Sweet Home Alabama (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sweet Home Alabama
A Diva da Moda (PT)
Doce Lar (BR)
 Estados Unidos
2002 • cor • 109 min 
Direção Andy Tennant
Produção David Brown
Michael Tolkin
Neal H. Moritz
Roteiro Roteiro:
C. Jay Cox
História:
Douglas J. Eboch
Elenco Reese Witherspoon
Patrick Dempsey
Josh Lucas
Candice Bergen
Mary Kay Place
Fred Ward
Ethan Embry
Melanie Lynskey
Mary Lynn Rajskub
Jean Smart
Dakota Fanning
Gênero comédia dramática
comédia romântica
Idioma inglês
Música George Fenton
Cinematografia Andrew Dunn
Edição Troy Takaki
Tracey Wadmore-Smith
Estúdio Touchstone Pictures
Original Film
Type A Films
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 27 de setembro de 2002
Portugal 17 de janeiro de 2003
Orçamento US$ 38 milhões[1]
Receita US$ 180,622,424[1]
Página no IMDb (em inglês)

Sweet Home Alabama (Doce Lar (título no Brasil) ou A Diva da Moda (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 2002, do gênero comédia romântica, dirigido por Andy Tennant.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Decidida a fugir de Jake (Josh Lucas), seu marido, Melanie (Reese Whiterspoon) deixa o Alabama e passa a viver secretamente em Nova York. Lá ela conhece Andrew (Patrick Dempsey), filho da atual prefeita Kate Hennings (Candice Bergen), com quem começa a namorar. Tudo corre bem na vida de Melanie, até que Andrew decide pedi-la em casamento. Ela aceita o pedido, mas precisa retornar ao Alabama o mais rápido possível para conseguir o divórcio com seu atual marido. Mas ao voltar Melanie precisará mais uma vez confrontar seu passado, do qual buscava tanto fugir.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Reese Witherspoon

Críticas[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu criticas negativas na maior parte dos criticos. 37% dos críticos deram opiniões positivas, com base em 154 avaliações.[2] Roger Ebert, crítico do Chicago Sun-Times fez uma análise bastante positiva atribuindo-lhe 3 de 4 estrelas comentando "É uma fantasia, um conto de fadas doce com Reese Witherspoon em seu centro. Ela é tão adorável como Doris Day teria sido neste papel ... Então, eu gostei de Witherspoon e a cor local, mas eu sou assim muito cansado da premissa subjacente."[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.