Corujão do Esporte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Corujão do Esporte
Informação geral
Formato Programa jornalístico
Gênero Esportivo
Duração 40 minutos aprox.
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Ali Kamel(DGJE)
Renato Ribeiro(CGESP)
Apresentador(es) Flávio Canto
Tema de abertura Instrumental
Tema de encerramento Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 11 de fevereiro de 2011 - 23 de dezembro de 2015
Cronologia
Programas relacionados Corujão

Corujão do Esporte foi um programa esportivo brasileiro exibido nas madrugadas de quarta-feira para quinta-feira, na Rede Globo, de 2011 a 2015.

História[editar | editar código-fonte]

Foi apresentado inicialmente pelo ex-jogador de vôlei Tande, que deixou o comando em fevereiro de 2012 para dedicar-se apenas ao Esporte Espetacular, também da Rede Globo. O bastão foi passado ao ex-judoca Flávio Canto, que pendurou a faixa para comandar o programa. O programa ia ao ar às quartas-feiras, após o Programa do Jô.

Produção e sinopse[editar | editar código-fonte]

Em fase de testes, o programa começou a ser exibido durante o Mundial de Vôlei em setembro de 2010.[1] Foi aprovado em janeiro de 2011 e estreou oficialmente em 11 de fevereiro de 2011.[2] Ele reunia atletas e famosos para comentar as últimas notícias do mundo esportivo e de todas as modalidades esportivas.[2] O programa era gravado no mesmo dia de exibição para garantir a atualidade das notícias.

Mudança de dia[editar | editar código-fonte]

A edição do dia 5 de setembro de 2014 foi a última do Corujão do Esporte às sextas. A partir do dia 10, o programa passou a ser exibido nas madrugadas de quarta para a quinta. O motivo da mudança foi a estreia do novo Corujão, sessão de filmes que tem o mesmo nome do programa esportivo. A partir de então, o programa de sexta passou a exibir um filme escolhido pelos telespectadores na internet. A eleição era feita durante a semana, no mesmo formato que fazia o já extinto Intercine.

Trívia[editar | editar código-fonte]

Apesar de não mostrar inadequações, o programa foi classificado pelo DEJUS como impróprio para menores de 10 anos, devido ao horário.

Fim do Corujão[editar | editar código-fonte]

No dia 23 de dezembro de 2015, a Rede Globo exibiu o último Corujão do Esporte, já que este terminou na emissora. Flávio Canto, seu apresentador, foi para o Balada Olímpica, programa que a Globo está fazendo por conta dos Jogos Olímpicos de 2016, além de ser repórter do Esporte Espetacular.[3]

Referências

  1. «Tande apresenta o ‘Corujão do esporte’, que será fixo na grade, a partir de sexta». Extra. Extra.globo.com. Consultado em 14 de fevereiro de 2011. 
  2. a b «Corujão do Esporte estreia com Mano Menezes e Hortência nesta sexta, 11». Rede Globo. Consultado em 14 de fevereiro de 2011. 
  3. «Globo acaba com o “Corujão do Esporte”; “Balada Olímpica” entra na grade». Torcedores.com. Torcedores.com. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]