Weekly Shōnen Magazine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Weekly Shōnen Magazine
Revista de mangá
Shōnen Magazine first issue.jpg
Capa da primeira edição da Shōnen Magazine
País de origem  Japão
Língua de origem Japonês
Proprietário Kodansha
Periodicidade Semanal
Formato de publicação antologia
Encadernação brochura
Tiragem 1,773,021 (2008)
Publico alvo Shonen
Primeira publicação 17 de Março de 1959
Site oficial Site Oficial
Projeto Animangá  · Portal Animangá


Weekly Shōnen Magazine (週刊少年マガジン, Shūkan Shōnen Magajin?), é uma revista semanal japonesa de mangás publicada pela Kodansha. Sua primeira edição foi lançada em 17 de março de 1959. Apesar de sua política de censura (até recentemente, era a única revista shounen que proibia a exibição de mamilos femininos), seu público é constituído principalmente de estudantes colegiais e estudantes universitários do sexo masculino. A revista custa cerca de 240 ienes (em torno de 5 reais ou 2 euros), e possui aproximadamente 500 páginas por edição. Por semana são vendidas mais de 1.7 milhões de cópias, perdendo apenas para a revista Shonen Jump.

Títulos publicados Atualmente[editar | editar código-fonte]

Mangás da Shonen Magazine[editar | editar código-fonte]

Em negrito, são as obras mais importantes.

Década de 1950[editar | editar código-fonte]

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

  • Kamen Rider (1971, Shotaro Ishinomori)
  • Karate Baka Ichidai (1971–1977, Ikki Kajiwara, Jiro Tsunoda, Jouya Kagemaru)
  • Tiger Mask (1971, Ikki Kajiwara, Naoki Tsuji)
  • Ai to Makoto (1972-????, Ikki Kajiwara, Takumi Nagayasu)
  • Devilman (1972–1973, Go Nagai)
  • Nonsense No.13 (1972–1975, Yoshio Surugu) *Originalmente publicana na Bessatsu Shonen Magazine.
  • Tsurikiti Sanpei (1973–1983, Takao Yaguchi)
  • Violence Jack (1973–1974, Go Nagai)
  • Iyahaya Nantomo (1974-????, Go Nagai)
  • Mitsume ga Tōru (1974–1978, Osamu Tezuka)
  • Shōnen Jidai (1978–1979, Fujiko F. Fujio)

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

  • Ashita Tenki ni Naare (1981-1991, Tetsuya Chiba)
  • Bats & Terry (1982-1987, Yasuichi Oshima)
  • Kotaro Makaritoru (1982–2001, Tatsuya Hiruta) *O título mudou para Shin - em 1995.
  • Bari Bari Densetsu (1983–1991, Shuichi Shigeno)
  • Iron Muscle (1983-????, Go Nagai)
  • Parotto Ikka (1983–1986, Yoshio Surugu)
  • Ekushisu (1984-????, Takatoshi Yamada)
  • Mister Ajikko (1986–1989, Daisuke Terasawa)
  • Meimon! Daisan-yakyūbu (1987–1993)
  • Doctor K (1988-????, Mafune Kazuo)

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Shonen Magazine vs. Shonen Jump[editar | editar código-fonte]

A Shonen Magazine era a mais vendida no Japão até 1970, mas sua posição foi tomada pela Shonen Jump em 1974. E então o sucesso da Shonen Jump continuou até a metade dos anos 90, quando a série Dragon Ball da Shonen Jump foi finalizada, em resultado disso a Jump começou a decair, e assim, a Shonen Magazine voltou a liderar o mercado de mangás em Outubro de 1997.

Atualmente, Shonen Magazine é a segunda mais vendida, após a Shonen Jump voltar à liderança em 2002.

Apesar disso, as vendas das duas revistas é bastante próxima.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]