Senhorio de Quios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Senhorio de Quios (em grego: Chios) foi um estado de curta duração fundado em 1304 na ilha de Quios, no mar Egeu, pelo mercenário Benedetto Zaccaria, diplomata, pirata, comerciante e depois almirante genovês, que, a serviço do imperador bizantino Andrónico II Paleólogo, recuperou a ilha das mãos de corsários muçulmanos. Como recompensa, recebeu-a como um feudo. Depois de recuperar outras ilhas na região, Zaccaria se estabeleceu na ilha como governador. Em teoria era vassalo dos bizantinos, porém, na prática Quios manteve-se independente.

Em 1307, com a morte de Zaccaria, que fez uma grande fortuna explorado as ilhas, foi substituído pelo seu filho, Benedetto, conhecido como "Paleólogo". Em 1329 uma rebelião da população local derrubou a família Zaccaria e a ilha se tornou novamente posse bizantina, que aboliu o senhorio.

Senhores de Quios[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CONTE Tonino.Benedetto Zaccaria ammiraglio e mercante.Il Nuovo Melangolo,2004