1406 (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"1406"
Single de Mamonas Assassinas
do álbum Mamonas Assassinas
Lançamento Fevereiro de 1996
Formato(s) CD
Gênero(s) Rock cômico, nu metal, funk metal, rapcore, metal alternativo
Duração 4:07
Gravadora(s) EMI
Composição Dinho, Júlio Rasec
Produção Rick Bonadio
Cronologia de singles de Mamonas Assassinas
"Mundo Animal"
(1995)

1406 (ou catorze zero meia) é uma popular canção da banda brasileira de rock Mamonas Assassinas[1], sendo a primeira faixa do único álbum do grupo lançado em 1995.[2]

A Canção[editar | editar código-fonte]

O nome 1406 faz alusão ao número de telefone (011) 1406, pertencente aos infomerciais do Teleshop,[3] exibidos no extinto Grupo Imagem em comerciais da também extinta Rede Manchete, que vendiam produtos ao estilo dos atuais comerciais da Polishop ou do canal de televendas Shoptime, da Globosat[4].

A música também faz referência direta de forma satirizada, aos acessórios vendidos pelo telefone 1406 em:

mostrando assim uma clara crítica ao consumismo[5][6], que também pode ser percebida no trecho:[7]

Há também uma referência à música "Laika nóis laika (mas money que é good nóis não have)" da dupla de cantores brega Ponto & Vírgula[8].

Com relação à parte instrumental, a canção é caraterizada por um riff de baixo elétrico na introdução, que lembra bem as linhas de baixo utilizadas pelo baixista Flea do grupo Red Hot Chilli Peppers.[9] Não a toa esse riff ainda é imitado por iniciantes/estudantes de contrabaixo, tamanha a fama deste.

Em 1997, o grupo sueco de metal progressivo Pain of Salvation lançou a música "People Passing By" (álbum Entropia), com uma impressionante semelhança com esta música do Mamonas Assassinas, mas não foi considerado cover.[10]

Créditos Musicais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Diario de Pernambuco (17 de novembro de 2015). «Record deve produzir série sobre os Mamonas Assassinas em 2016 - Viver: Diario de Pernambuco». Consultado em 17 de março de 2016 
  2. «1406 Tablatura de Mamonas Assassinas». Cifras Club. Consultado em 22 de novembro de 2018 
  3. «Vinte anos de "Mamonas Assassinas"». Revista Pepper. Consultado em 22 de novembro de 2018 
  4. Reinaldo Cirilo. «Seus problemas acabaram…disque (011) 1406. - Portal Inteligemcia». Inteligemcia.com.br 
  5. sitedecuriosidades.com/ Mamonas Assassinas
  6. «O dia em que eu fui ao show dos Mamonas Assassinas - Jornal Opção». Jornal Opção. 14 de março de 2017 
  7. mondobacana.com/ Mamonas Assassinas
  8. books.google.com.br/ Almanaque Da Música Brega - Por Antonio Carlos Cabrera
  9. billboard.com.br/ Disco do Mamonas completa 20 anos
  10. whiplash.net/ Daniel Gildenlöw fala sobre os Mamonas Assassinas
Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.