Six Degrees of Inner Turbulence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Six Degrees of Inner Turbulence
Arte por Dung Hoang
Álbum de estúdio de Dream Theater
Lançamento 29 de Janeiro de 2002
Gravação 2001, BearTrack Studios,
Nova Iorque Estados Unidos
Gênero(s) Metal progressivo
Duração 96:14
Idioma(s) inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Elektra
Produção Mike Portnoy,

John Petrucci

Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Dream Theater
Último
Último
Live Scenes from New York
(2001)
Train of Thought
(2003)
Próximo
Próximo

Six Degrees of Inner Turbulence (freqüentemente abreviado para SDOIT ou 6DOIT) é o sexto álbum de estúdio da banda de metal progressivo Dream Theater, lançado no dia 29 de Janeiro de 2002, pela gravadora Elektra Records.

O primeiro disco consiste em cinco faixas de 6-14 minutos de duração, e o segundo disco é ocupado pela música-título, de 42 minutos, dividida em 8 faixas.

As reações dos fãs perante o álbum foram distintas, sendo que várias apontavam as óbvias diferenças entre os dois discos, classificando-os como dois tipos diferentes de estilos dos Dream Theater. O primeiro disco é geralmente visto como um disco experimental e pesado (comparado, por alguns, com os Metallica), enquanto o segundo disco é visto como uma continuação da linha de estilo do álbum anterior, Metropolis Pt. 2: Scenes from a Memory.

A primeira faixa do primeiro disco, "The Glass Prison", começa com o mesmo ruído que finalizava a última música do disco anterior, Scenes From a Memory, enquanto a última faixa do último disco, "Losing Time", termina com um longo acorde tocado por instrumentos de corda (sintetizados), que também foi usado para iniciar a primeira música do próximo álbum da banda, Train of Thought.

Canções[editar | editar código-fonte]

No primeiro álbum, a primeira faixa, "The Glass Prison", conta a história de Mike Portnoy e sua reabilitação do alcoolismo. "The Glass Prison" é composta de três partes, e Portnoy pretende estendê-la em 12 partes, que imitam os 12 passos do programa de AA (Alcoólicos Anônimos) por Bill W., para reabilitação de alcoólicos. Esta música é continuada em músicas dos três seguintes álbuns ("This Dying Soul" em Train of Thought, "The Root of All Evil" em Octavarium, "Repentance" em Systematic Chaos e finalizando com "The Shattered Fortress" em Black Clouds and Silver Linings que foi lançado em 23 de Junho de 2009)[carece de fontes?]

O segundo disco é um álbum conceito que retrata 6 diferentes tipos de doenças mentais (fazendo jus ao nome do álbum, traduzido como "Seis Graus de Turbulência Interna"). Respectivamente: Transtorno Bipolar ("About to Crash"), Estresse pós-traumático ("War Inside My Head"), esquizofrenia ("The Test That Stumped Them All"), depressão pós-parto ("Goodnight Kiss"), autismo ("Solitary Shell"), novamente Transtorno Bipolar ("About to Crash" - Reprise) e o transtorno de dissociação de personalidade ("Losing Time/Grand Finale")[carece de fontes?]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1
N.º Título Letra Duração
1. "The Glass Prison"   Mike Portnoy 13:53
2. "Blind Faith"   James LaBrie 10:21
3. "Misunderstood"   John Petrucci 9:33
4. "The Great Debate"   Petrucci 13:43
5. "Disappear"   LaBrie 6:46
Disco 2
N.º Título Letra Duração
1. "Six Degrees Of Inner Turbulence"
  • I. "Overture"
  • II. "About to Crash"
  • III. "War Inside My Head"
  • IV. "The Test That Stumped Them All"
  • V. "Goodnight Kiss"
  • VI. "Solitary Shell"
  • VII. "About to Crash" (Reprise)
  • VIII. "Losing Time / Grand Finale""  
Petrucci, Portnoy
  • (instrumental)
  • Petrucci
  • Portnoy
  • Portnoy
  • Portnoy
  • Petrucci
  • Petrucci
  • Petrucci
42:04

DVD da Turnê[editar | editar código-fonte]

Durante a World Tourbulence 2002, o Dream Theater gravou um DVD da turnê de 2002, gravado no Arenele Romane, Bucareste, Romênia no dia 04 de Julho de 2002. Segue as faixas:

"The Glass Prison"

"Strange Deja Vu"

"Through My Words"

"Fatal Tragedy"

"Another Hand"

"The Killing Hand"

"Keyboard solo"

"Lines in the Sand"

"The Great Debate"

"Guitar solo"

"Scarred"

"Innocence Faded"

"Pull Me Under"

"Six Degrees of Inner Turbulence"

  • "Overture"
  • "About to Crash"
  • "War Inside My Head"
  • "The Test That Stumped Them All"
  • "Goodnight Kiss"
  • "Solitary Shell"
  • "About to Crash (reprise)"
  • "Losing Time/Grand Finale"

"Home"

"The Spirit Carries On"

"Learning to Live"

Integrantes[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Dream Theater é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.