Vocabulário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Chama-se vocabulário a um grupo de palavras conhecidas por um indivíduo ou qualquer outra entidade, concreta (um grupo definido de pessoas, por exemplo) ou abstracta (como um grupo profissional ou social, uma língua, um dialecto).

O vocabulário próprio de uma pessoa é definido como o conjunto de palavras que esta é capaz de compreender ou, então, o conjunto de palavras que esta é capaz de utilizar na formação de novas frases. A palavra "betão" faz parte do vocabulários de quase todos os portugueses, contudo, só alguns brasileiros sabem que esta palavra tem o mesmo significado que "concreto", apesar de brasileiros e portugueses falarem a mesma língua. Contudo, mesmo compreendendo o vocábulo, raramente o utilizarão. Poderemos, portanto, tanto considerar que a palavra betão faz (porque a compreende) como não faz (porque não a utiliza) parte do vocabulário dessa minoria de brasileiros que conhece a palavra.

A riqueza do vocabulário individual é, geralmente, considerada como um reflexo do nível de educação de uma pessoa e da sua inteligência a vários níveis, por isso, muitos testes de inteligência utilizam questões relacionadas com o vocabulário do testando.

O aumento de vocabulário é uma meta educativa consagrada nos programas escolares e nos objectivos de muitas pessoas que seguem diversos métodos para o conseguir. Enquanto que algumas pessoas preferem aumentar o seu vocabulário através da leitura de todo o género de livros (o que é, geralmente, considerado o melhor método, já que a pessoa fica igualmente ciente do contexto em que as palavras são usadas), outros preferem formas mais lúdicas, como testes do tipo "enriqueça o seu vocabulário"; outros, ainda, têm gosto em consultar, aleatoriamente, dicionários e enciclopédias; existem serviços que divulgam "uma palavra por dia" ("word-a-day", ficaria em inglês), enviada por mail ou em agendas-electrónicas...

Ver também[editar | editar código-fonte]