Globo Natureza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de ABC da Amazônia)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Globo Natureza
logotipo usado entre 2014 e 2017
Informação geral
Formato Telejornal
Gênero Meio Ambiente
Duração 1 a 5 minutos (plantões)
10 a 15 minutos (dentro dos telejornais) 1 hora (dentro do Globo Repórter)
Criador(es) Humberto Pereira
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Ali Kamel (DGJE)
Produtor(es) Bruna Marin

Maria Luiza Silveira

Mariana Fontes

Marrey Junior

Maurício Maia

Tema de abertura Instrumental
Tema de encerramento Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 10 de janeiro de 1967 (51 anos) - presente (como ABC da Amazônia)
4 de abril de 2009 (9 anos) - presente (como Globo Natureza)
Cronologia
Programas relacionados Bom Dia Brasil
Jornal Hoje
Jornal da Globo
Globo Rural
Globo Mar

Globo Natureza é um núcleo da Rede Globo que produz reportagens especiais para todos os jornais de rede nacional da emissora: Jornal Nacional, Globo Repórter, Fantástico, Jornal da Globo, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Globo Rural, além do canal pago GloboNews.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Idealizado e comandado por Humberto Pereira, editor-chefe do Globo Rural, o núcleo teve sua primeira reportagem exibida sob o selo Globo Natureza em abril de 2009. Até então, as reportagens eram exibidas sob o selo Globo Amazônia lançado em 1967.

Desenvolvimento e expansão[editar | editar código-fonte]

Além das reportagens especiais, o núcleo produz ainda boletins informativos sobre a fauna e a flora de todo o mundo exibidos nos intervalos dos programas da emissora. Os boletins têm duração de aproximadamente um minuto e foram narrados por Fábbio Perez, ex-editor-chefe do Jornal da Globo e editor-chefe do Globo Natureza de 2001 até início de 2018. Na época do ABC da Amazônia de 1967 até 2011, eram narrados por Flávio Cantil, José Hamilton Ribeiro e Fábbio Perez. Depois, passou a ser narrado pela repórter Ana Paula Campos.

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Em 2010, o site Globo Amazônia criado em 2008 foi indicado ao Digital Emmy com uma reportagem sobre curiosas marcas gigantes no solo da Amazônia que intrigavam a ciência.[1]

Em agosto de 2013, a reportagem "Enawenê-nawê: os homens-espíritos" foi indicada ao prêmio Emmy Award International como melhor reportagem na categoria Current Affairs & News.[2]

Referências

  1. «Conheça o projeto Globo Natureza». G1. Consultado em 11 de fevereiro de 2014. 
  2. «Globo Repórter». Globo Tv. Consultado em 1 de Outubro de 2015. 

Ligação externa[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.