Ken Loach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Ken Loach

Kenneth "Ken" Loach (Nuneaton, Warwickshire, 17 de junho de 1936) é um cineasta britânico.

Filho de operários, dedicou sua obra cinematográfica à descrição das condições de vida da classe operária.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA de Melhor Realizador, por "Kes" (1969).
  • Recebeu uma nomeação ao BAFTA de Melhor Argumento, por "Kes" (1969).
  • Recebeu quatro nomeações ao BAFTA, na categoria de Melhor Filme Britânico, por "Raining Stones" (1993), "Terra e Liberdade" (1995), "A Canção de Carla" (1996) e "Meu Nome é Joe" (1998).
  • Recebeu duas nomeações ao César, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, por "Chuva de Pedras" (1993) e "Terra e Liberdade" (1995). Venceu em 1995.
  • Recebeu duas nomeações ao César, na categoria de Melhor Filme da União Europeia, por "Sweet Sixteen" (2002) e "11 de Setembro" (2002).
  • Recebeu uma nomeação ao Independent Spirit Awards, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, por "Ladybird" (1994).
  • Recebeu uma nomeação ao European Film Awards de Melhor Realizador, por "The Wind that Shakes the Barley" (2006).
  • Ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes, por "The Wind that Shakes the Barley" (2006).
  • Ganhou três vezes o Prémio do Júri, no Festival de Cannes, por "Agenda Secreta" (1990), "Chuva de Pedras" (1993) e "Terra e Liberdade" (1995).
  • Ganhou três vezes o Prémio FIPRESCI, no Festival de Cannes, por "Black Jack" (1979), "Riff-Raff" (1990) e "Terra e Liberdade" (1995).
  • Ganhou um Leão de Ouro em 1994, no Festival de Veneza, em homenagem à sua carreira no cinema.
  • Ganhou o Prémio de Melhor Curta-Metragem, no Festival de Veneza, por "11 de Setembro" (2002).
  • Ganhou o Prémio do Júri, no Festival de Berlim, por "Ladybird" (1994).
  • Ganhou o Prémio OCIC, no Festival de Berlim, por "De Que Lado Você Está?" (1984).
  • Ganhou o Prémio Bodil de Melhor Filme Não-Americano, por "Meu Nome é Joe" (1998).


Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.