Star Wars: Rogue Squadron

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Star Wars: Rogue Squadron
Capa da versão norte-americana para Nintendo 64.
Desenvolvedora Factor 5
LucasArts
Publicadora(s)
  • AN LucasArts (N64 & PC)
Designer Mark Haigh-Hutchinson
Holger Schmidt
Compositor(es) Chris Hülsbeck
John Williams
Plataforma(s) Nintendo 64, Microsoft Windows
Série Star Wars: Rogue Squadron
Data(s) de lançamento Windows

Nintendo 64
Gênero(s) Ação, tiro
Modos de jogo Single-player
Classificação Inadequado para menores de 13 anos i ESRB (América do Norte)
Permitido para maiores de 3 anos, especialmente a faixa de 3-10 anos ELSPA (Reino Unido)
Média Cartucho de 256Mbit (32 MB),[2]
CD-ROM
Requisitos mínimos Processador de 166 MHz
32 MB de RAM
46 MB de espaço livre no HD
Placa de vídeo de 4 MB
Controles Gamepad, Joystick, teclado e mouse

Star Wars: Rogue Squadron (conhecido como Star Wars: Rogue Squadron 3D para PC) é um jogo eletrônico de ação com estilo de arcade co-desenvolvido por Factor 5 e LucasArts. Sendo o primeiro de uma trilogia da série Rogue Squadron, foi publicado pela LucasArts e pela Nintendo, e lançado para Windows e Nintendo 64 em dezembro de 1998. Rogue Squadron foi um dos primeiros jogos a tirar vantagem do Expansion Pak do Nintendo 64, que permite uma resolução de jogo de 640 × 480 pixels, ao invés da resolução padrão do sistema de 320 × 240.

Ambientado na galáxia fictícia da série Star Wars e inspirado pelo gibi Star Wars: X-wing Rogue Squadron, o jogo se passa majoritariamente entre os eventos dos filmes Star Wars Episode IV: A New Hope e The Empire Strikes Back. O jogador controla Luke Skywalker, comandante da elite de pilotos X-wing conhecida como Rogue Squadron. Ao longo do jogo, Skywalker e o Rogue Squadron lutam contra Império Galáctico em dezesseis missões por vários planetas.

Rogue Squadron recebeu, em geral, boas críticas. Os críticos elogiaram os aspectos técnicos do jogo e os controles de vôo, mas o seu uso de névoa de distância" e a ausência de um modo de multi-jogadores foram criticados. O número de vendas do jogo excedeu as expectativas; em agosto de 1999, mais de um milhão de cópias tinham sido vendidas mundialmente. O título recebeu duas sequências desenvolvidas e lançadas para o Nintendo GameCube: Star Wars Rogue Squadron II: Rogue Leader e Star Wars Rogue Squadron III: Rebel Strike; além de Star Wars: Episode I: Battle for Naboo, um sucessor espiritual lançado para Windows e Nintendo 64.

Referências

  1. Star Wars: Rogue Squadron (em inglês) IGN.
  2. a b c Schneider, Peer. Star Wars: Rogue Squadron (em inglês) IGN.
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.