Antonio Banderas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonio Banderas
Antonio Banderas na estréia de Os Mercenários 3, em 2014.
Nome completo José Antonio Domínguez Banderas
Outros nomes José Antonio Domínguez Banderas
Jose Antonio Banderas Dominguez
Tony Flags
Nascimento 10 de agosto de 1960 (54 anos)
Málaga, Andaluzia
 Espanha
Nacionalidade  Espanha
Ocupação Ator, diretor, produtor, cantor, dançarino, dublador
Cônjuge Ana Leza (1987-1995)
Melanie Griffith (1996-2014)
Atividade 1982 - presente
IMDb: (inglês)
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Antonio Banderas

José Antonio Domínguez Banderas (Málaga, 10 de agosto de 1960) é um ator, produtor, cantor e diretor espanhol de cinema.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi casado durante 18 anos com a também atriz Melanie Griffith, de quem está recentemente se separando através de um processo de divórcio não-amigável. Eles se conheceram durante as filmagens de Quero Dizer que te Amo. O casal tem uma filha, Stella, nascida em 24 de setembro de 1996.

É amigo íntimo do Pedro Almodóvar e esteve em vários filmes do diretor, como Matador, Ata-me!, Mujeres al borde de un ataque de nervios e La ley del deseo, entre outros. Só depois de atuar em vários filmes europeus é que o ator estreou em filmes comerciais dos Estados Unidos, como A Máscara do Zorro e outros filmes de ação, se tornando o ator espanhol mais famoso do cinema mundial.

Estreou na direção com Loucos do Alabama, em 1999.

Tem uma marca de perfumes e fragrâncias com o seu nome, gerenciada pela companhia de moda e perfumes Puig.[1] .

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como ator[editar | editar código-fonte]

Como diretor[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Duas indicações ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Comédia/Musical, por Evita (1996) e A Máscara do Zorro (1998).
  • Indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Filme para TV / Minissérie, por E Estrelando Pancho Villa (2003).
  • 2 indicações ao Goya de Melhor Ator, por Ata-me! (1990) e Quero Dizer que te Amo (1995).
  • Indicação ao Goya de Melhor Ator Coadjuvante, por Matador (1986).
  • Ganhou o prêmio de Melhor Ator - Voto Popular no European Film Awards, por A Máscara do Zorro (1998).
  • Indicação ao MTV Movie Awards de o Mais Gostoso, por A Balada do Pistoleiro (1995).
  • Indicação ao MTV Movie Awards de Melhor Beijo, por A Balada do Pistoleiro (1995).
  • Indicação ao MTV Movie Awards de Melhor Luta, por A Máscara do Zorro (1998).
  • Ganhou o prêmio de Melhor Ator, no Festival de Valladolid, por A Paloma Branca (1990).

Referências

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Antonio Banderas