Charles Laughton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charles Laughton
Charles Laughton em 1940, por Carl van Vechten.
Nome completo Charles Laughton
Nascimento 1 de julho de 1899
Scarborough,  Inglaterra
Nacionalidade Britânico, norte-americano
Morte 15 de dezembro de 1962 (63 anos)
Hollywood, Los Angeles  Estados Unidos
Ocupação ator, diretor, roteirista, produtor
Cônjuge Elsa Lanchester (1929-1962)
Oscares da Academia
1934 - Os Amores de Henrique VIII (melhor ator principal)
Outros prêmios
New York Film Critics Circle Award 1935 - Mutiny on the Bounty e Ruggles da Gap Vermelha (melhor ator)
Página oficial
IMDb: (inglês)


Charles Laughton (Scarborough, 1 de julho de 1899Hollywood, 15 de dezembro de 1962) foi um ator, roteirista, diretor e produtor cinematográfico britânico naturalizado cidadão norte-americano em 1950.

Foi o primeiro ator a interpretar o detetive Hercule Poirot no teatro, em 1928, e o primeiro ator britânico a ganhar o Oscar de melhor ator por um filme britânico, Os Amores de Henrique VIII.

Dirigiu apenas um filme, O Mensageiro do Diabo, de 1955, estrelado por Robert Mitchum.

Apesar de ser reconhecidamente homossexual, foi casado com a atriz Elsa Lanchester de fevereiro de 1929 até a sua morte, e não tiveram filhos. Encontra-se sepultado em Forest Lawn Memorial Park (Hollywood Hills), Los Angeles, Condado de Los Angeles, Califórnia nos Estados Unidos.[1]

Possui uma estrela na Calçada da Fama.

Principais filmes[editar | editar código-fonte]

Como ator[editar | editar código-fonte]

Como diretor[editar | editar código-fonte]

Como roteirista[editar | editar código-fonte]

  • 1955 - The Night of the Hunter (não creditado)
  • 1938 - Sidewalks of London

Como produtor[editar | editar código-fonte]

  • 1939 - Jamaica Inn (não creditado)
  • 1938 - Sidewalks of London (não creditado)
  • 1938 - Vessel of Wrath

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar

Recebeu três indicações na categoria de melhor ator, por Os Amores de Henrique VIII, O Grande Motim e Testemunha de Acusação, tendo vencido por Os Amores de Henrique VIII.

Globo de Ouro

Recebeu uma indicação na categoria de melhor ator - drama, por Testemunha de Acusação.

BAFTA

Recebeu duas indicações na categoria de melhor ator estrangeiro, por Testemunha de Acusação e Tempestade sobre Washington.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]