Shigeru Miyamoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shigeru Miyamoto
Miyamoto na Game Developers Conference de 2007.
Nascimento 16 de Novembro de 1952 (61 anos)
Sonobe, Japão
Nacionalidade JapãoJaponês
Cônjuge Yasuko Miyamoto
Filho(s) 2
Ocupação Game designer, EAD General Manager
Empregador Nintendo
Escola/tradição Kanazawa College of Art
Assinatura
Miyamoto signature.png

Shigeru Miyamoto (宮本 茂, Miyamoto Shigeru?, Sonobe, 16 de novembro de 1952) é um designer e produtor de jogos eletrônicos japonês. Ele é mais conhecido pela criação de algumas das mais bem-sucedidas franquias de jogos eletrônicos, como Mario, Donkey Kong, The Legend of Zelda, Star Fox, F-Zero, Pikmin e a série Wii. Ele é uma das personalidades do mundo dos jogos mais idolatradas no Japão e no Ocidente.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Sonobe (atual Nantan), na prefeitura de Quioto, Shigeru Miyamoto é o segundo filho do casal Lijake Miyamoto e Hinako Aruha. Desde pequeno gostava de desenhar, pintar e explorar as áreas próximas de sua casa. Mais tarde, inclusive, ele confessou ter baseado grande parte do jogo The Legend of Zelda em explorações que empreendia na infância em cavernas da região. Outra de suas inspirações para games veio do cão de um vizinho, que ficava sempre preso a uma corrente e o amedrontava particularmente: daí surgiu a ideia para o Chain Chomp, o conhecido inimigo da série Mario.

Miyamoto inscreveu-se na Academia de Artes Industriais e Manuais Kanazawa Munice em 1970 e, mesmo que afirmando que os estudos não estavam em primeiro lugar se formou cinco anos depois. Com o diploma de arquitetura em mãos, Shigeru conseguiu uma entrevista com um amigo de seu pai, Hiroshi Yamauchi, o presidente da Nintendo na época, que o contratou como artista e o colocou como um aprendiz no departamento de planejamento. Passou um bom tempo criando o exterior de máquinas de arcades, até começar a criar personagens, coisa que não pararia mais de fazer.

Em 1980, Hiroshi Yamauchi lançou Radar Scope Arcade que foi desenhado por Miyamoto, A NOA (Nintendo Of America) havia solicitado três mil unidade da máquina, com o grande fracasso do video-game ficaram até dois mil unidades do produto estocados. Yamauchi não ter mais prejuízos e decidiu manter as cabines, optando por mudar o jogo. O presidente deu ao novato Shigeru Miyamoto a tarefa de consertar a situação nos EUA e criar um novo game, que com sorte levaria a empresa ao sucesso.

Miyamoto afirmou que o Radar Scope era muito ultrapassado e viu a necessidade de ir atrás de mais informações de programação, hardware e eletrônicos. A partir do acontecido decidiu trabalhar em um jogo usando o personagem Popeye, porém teve problemas com direitos autorais e partiu para outra idéia. Uma idéia que revolucionaria os video-games e marcaria personagens na historia, logo em substituição da idéia de Popeye criou Donkey Kong, um jogo de plataforma onde JumpMan (nome provisório de Mario) tinha que salvar sua namorada Pauline das mãos de Donkey Kong.

Com o sucesso, Miyamoto foi escalado para produzir as sequências Donkey Kong Jr. e Donkey Kong 3 e a participar de outras produções como Excitebike e Devil World.

O próximo grande game seria Mario Bros., no qual utilizaria Jumpman, trocando o nome para Mario e dando-lhe um irmão chamado Luigi. Yokoi convenceu Miya a usar habilidades especiais para o personagem e a possibilidade de pular grandes alturas sem se ferir, o que levou a alterar alguns aspectos do jogo.

Depois de Mario Bros. Miyamoto trabalhou em diversos games, como Ice Climber e Kid Icarus ao lado de Yokoi. Ele produziu outro game do Mario, chamado Super Mario e começou a trabalhar em um novo, chamado The Legend of Zelda

Zelda foi um grande sucesso entre os jogadores de action RPGs, sendo o primeiro título da “nova geração de consoles” a vender mais de um milhão de unidades nos EUA. Os primeiros jogos da série foram lançados para o Nintendo e Game Boy, saindo na próxima geração para o Super Nintendo The Legend of Zelda: A Link to the Past.

Novos games vão sendo criados até que em 1996, Super Mario, até então um sprite 2D, ganha pela primeira vez um jogo totalmente em 3D, com um vasto mundo a ser explorado. Era lançado então o Super Mario 64 para o Nintendo 64, novo console 64 bits da Nintendo.

Mario Kart 64, Star Fox 64, Yoshi's Story, 1080° Snowboarding e F-Zero X foram alguns dos jogos desenvolvidos para o novo console, até que em 1998 surge o que para muitos pode ser considerado entre os 5 melhores jogos já produzidos até hoje: The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Nesta versão do game, Shigeru e seus colaboradores conseguem fazer uma transição de Hyrule e de seus personagens do 2D para o 3D.[1]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Miyamoto foi o primeiro indicado ao Hall da Fama da Academia de Artes e Ciências Interativas, que premia anualmente produtores de video games revolucionários.[2] Além disso, estava entre os primeiros que tiveram, em 2004, a honra de receber uma estrela na "Calçada do Game" no San Francisco's Metreon Center (shopping center), uma seção inspirada na Calçada da Fama hollywoodiana.[3]

Em 28 de Novembro de 2006, Miyamoto foi listado pela revista TIME na reportagem "60 Anos de Heróis Asiáticos", juntamente com Mahatma Gandhi, Hayao Miyazaki, Madre Teresa, Bruce Lee, e Dalai Lama.[4]

Miyamoto recebeu, em 2007, no Game Developers Choice Awards (uma espécie de Oscar dos criadores de games), o Life Achievement Award ( espécie de Prêmio pelo "Conjunto de sua obra") graças a uma carreira de grandes realizações no mundo dos games, contribuindo com alguns dos mais importantes títulos do setor, como os notótrios Mario, The Legend of Zelda e Donkey Kong, além de auxiliar na criação de renomados títulos como Metroid Prime e inovar em quesitos técnicos, como os que resultaram no êxito dos novos consoles da Nintendo, Nintendo DS e Wii.

Shigeru Miyamoto também foi escolhido, em 2007, uma das 100 Personalidades mais Influentes do Ano pela Revista TIME, tendo sido novamente indicado para integrar a lista de 2008 pelos leitores da revista, figurando na 1ª posição na votação aberta ao público.

Em 2010, Super Mario Galaxy 2 foi eleito o melhor jogo do ano pela Gamespot.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Alex Sandro de Mattos (24 de Fevereiro de 2011). Developers: Shigeru Miyamoto. Página visitada em 29 de Janeiro de 2013.
  2. Hall da Fama da Academia de Artes e Ciências Interativas.
  3. Walk of game (em Inglês).
  4. 60 Asian Heroes (em Inglês). Cópia arquivada em 2012-07-10.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Shigeru Miyamoto