no palco, a fumaça atinge a multidão. Mike é nocauteado, e Dave re-entra no prédio em chamas para salvá-lo e é aclamado como um herói. Dave começa a ter alucinações vívidas de sua esposa Lila Dash e sua filha, Paige - as pessoas mortas no acidente que terminou o casamento de Mike e Susan Delfino, e diz que ele vai fazer Mike pagar. Uma noite, Edie encontra Dave com suas alucinações, e Dave revela que ele é viúvo e luta contra a memória de sua esposa. Edie imediatamente o expulsa de casa por mentir. Um flashback revela que Dave se casou com Edie após saber que ela viveu em Wisteria Lane e nunca vendeu a casa. Mais tarde, Edie decide que não quer ficar sozinha e pede para o marido retornar para casa. Dave então planeja uma viagem de acampamento com Mike e sua namorada, Katherine Mayfair, e trama para Edie ficar em casa. Um encontro com um padre em uma loja de bebidas desperta as suspeitas de Edie, e ela ouve o nome David Dash pela primeira vez. Edie começa a pesquisar o passado de Dave, descobrindo que não apenas a esposa morreu no acidente, mas também a filha que ele deixou de mencionar, e mais tarde descobre que Mike era o motorista do carro que deu fim as suas vidas. Dave, Mike e Katherine partem para sua viagem, em que Dave tenta atirar em Katherine com um rifle de caça para se vingar de Mike, mas Edie manda uma mensagem de texto assim que ele puxa o gatilho, distraindo-o e errando o tiro. Dave volta para casa para um confronto com Edie, que lhe diz que ela tem a intenção de alertar Mike. Dave estrangula Edie até que ela cai no chão, mas pára antes que ela morra. Assustada, Edie foge de sua casa, mas é eletrocutada após um acidente de carro e morre. Susan confere Dave após a morte de Edie. Ainda sem saber da verdadeira identidade de Dave, ela confidencia que, na verdade, ela estava dirigindo o carro na noite do acidente, mas Mike assumiu a responsabilidade, porque ela tinha deixado a sua carta de motorista em uma bolsa diferente. Dave volta sua raiva para Susan e determina que irá matar MJ Delfino. Ele planeja uma viagem de pesca com Susan e MJ e grava um vídeo para Mike, afirmando que não queria matar MJ, mas que ele tinha que fazer. Mike acidentalmente assiste a fita antes de sua viagem com Katherine, e telefona para Susan, e revelando a verdadeira identidade de Dave. Enquanto isso, a polícia identifica o corpo do Dr. Heller e junta todas as peças juntas. Dave planeja bater no carro de Mike no cruzamento onde a vida de sua família foi tirada, com ele e MJ dentro. No entanto, Dave muda de ideia no último minuto após alucinar que é sua filha no banco de trás, e diz a MJ para sair do carro. Dave desperta, e a câmera focaliza o rosto. Ele se imagina salvando sua família, dizendo-lhes para ficar em casa. Como o zoom da câmera de novo, Dave é visto em uma sala de segurança máxima no hospital psiquiátrico Boston Ridgegate Mental Facility.
6 Angie Bolen Na estréia da sexta temporada, o casal fugitivo, agora sob os pseudônimos de Angie e Nick Bolen, compra uma casa em Wisteria Lane, em Fairview, com seu filho de 19 anos de idade, Danny. Enquanto uma hesitante Angie faz amizade com as outras mulheres na rua, Danny começa a gostar de Julie Mayer, uma vizinha que, eventualmente, rejeita suas tentativas de construir um relacionamento romântico. Quando Julie entra em coma após ser estrangulada, Danny é o principal suspeito, criando tensão entre Angie e a mãe de Julie, Susan Mayer. No entanto, Danny é inocentado de todas as acusações, quando seu álibi é validado. Enquanto isso, a vizinha Katherine Mayfair faz amizade com Angie, enquanto enfrenta um colapso nervoso como resultado de Mike Delfino se casar com Susan, em vez dela. Quando Katherine começa a questionar o passado de Angie, Angie diz a Susan que Katherine pode ter estrangulado Julie como um ato de vingança. Angie tem um emprego na empresa de sua vizinha, Bree Hodge, e uma amizade desenvolve. Mais tarde, Angie descobre que Nick teve um caso com Julie antes de seu ataque, mas ela o perdoa por essa traição. Quando Julie rejeita Danny, mais uma vez, ele tenta o suicídio por ingestão de uma grande quantidade de comprimidos. Angie e Nick o levam para o hospital, onde ele desperta com perda temporária de memória e diz a enfermeira Mona Clark, que seu nome é Tyler. Mona conclui que a família está no programa de reinstalação de testemunhas, mas Danny revela o segredo de sua família. Mona exige 67 mil dólares dos Bolen em troca de seu silêncio, mas é morta por um avião que faz um pouso de emergência em Wisteria Lane logo depois. Mais tarde, Danny começa a namorar Ana Solis, a divertida sobrinha de Gabrielle e Carlos Solis. Gabrielle e Carlos escutam através da porta uma discussão entre Angie e Nick sobre seu segredo, e como precaução, acabam mandando Ana para uma academia de modelagem em Nova York. Danny segue Ana, sem o conhecimento de seus pais. Angie e Gabrielle viajam a Nova York para trazer Danny de volta e Angie confessa seu passado para Gabrielle em confiança. Descobre-se então que Danny é filho de Patrick Logan, e que Angie fora responsável pela morte de um homem ao explodir uma bomba, em parceria com Patrick. Angie, desesperada e ao lado de Nick, passou a fugir com criança. Patrick rastreia Angie de volta para Fairview, onde ele atropela Nick com seu carro. Enquanto Nick está no hospital, Patrick invade a casa e faz Angie e Danny como reféns, exigindo que ela lhe construa uma bomba. Ele planta a bomba dentro da casa e a ativa com um detonador enquanto observa na rua. No entanto, a bomba na casa era um chamariz; Angie tinha plantado a bomba real no detonador. Patrick morre na explosão e Angie e Nick, ainda em fuga do FBI, se mudam para Atlanta, Geórgia, enquanto Danny se muda para Nova York para estar mais perto de sua avó e Ana.
Estrangulador de Fairview / Eddie (Andando junto com o mistério Bolen) Eddie Orlofsky é o infame "Estrangulador de Fairview". Ele é amigo de Danny, um dos poucos que permaneceram amigos dele, mesmo quando Danny estava sendo acusado de estrangular Julie, que foi atacada pelo próprio Eddie. Eddie é mostrado trabalhando em um café local onde Emily Portsmith, uma garçonete, torna-se sua segunda vítima conhecida. Após o assassinato, Eddie menciona que ele estava feliz por ter chegado atrasado ao trabalho, porque não poderia ter lidado com a descoberta do corpo de Emily. Eddie convida Julie e Danny para vê-lo fazer stand up comedy em um clube local, mas sua performance é terrível. Eddie oferece uma carona para Irina após ser despejada por Preston Scavo na noite do casamento. Depois que ela o insulta, Eddie a estrangula e a enterra na floresta. O episódio "Epiphany" revela detalhes sobre o passado de Eddie. Eddie teve uma infância desesperadamente solitária, porque seu pai o abandonou com sua mãe Barbara, que afirmou que nunca amou o filho ou que o queria. Além disso, Eddie sempre foi rejeitado pelas mulheres as quais sentia atração, então acabou desenvolvendo um forte ódio contra as mulheres que o rejeitavam. Por outro lado, já que ele era uma criança, Eddie teve um relacionamento amigável com as mulheres de Wisteria Lane: Mary Alice se torna amiga de Barbara após o pai de Eddie deixar a família; Gabrielle o deixou desembalar caixas em sua casa quando ela se mudou; Bree deu-lhe alguns conselhos amorosos, desconhecendo que seus afetos seriam para sua filha Danielle; Lynette tentou incluí-lo quando o convidou para um jogo em família, e Susan o pagou para ele participar do seminário de artista, a fim de incentivar a sua capacidade artística. Eddie desenvolve uma paixão por Susan, mas ela o rejeita, de modo que ele planeja estrangulá-la, mas erroneamente estrangula Julie. Quando Barbara descobre que Eddie havia estrangulado uma adolescente, ela tenta chamar a polícia. Num acesso de raiva, Eddie estrangula Barbara até a morte, e minutos depois, Lynette o convida para morar em sua casa. Lynette percebe que ele é o estrangulador de Fairview, quando ela vê remorso em seu olhar, após contar-lhe sobre a polícia encontrar sua mãe na floresta. Ele tranca Lynette em sua casa de infância. No final da temporada, Eddie detém o destino de Lynette e seu bebê em suas mãos. No final, ele aceita que Lynette chame a polícia e se entrega, quando ela diz que acredita nele.
7 Paul Young Paul Young é o centro do mistério desta temporada. Ele foi libertado da prisão depois que Felicia foi parada por excesso de velocidade e sua fraude foi descoberta. Paul foi solto e recebeu uma grande quantia em dinheiro por prisão injusta. Seu retorno para Wisteria Lane é recebida com surpresa pelos vizinhos que se sentem culpados por não acreditar nele. Ele visita Felicia na prisão, confirmando sua suspeita de que ele assassinou sua irmã. Ele diz a Lee que quer comprar sua antiga casa e parece decidido a comprar outras casas na rua, ameaçando a Sra. McCluskey e chantageando Susan a convencer Mike a vender a sua casa, após descobrir seu trabalho na Internet. A narração de Mary Alice afirma que o plano de Paul é colocar os moradores de Wisteria Lane uns contra os outros e que isso ia funcionar. Paul revela que se casou com uma mulher chamada Beth, enquanto estava na prisão. No entanto, Beth parece insegura de estar com Paul, agora que ele está livre, admitindo que não quer partilhar a cama enquanto ainda é virgem. Eles finalmente consumam seu casamento, mas Beth está preocupada com os segredos de Paul. Quando o ex-companheiro de cela de Paul aparece em Wisteria Lane, Beth o chantageia a revelar o plano de Paul. Após saber a verdade, ela o confronta, dizendo-lhe que sabe de tudo, mas está a favor dele, afirmando compreender seu desejo por vingança. O que Paul não sabe é que Beth é filha de Felicia, ajudando sua mãe em seu plano de vingança contra Paul. No episódio "Pleasant Little Kingdom", os moradores de Wisteria Lane vêem um anúncio que uma casa de recuperação para ex-prisioneiros irá abrir no bairro. Em uma reunião para acabar com este plano, Paul revela que comprou várias casas na vizinhança, e pretende comprar mais, a fim de controlar a votação sobre se a instalação deve permanecer na rua. Paul afirma que ele quer que outros presos experimentem o calor oferecido pela vizinhança, o que pode impedi-los de voltar para a prisão. Na realidade, ele parece satisfeito em assistir as discussões entre os vizinhos. Ele diz a todos que é dono de casas suficientes para abrir seu centro e que o prefeito vai dar-lhe um prêmio especial por isso. No episódio "Down the Block There's a Riot", Lynette Scavo organiza um protesto com a ajuda das comunidades vizinhas, que acaba se resultando em um motim, causando destruição em massa em Wisteria Lane. Paul sempre soube que isso iria acontecer, tudo estava planejado. Quando Lynette diz-lhe que é tudo culpa dele, Paul pergunta a ela: "O que os torna melhor do que um monte de ex-condenados?" Paul passeia pela rua à noite, a celebrar seu triunfo, e é baleado por um desconhecido. Questionado por detetives no hospital, Paul fica perplexo ao saber que Beth é filha de Felicia, mas esconde isso, insistindo que ele e Felicia estão em boas condições. Saindo do hospital, Paul deseja viajar com Beth, planejando matá-la lá. Antes de saírem, os detetives voltam a mostrar a arma que eles suspeitam ter sido usada para disparar em Paul. Paul reconhece-a como a arma usada por Mary Alice para se matar, mas se cala. Ele cancela a viagem e é visto olhando para uma foto de Zach, percebendo seu filho está de alguma forma envolvido. Paul tenta rastrear Zach, descobrindo o jovem perdeu sua fortuna. Paul vai até Mike, afirmando que acredita que Zach atirou nele e que deseja vê-lo. Mike localiza Zach em um motel decadente e descobre que o jovem é viciado em drogas, além de ouvir a confissão de ter atirado em Paul. Mike diz a Paul onde Zach está, e afirma que tudo o que ele pretende fazer, não pode ser pior do que o que Zach está fazendo a si mesmo e os dois confrontam o jovem. No episódio "Farewell Letter", Paul, perturbado por seu encontro com Zach, confronta Beth do por que ela trouxe uma arma para sua casa. Beth insiste que foi apenas para proteção, pedindo a Paul para esquecer o passado e todos os seus problemas recentes. Ele diz a ela que a traição significa que é impossível ser uma boa pessoa novamente. Na unidade de reabilitação de drogas, Zach acusa Paul como responsável de todos os seus problemas na vida, incluindo o suicídio de Mary Alice. Ele diz a Paul que ele é mau, e que ninguém poderia amá-lo. Isso leva Paulo a dizer a Beth que ele sabe sobre a sua verdadeira identidade e, embora ela implore por perdão e diga que realmente o ama, ele a expulsa de sua casa, dizendo-lhe que ninguém poderia amá-lo. Beth tenta voltar com Paul, levando a briga como nada sério. Paul acredita que isso faz parte do jogo de Felicia, e Beth responde que ela já não acredita nas acusações da mãe a respeito de Paul ter matando a tia. Paul, então, revela que ele cometeu de fato assassinato ao matar Martha, deixando Beth horrorizada. No final do episódio, Beth comete suicídio no hospital, da mesma forma que Mary Alice fez 12 anos atrás. Paul é abalado com o suicídio de Beth e como ela está com morte cerebral, mas em suporte de vida, ele se recusa a deixá-la ir e deixar que Susan receba seu rim. Felicia encontra Paul na prisão, dizendo-lhe que Beth realmente o amava e que a rivalidade entre os dois acabou custando a vida de alguém especial. Paul diz a Susan que ele irá desligar os aparelhos de Beth e deixará que Susan receba o rim. Quando Susan diz-lhe como ela está triste com a morte de Beth, Paul desmorona em lágrimas. Felicia é libertada da prisão e decide se vingar de Paul. Eles vão para um lago para dispensar as cinzas de Beth, com Paul trazendo uma arma com proteção. Felícia toma arma dele e a aponta contra ele, mas depois a joga fora, dizendo que eles tem que deixar o ódio de lado. Eles espalham as cinzas, mas é revelado que elas eram falsos, Felicia manteve as reais e promete uma vingança mais satisfatória sobre Paul. Felicia sequestra Paul e submete seu corpo a anticongelantes, além de ter uma seringa de cloreto de potássio ameaçando matá-lo de imediato, se ele gritar quando ela retirar a fita adesiva em sua boca. Felícia diz que quer que ele sinta remorso pelo assassinato de Martha, mas Paul confessa que não se arrepende, sem saber que Felicia está gravando tudo. Susan, que está se mudando de volta para casa e quer surpreender MJ Delfino, colocando suas coisas favoritas em seu quarto, descobre o que Felicia está fazendo e a engana ao colocar um carrinho de MJ com som de polícia para tocar. Felicia percebe que foi enganada e tenta assassinar Susan com a seringa, mas Paul se liberta e estrangula Felicia, da mesma forma que ele matou Marta. Porém os apelos de Susan o impede de cometer assassinato novamente. Felicia foge e presumivelmente morre quando seu carro é atingido por um caminhão. Paul decide que, se ele realmente for se redimir, deverá se responsabilizar pelos atos que cometeu. Ele confessa à polícia sobre o assassinato de Martha, e é preso.
8 Assassinato de Alejandro O foco principal da oitava e última temporada da série é o resultado do assassinato de Alejandro. Carlos e as donas de casa lidam com a culpa, e Mike e Ben também acabam se envolvendo quando o corpo de Alejandro é retirado da floresta e enterrado por Mike no local de construção de Ben. Susan tenta superar a culpa de seu envolvimento no assassinato de Alejandro, por isso ela decide procurar sua família para ter certeza que eles estão bem. É revelado que algum tempo após Gabrielle sair da casa deAlejandro e Lúcia, Alejandro deixou Lúcia, mudou seu nome para "Ramon Sanchez", se casou com Claudia Sanchez, e que também abusou da filha de Claudia, Marisa. Bree se torna a principal suspeita do assassinato de Alejandro quando rejeita o namorado, detetive Chuck Vance, e a suspeita fica mais forte após Chuck ser assassinado. Bree vai a julgamento e está perto de enfrentar 20 anos de prisão perpétua até que a Sra. McCluskey confessa que matou Alejandro. Todas as acusações contra Bree e McCluskey são retiradas.

Temporadas[editar | editar código-fonte]

A série Desperate Housewives teve, ao todo, oito temporadas, que foram exibidas entre 2004 e 2012, totalizando 180 episódios.

1ª Temporada[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada estreou em 3 de Outubro de 2004, e nos apresenta as quatro personagens centrais da série: Susan Mayer, Lynette Scavo, Bree Van de Kamp e Gabrielle Solis, bem como seus familiares e vizinhos em Wisteria Lane. O mistério principal da temporada é o suicídio inesperado de Mary Alice Young, e o envolvimento de seu marido e seu filho no caso. Bree luta para salvar seu casamento. Lynette luta para lidar com seus filhos exigentes. Susan disputa com Edie Britt o carinho do novo vizinho, Mike Delfino. E Gabrielle tenta impedir o marido, Carlos Solis, de descobrir que ela está tendo um caso com seu jardineiro, John Rowland. O final da primeira temporada resulta na morte de Rex Van de Kamp, que acredita que sua esposa, Bree, o envenenou. Carlos é informado a respeito do caso de Gaby pelo próprio John, antes de ser mandado para a prisão. Um irritado Tom Scavo permitindo sua esposa, Lynette, a retomar o lugar como a ganha-pão da família, e uma situação final que coloca Mike em perigo, correndo o risco de ser morto pelo próprio filho.

2ª Temporada[editar | editar código-fonte]

O mistério central envolve a nova vizinha, Betty Applewhite, que se mudou para Wisteria Lane no meio da noite. Ao longo da temporada, Bree tenta lidar com o fato de ser uma viúva, e sem querer, começa a namorar o homem que envenenou seu marido, luta contra seu alcoolismo, e é incapaz de evitar que o grande buraco entre ela e seu filho cresça de forma extrema. A vida amorosa de Susan torna-se ainda mais complicada, pois seu ex-marido está noivo de Edie e também passou a flertar com ela. Lynette volta a sua carreira na publicidade e, eventualmente, se torna chefe de seu marido. E Gabrielle decide ser fiel a seu marido, e começa a se preparar para ter um filho. No momento do fechamento final da temporada, Mike é atropelado pelo dentista e amigo de Susan, Orson Hodge.

3ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Na terceira temporada, Bree se casa com Orson, cujo passado e envolvimento com um corpo descoberto recentemente torna-se o mistério principal da metade da temporada. Enquanto isso, Lynette tem de se ajustar e lidar com o fato de ter outra criança em casa, a filha até então desconhecida de seu marido. Os Scavos também experimentam uma tensão quando Tom, marido de Lynette, decide abrir uma pizzaria. Gabrielle passa por um divórcio difícil, mas finalmente encontra um novo amor no novo prefeito de Fairview. Edie vê uma oportunidade de finalmente se aproveitar de Mike, que está sofrendo de amnésia. Susan perde a esperança de que a memória de Mike vai voltar e acaba se envolvendo com um extravagamente homem britânico, cuja esposa também está em coma. As relações familiares de Edie são exploradas durante a temporada. Um tiroteio no supermercado local deixa dois personagens mortos, trazendo consequências para a vida de todos, para sempre.

4ª Temporada[editar | editar código-fonte]

O mistério principal gira em torno da nova vizinha, Katherine Mayfair e sua família, que voltam à Wisteria Lane após 12 anos de distância. Sua filha não lembra nada sobre viver em Wisteria Lane. Lynette luta contra o câncer. A recém-casada - mas infeliz - Gabrielle começa um caso com seu ex-marido Carlos; Susan e Mike aproveitam a vida como um casal e descobrem que estão esperando um filho; Bree inventa uma falsa gravidez e planeja criar a ilegítima criança de Danielle como sua própria. E Edie tenta envolver seu novo amor, Carlos. Um casal gay de Chicago - Lee McDermott e Bob Hunter - tornam-se residentes de Wisteria Lane quando se mudam para a casa anteriormente ocupada por Betty, e mais tarde Gloria e Alma Hodge. Um tornado ameaça destruir tudo, e todos. O final da temporada tem é apresentado com o abusivo ex-marido de Katherine a ser morto por ela, e no minuto final os personagens e suas histórias brilham cinco anos à frente: Bree é uma escritora de livros de receitas de sucesso, seu filho trabalha para ela, Gabrielle teve filhas, os gêmeos de Lynette tem idade suficiente para dirigir carros, e Susan tem um novo amante.

5ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Há um salto de cinco anos entre a temporada anterior e a atual. O mistério da temporada gira em torno do novo marido de Edie, Dave Williams. Dave está à procura de vingança contra alguém em Wisteria Lane (que mais tarde revelou ser Mike). Susan lida com o fato de ser mãe solteira e ter um novo romance com Jackson Braddock, enquanto Mike começa a namorar Katherine Mayfair. Lynette e Tom descobrem que seu filho está tendo um caso com uma mulher casada, cujo marido possui uma boate onde ocorre um incêndio com todos os vizinhos de Wisteria Lane dentro. Carlos e Gabrielle lidam com suas duas filhas, Juanita e Celia, e com o retorno da visão de Carlos. Bree e Orson enfrentam problemas conjugais, porque Bree tornou-se muito focada em sua carreira, e Orson começa a roubar os vizinhos como um mecanismo de vingança. Como resultado, Orson é encontrado correndo na rua quando Edie está dirigindo desesperadamente para longe de sua casa, após descobrir que Dave está tramando para matar Mike e todos aqueles que ele ama; Edie desvia para evitar bater em Orson e bate em um poste elétrico, em seguida, sai do carro, e morre eletrocutada antes que possa expor Dave. Mais tarde, quando Susan revela a Dave que foi ela, não Mike, que estava dirigindo o carro na noite em que a mulher e a criança morreram, Dave planeja matar MJ Delfino, filho de Mike e Susan, mas as coisas não acabam saindo como ele planejara.

6ª Temporada[editar | editar código-fonte]

O mistério principal da temporada é em torno da nova vizinha, Angie Bolen e sua família. A primeira metade da temporada consiste no conflito entre Lynette e Gabrielle, com tentativas de Lynette de processar Carlos. A filha de Susan, Julie Mayer, é atacado por uma pessoa desconhecida. Katherine tem um forte surto nervoso ao perder Mike para Susan. E o caso de Bree com o ex-marido de Susan, Karl Mayer. O envolvimento de Bree com Karl termina tragicamente quando o avião contratado por ele acaba caindo em Wisteria Lane, matando-o e deixando Orson paraplégico. A segunda metade da temporada se concentra em Katherine descobrindo sua sexualidade, Lynette convidando o estrangulador de Fairview para ficar com eles antes de descobrir a verdade, o conflito entre Bree e um filho bastardo de Rex, e a resolução do mistério envolvendo a família Bolen.

7º Temporada[editar | editar código-fonte]

Paul Young está de volta à Wisteria Lane com planos de vingança contra os moradores por abandoná-lo durante sua prisão. Esta temporada também incide sobre o mistério da nova esposa de Paul, Beth Young, e Felicia Tilman pretende vingar a morte de sua irmã, Martha Huber. Gabrielle e Carlos descobrem um fato perturbador sobre sua filha Juanita, que em última análise acaba os levando de volta à cidade natal de Gaby, Las Colinas. Orson deixa Bree, e deste modo ela começa a namorar seu contratante, Keith Watson. No entanto, quando se torna evidente que a sua relação não pode continuar, Bree começa a sair com o detetive Chuck Vance do Departamento de Polícia de Fairview. Devido a problemas financeiros, Susan e sua família deixam Wisteria Lane, e Susan é forçada a ganhar dinheiro por meio um trabalho não muito tradicional. A melhor amiga de Lynette da faculdade, Renée Perry, muda-se para Wisteria Lane e agita as coisas entre as donas de casa. Após um grande tumulto na rua, que na verdade fazia parte do plano de vingança de Paul, Susan é colocada na lista de espera por uma doação de órgão vital. Carlos descobre a verdade sobre a morte de sua mãe, o que consequentemente, leva ao fim de sua amizade com Bree. Lynette convence Tom a ter um trabalho novo e emocionante, o que os leva a problemas sem precedentes em seu casamento. O final da temporada foi ao ar em 15 de Maio de 2011, e trouxe o desfecho da história entre Paul e Felicia. Além disso, um estranho visitante chega à casa dos Solis, abrindo o caminho para a oitava temporada.

8ª Temporada[editar | editar código-fonte]

A temporada final se inicia logo após o jantar do final da temporada anterior, em que o pervertido padrasto de Gaby, Alejandro Perez, é acidentalmente morto por Carlos. Bree, Lynette e Susan andar flagram o ocorrido, e juntas, decidem encobrir o que aconteceu. Devido ao seu relacionamento com o Detetive Chuck, Bree torna-se a principal afetada pelo encobrimento do assassinato de Alejandro, e eventualmente é acusada de matá-lo. Um novo vizinho, Ben Faulkner, muda-se para Wisteria Lane, atraindo Renée ao longo do caminho. Ben está passando por graves problemas financeiros em sua empresa de construção imobiliária, e acaba encontrando recursos com um agiota perigoso e incontrolável. Mike se mete no mafioso negócio de Ben em uma tentativa de proteger Renee, mas ele acaba pagando o preço final. Durante a primeira metade da temporada, Susan luta com a culpa de seu envolvimento no caso de Alejandro, e durante a segunda parte, ela e MJ tentam lidar com a morte de Mike. Após o encobrimento do assassinato de Alejandro, Carlos desenvolve um problema com álcool, mas Gabrielle o convence a se recuperar numa clínica de reabilitação. Devido a sua consciência pesada, combinada com os recentes acontecimentos na rua, Carlos decide deixar sua carreira muito bem paga por uma carreira mais caridosa, o que obriga Gabrielle a encontrar um emprego como personal shopper e ganhar mais dinheiro. Tom sai da casa, e Lynette luta contra a rapidez com que o marido parece ter seguido em frente, até que ela aceita que ainda é apaixonada por ele, e decide que vai tentar reconquistá-lo. Karen McCluskey recebe uma notícia preocupadora sobre sua saúde e decide acabar com tudo, mas Bree consegue convencê-la do contrário.

Início das transmissões internacionais por data[editar | editar código-fonte]

País Data Canal
 Estados Unidos 3 de outubro de 2004 ABC
 Canadá CTV
 Alemanha 14 de outubro de 2004 Premiere (pay per view, com legendas).
12 de abril de 2005 PRO 7 (traduzido em Alemão).
América Latina 4 de novembro de 2004 Sony Entertainment Television
 Brasil 4 de novembro de 2004 Canal Sony
 Brasil 3 de setembro de 2006 RedeTV!
 Irlanda 4 de janeiro de 2005 RTE2
 Inglaterra 5 de janeiro de 2005 Channel 4
 Bélgica 21 de janeiro de 2005 één
 Austrália 31 de janeiro de 2005 Seven Network
 Croácia 17 de fevereiro de 2005 nova
 Dinamarca 2 de março de 2005 TV2
 Itália 22 de fevereiro de 2005 FOX Life.
 Turquia 28 de fevereiro de 2005 CNBC-é.
 Países Baixos 1 de março de 2005 Net 5.
 Espanha 3 de março de 2005 FOX.
 Suécia 29 de março de 2005 Kanal 5.
Suíça 11 de abril de 2005 SF 1, TSR 1 e TSI 1.
 México 3 de maio de 2005 Canal 7 (VHF). Contudo, foi inicialmente transmitido pela Sony Entertainment Television vários meses antes.
 Hong Kong 12 de maio de 2005 TVB Pearl
 Portugal 1ª Temporada - 22 de maio de 2005 SIC; e duas semanas antes na FOX
2ª Temporada - 3 de abril de 2006 FOX; 4 de abril de 2006 na SIC
3ª Temporada - 28 de março de 2007
2 de abril de 2007
SIC
FOX
4ª Temporada - 8 de janeiro de 2008 FOX Life
SIC
5ª Temporada - 10 de março de 2009 FOX Life
6ª Temporada - 12 de janeiro de 2010

Premiações[editar | editar código-fonte]

Arte Diretoria Guild (ADG)[editar | editar código-fonte]

  • 2004: Melhor Série - Série de Única Câmera (venceu)
  • 2006: Melhor Série - Série de Única Câmera (indicado)

IMC Prémios de Cinema e TV[editar | editar código-fonte]

  • 2005: - BMI TV Music Award venceu

Banff Television Festival[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - Melhor Série Continuada ("Pilot") Bambi Awards (1)
  • 2007: Vencedor - TV Série Internacional (Eva Longoria) Casting Society of America (1)
  • 2005: Vencedor - Melhor Comédia Piloto Fundição (Junie Lowry-Johnson e Scott Genkinger)

Emmy Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Melhor Série - Série de Comédia (indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia (Marcia Cross por "Bree Van de Kamp", indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia (Teri Hatcher por "Susan Mayer", indicado)
  • 2005: Melhor Direção de Arte - Série de Câmera Única (para o episódio "suspicious minds", indicado)
  • 2005: Melhor Figurino (indicado)
  • 2005: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Lupe Ontiveros por "Juanita Solis", indicado)
  • 2005: Melhor Design de Abertura (indicado)
  • 2005: Melhor Edição de Imagem - Série de Única Câmera (para o episódio "pretty little picture", indicado)
  • 2005: Melhor Roteiro - Série de Comédia (Marc Cherry para o episódio "piloto", indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia (Felicity Huffman por "Lynette Scavo", venceu)
  • 2005: Melhor Elenco - Série de Comédia (venceu)
  • 2005: Melhor Direção - Série de Comédia (Charles McDougall para o episódio "piloto", venceu)
  • 2005: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Kathryn Joosten por "Sra. McCluskey", venceu)
  • 2005: Melhor Tema Musical (venceu)
  • 2005: Melhor Edição de Imagem - Série de Única Câmera (para o episódio "piloto", venceu)
  • 2006: Melhor Atriz Coadjuvante - Série de Comédia (Alfre Woodard por "Betty Applewhite", indicado)
  • 2006: Melhor Edição de Imagem - Série de Única Câmera (indicado)
  • 2006: Melhor Penteado (indicado)
  • 2006: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Shriley Knight por "Phyllis Van de Kamp", indicado)
  • 2006: Melhor Figurino (indicado)
  • 2006: Melhor Elenco - Série de Comédia (indicado)
  • 2006: Melhor Direção de Arte - Série de Única Câmera (indicado)
  • 2007: Melhor Atriz - Série de Comédia (Felicity Huffman por "Lynette Scavo", indicado)
  • 2007: Melhor Elenco - Série de Comédia (indicado)
  • 2007: Melhor Figurino (indicado)
  • 2007: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Dixie Carter por "Gloria Hodge", indicado)
  • 2007: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Laurie Metcalf por "Carolyn Bigsby", indicado)
  • 2007: Melhor Penteado (indicado)
  • 2008: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Kathryn Joosten por "Karen McCluskey", venceu)
  • 2008: Melhor Figurino (indicado)
  • 2008: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Polly Bergen por "Stella Wingfield", indicado)
  • 2008: Melhor Penteado - Série de Única Câmera (indicado)
  • 2009: Melhor Ator Convidado - Série de Comédia (Beau Bridges por "Eli Scruggs", indicado)
  • 2009: Melhor Penteado - Série de Única Câmera (indicado)
  • 2010: Melhor Atriz Convidada - Série de Comédia (Kathryn Joosten por "Karen McCluskey", indicado)
  • 2011: Melhor Narração (para Brenda Strong,indicado)
  • 2012: Melhor Atriz Coadjuvante - Série de Comédia (Kathryn Joosten por "Karen McCluskey", indicado)
  • 2012: Melhor Narração (para Brenda Strong, indicado)

Golden Globe Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2004: Melhor Série - Série de Comédia ou Musical (venceu)
  • 2004: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Teri Hatcher por "Susan Mayer", venceu)
  • 2004: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Marcia Cross por "Bree Van de Kamp", indicado)
  • 2004: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Felicity Huffman por "Lynette Scavo", indicado)
  • 2004: Melhor Atriz Coadjuvante - Série de Comédia ou Musical (Nicollete Sheridan por "Edie Britt", indicado)
  • 2005: Melhor Série - Série de Comédia ou Musical (venceu)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Marcia Cross por "Bree Van de Kamp", indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Teri Hatcher por "Susan Mayer", indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Felicity Huffman por "Lynette Scavo", indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Eva Longoria por "Gabrielle Solis", indicado)
  • 2006: Melhor Série - Série de Comédia ou Musical (indicado)
  • 2006: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Marcia Cross por "Bree Van de Kamp", indicado)
  • 2006: Melhor Atriz - Série de Comédia ou Musical (Felicity Huffman por "Lynette Scavo", indicado)

Satellite Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2004: Melhor Série - Série Musical ou de Comédia (venceu)
  • 2004: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Marcia Cross, indicado)
  • 2004: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Teri Hatcher, indicado)
  • 2004: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Felicity Huffman, indicado)
  • 2005: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Felicity Huffman, venceu)
  • 2005: Melhor DVD (Primeira Temporada, indicado)
  • 2006: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Marcia Cross, venceu)
  • 2006: Melhor Atriz Coadjuvante - Série, Mini-série ou Filme para TV (Laurie Metcalf, indicado)
  • 2007: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Felicity Huffman, indicado)
  • 2007: Melhor Atriz Coadjuvante - Série, Mini-série ou Filme para TV (Polly Bergen, indicado)
  • 2011: Melhor Atriz - Série Musical ou de Comédia (Felicity Huffman, indicado)
  • 2011: Melhor Atriz Coadjuvante - Série, Mini-série ou Filme para TV (Vanessa L. Williams, venceu)

Monte Carlo TV Festival[editar | editar código-fonte]

  • 2006: Vencedor - Melhor Série Comédia
  • 2007: Vencedor - Melhor Série Comédia
  • 2008: Vencedor - Melhor Série Comédia
  • 2009: Vencedor - Melhor Série Comédia
  • 2010: Vencedor - Melhor Série Comédia
  • 2011: Vencedor - Melhor Série Comédia

People's Choice Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - Favorito Novo Drama de TV
  • 2007: Vencedor - Atriz favorita Televisão (Eva Longoria)

Screen Actors Guild (SAG)[editar | editar código-fonte]

  • 2004: Melhor Atriz - Série Comédia (Teri Hatcher para a reprodução "Susan Mayer", venceu)
  • 2004: Melhor Elenco (série de comédia) (venceu)
  • 2005: Melhor Atriz - Série Comédia (Felicity Huffman por interpretar "Lynette Scavo", venceu)
  • 2005: Melhor Elenco (série de comédia) (venceu)

Teen Choice Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - TV Melhor Série
  • 2005: Vencedor - TV Melhor Ator (Jesse Metcalfe)
  • 2005: Vencedor - TV Melhor Atriz (Eva Longoria)
  • 2005: Vencedor - Melhor Elenco

Television Critics Association Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - Programa do Ano

TV Quick and Choice Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - Melhor Novo Drama
  • 2007: Vencedor - Melhor série de TV Internacional

Young Artist Awards[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Vencedor - Melhor Ator Idade dez ou mais jovem, em um teatro ou em uma série de comédia de Tv (Zane Huett)

Jogo de computador[editar | editar código-fonte]

Um jogo de computador foi produzido pela Buena Vista Games, intitulado de Desperate Housewives:O Jogo.

Versão brasileira[editar | editar código-fonte]

"Donas de Casa Desesperadas" foi uma série de televisão dramática brasileira exibida pela RedeTV! em parceria com a Disney. A série é uma versão brasileira de Desperate Housewives.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]