Terence Stamp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Terence Stamp
Terence Stamp em 2009.
Nome completo Terence Henry Stamp
Nascimento 22 de julho de 1938 (76 anos)
Stepney, Londres
 Inglaterra
Nacionalidade Inglês
Ocupação Ator
Cônjuge Elizabeth O'Rourke (2002-08)
Atividade 1962 - presente
Prêmios Globo de Ouro
Melhor Ator Revelação do Ano
1962 - Billy Budd
Festival de Cannes
Prix D'Interprétation Masculine
1965 - O Colecionador
Outros prêmios
Festival de Berlim - Urso de Prata
1991 - Beltenebros
Satellite Award de melhor ator em drama
1999 - O Estranho
Página oficial
IMDb: (inglês)

Terence Henry Stamp (Londres, 22 de julho de 1938) é um ator inglês.

Um ícone sexual da década de 1960, namorou estrelas famosas tais como Julie Christie e Brigitte Bardot, além da modelo Jean Shrimpton. Foi escolhido pela revista Empire como uma das 100 estrelas mais sexys da história do cinema (# 59, 1995).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Stamp nasceu em Bow, Londres, em 22 de julho de 1938. Seus pais, Thomas e Ethel, tiveram cinco filhos no total, dos quais Terence era o mais velho. Seus primeiros anos ele passou no Canal Road, Bow, no extremo leste de Londres, mas mais tarde em sua infância a família se mudou para Plaistow, West Ham, em Londres. Seu irmão, Chris, é um creditado empresário de rock 'n roll, que ajudou a trazer a banda the Who a proeminência durante a década de 1960. Ele cresceu idolatrando o ator Gary Cooper depois que sua mãe o levou para ver o filme Beau Geste com três anos de idade.

Ao sair da escola, Stamp trabalhou em uma variedade de agências de publicidade em Londres, conseguindo trabalhos pelo caminho até conseguir um bom salário. No meio da década de 1950, ele também trabalhou por um tempo como assistente do golfista profissional Reg Knight na Wanstead Golf Club em East London, descrevendo esse período de sua vida de forma muito positiva em sua autobiografia (Stamp, 1987). No fundo, ele queria ser um ator - a percepção veio quando se encontrou numa situação em que não tinha mais para servir a dois anos de serviço nacional após ter sido rejeitado por uma vez ter tido tratamento para seus pés.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Stamp em 1973

O filme de estreia de Stamp foi Term of Trial (1962), no qual atuou com Laurence Olivier. Pouco tempo depois, foi um dos protagonistas no filme seguinte, uma adaptação dirigida por Peter Ustinov de uma história de Herman Melville (Billy Budd (1962)). Sua interpretação do personagem título causou boa impressão e foi indicado ao Oscar, consolidando sua carreira de ator cinematográfico.

Vários grandes diretores trabalharam com Stamp: Howard Hawks em The Collector (1965) e Joseph Losey em Modesty Blaise (1966), por exemplo. Este último filme foi produzido por Joe Janni, com quem o ator viria a participar de mais dois projetos: a adaptação de John Schlesinger de Far From The Madding Crowd (1967), com Julie Christie; e o primeiro filme para o cinema de Ken Loach Poor Cow (1967). Ele foi cogitado para estrelar Alfie (1966) mas preferiu filmar Scraps the Rabbit (1966).

Stamp então foi para a Itália e trabalhou com Federico Fellini num dos segmentos de uma obra de 1968 inspirada em Edgar Allan Poe. Stamp morou naquele país por muitos anos e colaborou também com Pier Paolo Pasolini (em Teorema (1968) e Una Stagione all'inferno (1970)).

Depois da namorada, a supermodelo Jean Shrimpton, ter lhe deixado, Stamp viajou para Índia e por lá permaneceu por vários anos para estudo e meditação. Voltou ao trabalho de ator na segunda metade dos anos de 1970 e se destacou no papel do vilão General Zod no filme Superman II (1980), o qual também reprisou em Superman (1978). Em 1984 apareceu no papel que muitos consideram o seu melhor desempenho, no filme de Stephen Frears The Hit (1984). Participou de Wall Street e Young Guns, depois alguns papéis menores mas chamativos como o do transexual Bernadette em As aventuras de Priscilla, a Rainha do Deserto (1994), lhe mantiveram em evidência. Seu papel de gângster vingativo em The Limey (1999) foi criado especialmente para ele pelo diretor. No mesmo ano participou do clássico de George Lucas Star Wars Episode I: The Phantom Menace , onde interpretou o papel do Chanceler Supremo Finis Valorum, antes de Palpatine assumir sua posição. Fez a voz de Jor-El na série Smallville, e alguns filmes como Elektra, My Boss's Daughter, Get Smart, Yes Man, onde interpretou o mentor de Jim Carrey, Valkyrie, e The Adjustment Bureau

Cônjuge[editar | editar código-fonte]

Na véspera de Ano Novo de 2002, com 64 anos de idade, Stamp casou-se pela primeira vez. Sua noiva de 29 anos de idade foi Elizabeth O'Rourke, a quem primeiro se reuniu em meados da década de 1990 em uma farmácia em Bondi, New South Wales.

Sua esposa foi criada em Cingapura antes de se mudar para a Austrália em seus 20 anos de idade para estudar farmacologia. O casal se divorciou em razão de seu "comportamento irracional" em abril de 2008.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar

Australian Film Institute

BAFTA

Festival de Berlim

Festival de Cannes

Globo de Ouro

Independent Spirit Award

Satellite Awards

  • Ganhou o Satellite Award de melhor ator em filme de drama por O Estranho (1999).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Terence Stamp