33 (álbum de Wanessa Camargo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de 33 Wanessa Camargo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
33
Álbum de estúdio de Wanessa Camargo
Lançamento 19 de agosto de 2016
(ver histórico de lançamento)
Gravação 2015–2016
Gênero(s)
Duração 40:48
Idioma(s) Português
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
  • Eduardo Pepato
  • César Lemos
Cronologia de Wanessa Camargo
DNA Tour
(2013)
Singles de Wanessa Camargo
  1. "Coração Embriagado"
    Lançamento: 5 de agosto de 2016 (2016-08-05)
  2. "Vai que Vira Amor"
    Lançamento: 26 de agosto de 2016 (2016-08-26)
  3. "Anestesia"
    Lançamento: 10 de março de 2017 (2017-03-10)

33 é o oitavo álbum de estúdio da cantora brasileira Wanessa Camargo.[3] Originalmente o disco foi lançado em 19 de agosto de 2016 exclusivamente para download digital gratuito através do Palco MP3, portal brasileiro de execução de música online.[4] Em 14 de outubro de 2016 é liberado para venda digital através do iTunes de forma independente, por sua produtora Work Show.[5] No final de 2016 a cantora assina com a Som Livre e, em 28 de março de 2017, o disco é relançado pela gravadora – desta vez também de forma física –, trazendo duas músicas novas como bônus.[5] O álbum marca a transferência da artista da música pop para o sertanejo, gênero musical que adotou a partir de então.[6]

O primeiro single do álbum foi "Coração Embriagado", composta pela dupla sertaneja João Neto & Frederico em parceria com Gabriel do Cavaco, Shylton Fernandes e Diego Ferrari e foi lançado oficialmente nas plataformas digitais em 5 de agosto.[7] "Vai que Vira Amor", foi liberada como single promocional' em 26 de julho. "Anestesia" foi lançada como segundo single em 10 de março de 2017.[8]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 22 de agosto de 2014 o produtor Mr. Jam confirmou que Wanessa começou à trabalhar em um novo álbum inédito, sendo produzido por ele.[9][10] No entanto, apenas em 13 de março de 2015 a cantora confirmou que estava mesmo engajada no projeto, afirmando que este demoraria alguns meses ainda para ser lançado e citando seu disco W como referência do que estava realizando, alegando que estava buscando uma sonoridade entre o pop e o eletrônico.[11] Em abril confirmou que estava gravando com o produtor César Lemos, que já havia trabalhado com ela nos álbuns W e Meu Momento, utilizando faixas "Amor, Amor" e "Sem Querer" como referências do material que estava preparando.[12][13] Em 8 de julho, durante entrevista para a revista Quem, revelou que o novo álbum mesclaria músicas em inglês e em português, uma vez que ela não gravada em língua nativa há seis anos: "É uma fusão de tudo de melhor que fiz antes com essa fase. Estou sempre me reinventando, buscando coisas novas, mas com mais maturidade".[14] Logo após confirmou a parceria em composições com Liah Soares e Junno Andrade.[15]

Em 8 de dezembro, porém, anunciou que desistiu de gravar faixas em inglês e que o novo álbum seria totalmente em português, mesclando canções dançantes e outras românticas, retornando o elo perdido antes no álbum Meu Momento.[16] Além disso, Wanessa revelou que estava compondo novamente, o que não fazia deste o disco citado, e que pretendia trazer um trabalho majoritariamente autoral: "O álbum será mais pessoal do que eu podia imaginar. Nunca pensei que pudesse levar tanto tempo. Ele será bem introspectivo e maduro, mas terá faixas mais agitadas".[17] No início de 2016 fotografa para o encarte e divulgação do novo trabalho, tendo as fotos registradas por Fernando Mazza e as roupas assinadas por Alexandre Dornellas.[15] Segundo seu marido, Marcus Buaiz, a expectativa era que o disco fosse lançado em maio.[18]

Desenvolvimento e produção[editar | editar código-fonte]

"Eu estava indo para um trabalho que seria muito rápido de fazer, no caminho de "Shine It On". Mas olhei para o trabalho e estava sem tesão, sem a paixão. Estava fazendo por fazer. Foi quando parei tudo e pensei. Sou uma cantora sertaneja. Eu me considero sertaneja, romântica."

— Wanessa Camargo sobre a mudança de gênero musical em sua carreira.[19]

Em 17 de maio Wanessa anuncia que engavetou o material que estava gravando até ali e trocou a equipe de produtores para fazer um redirecionamento em sua carreira, deixando a música pop para focar agora na música sertaneja.[20][21] Para isso, adotou novamente o sobrenome Camargo em seu nome artístico, o qual havia sido retirado 8 anos antes para o disco Total.[22] Na ocasião entrou em estúdio para gravar seu oitavo álbum novamente, desta vez sob o novo gênero escolhido, trazendo Eduardo Pepato como produtor, o mesmo dos trabalhos de Luan Santana e Thaeme & Thiago.[23] Segundo Wanessa, a decisão pela mudança de gênero musical deu-se pela identificação pessoal pela música sertaneja: "O caminho do pop no Brasil eu não me identifico. Não é a minha praia. Minha pegada é o romantismo e o sertanejo é uma marca forte do meu próximo álbum. Estou fazendo o que acredito".[24]

Além disso, a cantora explicou que estava buscando fazer grandes shows em arenas novamente: "Eu quero rodar o Brasil com a estrutura que sempre quis. Com o eletrônico, peguei cada perrengue".[25] Logo após rompe com a Sony Music, alegando divergências sobre o rumo de sua carreira, uma vez que a gravadora não gostaria que ela deixasse a sonoridade pop, assinando logo após com a Work Show, produtora responsável por lançamentos do mercado sertanejo.[26] A primeira faixa anunciada como parte do álbum foi "Agora Eu Sei", escrita em homenagem à seu marido.[27] Em 15 de junho é liberada uma prévia de "Vai que Vira Amor".[28]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O álbum foi lançado em 19 de agosto exclusivamente para streaming e download digital gratuito através do Palco MP3, portal brasileiro mais conhecido de execução de música online.[29][30][31] Em 14 de outubro de 2016 é liberado para venda digital através do iTunes e streaming de forma independente, por sua produtora Work Show.[5] Em 20 de dezembro de 2016, Wanessa anuncia que havia assinado com a Som Livre e, em 10 de março de 2017 o disco é relançado pela gravadora – desta vez também de forma física, além dos formatos anteriores –, trazendo duas músicas novas como bônus.[32]

Singles[editar | editar código-fonte]

Em 26 de julho Wanessa lança nas rádios o primeiro single do álbum, "Coração Embriagado", composta pela dupla sertaneja João Neto & Frederico em parceria com Gabriel do Cavaco, Shylton Fernandes e Diego Ferrari.[33] O videoclipe da faixa foi liberado em 29 de julho, mostrando a cantora gravando-a em estúdio e tocando em seu violão.[34] O single foi lançado oficialmente nas plataformas digitais em 5 de agosto.[35] "Coração Embriagado" atingiu a posição dezenove na Billboard Brasil, sendo o melhor resultado de sua carreira até então.[36] "Vai que Vira Amor" foi liberada na internet como prévia para divulgar o trabalho.[37] O videoclipe da canção foi liberado em 9 de agosto, seguindo a mesma linha do anterior, apresentando a cantora gravando-a em estúdio.[38] Em 26 de agosto a faixa é lançada nas plataformas digitais como segundo single.[39]

"Perseguição" foi liberado como single promocional em 5 de outubro, tendo estreia exclusiva no Programa do Porchat.[40][41] "Anestesia", presente no relançamento do álbum, foi liberado como terceiro single em 10 de março de 2017.[42]

Promoção[editar | editar código-fonte]

Em 20 de agosto se apresentou na sexagésima primeira edição da Festa do Peão de Barretos, divulgando seu novo trabalho durante o show de Maiara & Maraisa, no qual cantou com elas "Coração Embriagado".[43] Em 6 de setembro interpreta pela primeira vez na televisão o primeiro single do álbum, no programa Música Boa Ao Vivo.[44] Em 15 de setembro é a vez de divulgar o álbum no programa De Cara, na FM O Dia.[45] Em 23 de setembro Wanessa é entrevista no Programa do Jô, onde divulga seu novo trabalho, além de cantar as faixas "Coração Embriagado" e "Vai Que Vira Amor".[46] Em 5 de outubro é entrevistada no Programa do Porchat, onde explica o processo criativo do disco e canta o primeiro single, além de "Perseguição".[47] No dia 27 de janeiro de 2017 foi a vez de Wanessa gravar o Sabadão com Celso Portiolli Onde cantou varios de seus sucessos antigos e o novo single Coração Embriagado e divulgou seu CD. E no dia 28 de março participara da Festa das Patroas em Minas Gerais com Marília Mendonça e Maiara e Maraísa .

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

"33 soa tão artificial e estratégico quanto o retorno da cantora ao gênero sertanejo após álbuns e singles direcionados às pistas da música eletrônica. [O álbum] representa retrocesso na (já bem irregular) discografia de Wanessa Camargo."

Crítico de música Mauro Ferreira do portal G1 sobre o álbum e fase sertaneja de Wanessa.[48]
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Portal iG (Desfavorável)[49]
G1 (Desfavorável)[48]
A Escotilha 1.5 de 5 estrelas.[50]

O álbum recebeu críticas negativas, sendo considerado "oportunista"[50][49] e "artificial".[48] Emílio Faustino, do portal iG, disse que ao optar pelo sertanejo, Wanessa fez uma escolha "pra lá de conveniente se considerarmos a boa fase do sertanejo feminino no Brasil." Ele ainda afirmou que "Durante o lançamento do novo álbum a cantora conseguiu a heresia de se rotular como “Camaleoa” (...)se você simplesmente muda para fazer mais do mesmo e se apoiar no sucesso de algo que você nem se identifica pode soar de um grande oportunismo e falta de personalidade."[49]

O crítico musical Mauro Ferreira, do G1, disse que o álbum "além de soar artificial e estratégico, representa retrocesso na (já bem irregular) discografia de Wanessa."[48] Renan Guerra, do site A Escotilha, avaliou o disco com uma estrela e meia de cinco (1.5/5), dizendo que "Wanessa soa fria durante os quase 50 minutos de 33" e que "toda a produção do disco soa suficientemente engessada. É como se Wanessa fosse uma novata, tentando a todo custo abraçar o filão do sertanejo universitário, mesmo que sua música soe pasteurizada e apática."[50]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas produzidas por Eduardo Pepato, exceto onde notado[5].

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Só Dá Eu e Você"  
  • Jenner Melo
  • Juan Marcus
  • Dayane Camargo
  • Lara Menzes
2:32
2. "Choveu Amor"  
  • Paulo Pires
  • Guilherme Ferraz
  • Sando Neto
  • Henrique Batista
  • Ray Antonio
  • Diego Ferrari
  • Everton Mattos
2:41
3. "Coração Embriagado"  
2:46
4. "Vai que Vira Amor"  
  • Lari Ferreira
  • Junior Pepato
2:27
5. "Vai Mentir Pra Lá"  
  • Paulo Pires
  • Guilherme Ferraz
  • Sando Neto
  • Gustavo Martins
  • Ray Antonio
  • Everton Mattos
  • Diego Ferrari
2:22
6. "Agora Eu Sei"  
  • Wanessa Camargo
  • Márcia Araújo
  • Dayane Camargo
  • Lara Menzes
2:55
7. "Não Me Sufoca!"  
  • Paulo Pires
  • Guilherme Ferraz
  • Sando Neto
  • Ray Antonio
  • Everton Mattos
2:41
8. "Em Cima do Salto"  
  • Hiago Vinicius
  • Rick Monteiro
  • Graciano & Thiago
2:37
9. "Perseguição"  
  • Victor Hugo
  • Philipe Pancadinha
3:04
10. "Se Ainda Tem Amor"  
  • Márcia Araújo
  • Fred Liel
  • Débora Xavier
3:00
11. "Faço Chover"  
  • Juliano Tchula
  • Michel Alves
  • Ruan Soares
2:37
12. "Se Cuida"  
  • Juan Marcus
2:51
13. "Fora de Mim"  
  • Wanessa Camargo
  • César Lemos
3:20
14. "Amor de Conta Gotas"  
  • Elcio Di Carvalho
  • Lari Ferreira
  • Junior Pepato
  • Danillo Dávilla
2:19
15. "Boquinha de Açúcar"  
  • Wanessa Camargo
  • Márcia Araújo
  • Dayane Camargo
  • Lara Menzes
  • Bruno Caliman
2:39
Duração total:
40:48
Relançamento
N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
16. "Eu Quero Ser a Outra (La Otra)"  
  • Karla Aponte
  • César Lemos
César Lemos 3:22
17. "Anestesia"  
  • Bruno Caliman
  • Rafa Torres
  • Lucas Santos
César Lemos 3:25
Duração total:
47:35

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato(s) Gravadora
 Brasil 19 de agosto de 2016[51] Download digital (gratuito) Work Show
14 de outubro de 2016[5]
10 de março de 2017[52]
Som Livre
31 de março de 2017[53] Relançamento – CD

Referências

  1. «Wanessa Camargo troca pop pela música sertaneja». Folha Max. Consultado em 16 de novembro de 2015 
  2. G1. Álbum sertanejo de Wanessa volta com bônus e o mesmo tom artificial http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/post/album-sertanejo-de-wanessa-volta-com-bonus-e-o-mesmo-tom-artificial.html. Consultado em 12 de maio de 2017  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «Eduardo Pepato, o produtor do momento no mercado de música sertaneja». ...Depois de quatro meses, saíram as quinze canções que integram o álbum 33, com lançamento previsto para setembro. Veja SP. 26 de agosto de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  4. «De surpresa, Wanessa Camargo lança álbum sertanejo para streaming e download gratuito». It Pop. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  5. a b c d e «Wanessa Camargo - 33». iTunes. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  6. «Em ousadia na nova fase, Wanessa Camargo lança canção que mistura sertanejo e arrocha». Diário Gaúcho. Consultado em 16 de novembro de 2015 
  7. «Wanessa Camargo lança música com pegada sertaneja». O Fuxico. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  8. «Wanessa Camargo aposta no sertanejo em nova música; ouça». UAI. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  9. «Wanessa prepara álbum novo, revela produtor». Popline. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  10. «Wanessa confirma lançamento de álbum novo para 2015». Portal Popline. 26 de setembro de 2014. Consultado em 26 de setembro de 2014 
  11. «Wanessa Camargo fala sobre novo álbum e pede paciência aos fãs». Revista Caras. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  12. «O que esperar do novo álbum da Wanessa?». Portal Famosos. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  13. «Vem hit! Wanessa Camargo grava com produtor de "Amor, Amor" e "Sem Querer"». Ponto Pop. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  14. «"Meu lado romântico volta com força total", diz Wanessa sobre novo álbum». Revista Quem. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  15. a b «Finalizando álbum, Wanessa Camargo revela detalhes sobre o projeto». Ponto Pop. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  16. «Wanessa revela que novo álbum será totalmente em português e mais». Ponto Pop. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  17. «Wanessa fala sobre novo álbum, totalmente autoral e em português». Ponto Pop. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  18. «Revelado! Novo single de Wanessa Camargo sai em maio». Ponto Pop. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  19. «Wanessa Camargo troca pop pela música sertaneja: "Estava sem tesão"». UOL. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  20. «Sertanejo? Entenda a revolta que envolveu a prévia da nova faixa de Wanessa Camargo». Ponto Pop. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  21. «Wanessa choca fãs com prévias de músicas novas BEM diferentes». Popline. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  22. «Wanessa volta a usar sobrenome da família a pedido do avô». Ponto Pop. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  23. «Wanessa sobre nova fase musical: 'Descobri o romântico de volta'». Glogo. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  24. «"Não me identifico com o caminho do pop no Brasil", diz Wanessa Camargo». Popline. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  25. «Wanessa é anunciada por empresário sertanejo: 'Voltando às raízes'». Glogo. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  26. «Apostando em nova sonoridade, Wanessa Camargo quebra contrato com Sony Music». Popline. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  27. «Wanessa assina com produtora e "Agora Eu Sei" pode ser novo single». Revista Caras. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  28. «Vaza prévia de novo single de Wanessa, "Vai Que Vira Amor" (e é sertanejo)». Ponto Pop. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  29. «Wanessa Camargo lança álbum sertanejo». Famosos na Web. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  30. «Escute o álbum sertanejo de Wanessa Camargo na íntegra». Portal Freak Out. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  31. «Wanessa Camargo libera novo álbum online. Veja capa, tracklist e ouça completo». Ponto Pop. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  32. «Vídeo do Instagram por Wanessa Camargo • Dez 20, 2016 às 8:32 UTC». Instagram. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  33. «Wanessa Camargo volta ao sertanejo com 'Coração embriagado'». Correio Braziliense. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  34. «Wanessa lança videoclipe em estúdio para seu novo single, "Coração Embriagado"». Portal Famosos. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  35. «Coração Embriagado - Single». iTunes. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  36. «Billboard Brasil - Hot 100 Airplay» (PDF). Billboard Brasil. Internet Group. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  37. «Wanessa Camargo vem com tudo no sertanejo! Ouça as novas "Coração Embriagado" e "Vai que Vira Amor"». Hugo Gloss. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  38. «Wanessa Camargo lança o clipe de Vai Que Vira Amor». O Fuxico. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  39. «Vai Que Vira Amor - Single». iTunes. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  40. «Perseguição - Single». Discogs. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  41. «Em entrevista a Fábio Porchat, Wanessa Camargo conversa com Sandy e esclarece suposta rivalidade». R7. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  42. «Wanessa Camargo grava clipe de "Anestesia"». Agito Total. Consultado em 2 de abril de 2017 
  43. «Em nova fase no sertanejo, Wanessa Camargo será uma das atrações do tradicional Festival do Peão em Barretos». Portal Famosos. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  44. «Wanessa Camargo, Thaeme & Thiago e Sambô fazem noite eclética no Música Boa Ao Vivo». Globo. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  45. «Wanessa comenta polêmica com Rafinha Bastos em programa de rádio». João Alberto. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  46. «Wanessa canta "Coração Embriagado" e "Vai Que Vira Amor" no programa do Jô». Popline. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  47. «Em entrevista a Fábio Porchat, Wanessa Camargo conversa com Sandy e esclarece suposta rivalidade». R7. Consultado em 5 de outubro de 2016 
  48. a b c d Álbum sertanejo de Wanessa volta com bônus e o mesmo tom artificial G1
  49. a b c Wanessa Camargo e o oportunismo do álbum "33" iG
  50. a b c '33': a virada de Wanessa Camargo ao sertanejo universitário apresenta uma artista oportunista A Escotilha
  51. a b «Wanessa Camargo libera álbum novo para streaming gratuito». Popline. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  52. «33 por Wanessa Camargo». iTunes Store. 10 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017 
  53. «Wanessa Camargo - 33 - CD». Som Livre. 10 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017