Aliança Europeia dos Povos e das Nações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aliança Europeia dos Povos e das Nações
European Alliance of People and Nations
Ideologia Nacionalismo
Populismo de direita
Conservadorismo
Nacionalismo econômico
Anti-imigração
Euroceticismo
Espectro político Direita a Extrema-direita
Grupo no Parlamento Europeu Identidade e Democracia

A Aliança Europeia dos Povos e das Nações (AEPN) (em inglês: European Alliance of People and Nations, EAPN) é uma coligação de diversos partidos populistas europeus de direita e extrema-direita que concorre às eleições europeias de 2019[1], e subsequentemente formar um grupo parlamentar no Parlamento Europeu.

História[editar | editar código-fonte]

A AEPN pretende procura "ir além" do atual grupo parlamentar da Europa das Nações e das Liberdades[2]. De acordo com Marine Le Pen, líder de Rassemblement National, os membros da ENL "encarregaram Matteo Salvini [...] em tentar construir um grande grupo pela Defesa das Nações Europeias" no parlamento europeu e "quer ir além e conseguir que este grupo seja o maior e mais forte possível"[3]. Para conseguir isto, a AEPN tem tentado recrutar nos diversos grupos parlamentares europeus, com especial destaque na Aliança dos Reformistas e Conservadores e na Europa da Liberdade e da Democracia Direta.

A AEPN foi anunciada a 8 de abril de 2019 por Matteo Salvini, líder da Liga Norte de Itália, numa conferência em Milão e tendo a seu lado representantes da Alternativa para a Alemanha, Partido Popular Dinamarquês e do Partido dos Finlandeses[4]. Após a conferência, Rassemblement National, Vlaams Belang e Partido da Liberdade da Áustria, três membros da ENL, anunciaram a sua adesão à nova aliança[5][6][7]. Nós Somos Família da Eslováquia, o Partido Nacional Esloveno e o Partido Popular Conservador da Estônia também afirmaram a sua intenção em se juntarem à AEPN, embora não tenham deputados europeus neste momento[8][9].

Depois de uma conferência conjunto em Praga, o Partido pela Liberdade dos Países Baixos e a Liberdade e Democracia Direta da República Checa irão provavelmente juntar-se à aliança[10][11]. Por fim, após declarações de apoio de Salvini, especula-se o partido espanhol Vox irá juntar-se à aliança[12].

Outro possível membro da AEPN poderá ser Fidesz - União Cívica Húngara de Viktor Orbán, cujo partido foi suspenso do Partido Popular Europeu pela sua linha nacionalista, anti-imigração e eurocética[13]. Orbán e Salvini têm tido relações bastantes cordais e crescem os rumores de que se poderá juntar à aliança após as europeias[14][15][16].

Em 19 de junho de 2019, foi anunciado a formação do grupo parlamentar no Parlamento Europeu, Identidade e Democracia, como sucessor do grupo da Europa das Nações e das Liberdades.[17]

Membros[editar | editar código-fonte]

País Partidos DE DN Status
 Alemanha Alternativa para a Alemanha
11 / 96
91 / 709
Oposição
 Áustria Partido da Liberdade da Áustria
3 / 18
51 / 183
Governo
 Bélgica Vlaams Belang
3 / 21
3 / 150
Oposição
 Bulgária Volya
0 / 17
12 / 240
Apoio parlamentar
 Dinamarca Partido Popular Dinamarquês
1 / 13
37 / 179
Apoio parlamentar
 Eslováquia Nós Somos Família
0 / 14
11 / 150
Oposição
 Eslovênia Partido Nacional Esloveno
0 / 7
4 / 90
Oposição
 Estónia Partido Popular Conservador da Estônia
1 / 6
19 / 101
Governo
 Finlândia Partido dos Finlandeses
2 / 13
39 / 200
Oposição
 França Rassemblement National
22 / 74
6 / 577
Oposição
 Itália Liga Norte
28 / 73
123 / 630
Governo
 Países Baixos Partido pela Liberdade
0 / 26
20 / 150
Oposição
Portugal Portugal Partido Nacional Renovador[18]
0 / 21
0 / 230
Extra-parlamentar
 República Checa Liberdade e Democracia Direta
2 / 21
19 / 200
Oposição

Referências

  1. «European nationalists form alliance for elections» (em inglês). 8 de abril de 2019 
  2. Baume, Maïa de La (8 de abril de 2019). «Salvini aims high with populist alliance for Europe». POLITICO. Consultado em 6 de maio de 2019 
  3. «French right-winger Le Pen wants Italy's Salvini to form populist EU group». Independent.ie (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  4. Alexander Sarti (8 de abril de 2019). «European Alliance of Peoples and Nations: What we know so far». Europe Elects (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  5. «Lega en AfD starten nieuwe eurosceptische fractie, ook Vlaams Belang doet mee». De Standaard (em neerlandês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  6. «Freedom Party Of Austria Wants To Join Newly-Created EAPN Alliance - Secretary General». UrduPoint (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  7. Weise, Zia (9 de abril de 2019). «Austrian far-right party to join Salvini's EU election alliance». POLITICO. Consultado em 6 de maio de 2019 
  8. ERR, ERR, ERR News | (11 de abril de 2019). «EKRE poised to join proposed right-wing European parliamentary group». ERR (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  9. Elects, Europe (2019T12:28). «Slovenia: SNS tells @EuropeElects that they intend to join the right-wing ENF/EAPN group in the EU Parliament. They currently have a chance of 7% of getting one out of 705 seats in the EU Parliament (EU27 projection). Latest polls show their chances rising though. #EP2019». @EuropeElects (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. says, Marnie Lao (26 de abril de 2019). «Europe's far-right touts 'new European harmony' in EU vote». euractiv.com (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  11. Flemr, Jan. «Far-right alliance touts 'new European harmony' in EU elections». www.timesofisrael.com (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  12. «Salvini desea buena suerte a Vox para las elecciones generales». La Vanguardia. 26 de abril de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  13. «"O Fidesz é bastante nacionalista e o "PPE é um partido pró-europeu"». ionline. Consultado em 6 de maio de 2019 
  14. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Hungary's Orban inches closer to Salvini-led anti-migrant EU bloc | DW | 02.05.2019». DW.COM (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2019 
  15. «Orban says Salvini is the most important politician in Europe». euractiv.com (em inglês). 2 de maio de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  16. «Italy's Salvini bonds with Orban at razor wire fence in Hungary». www.thelocal.it (em inglês). 3 de maio de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  17. Weise, Zia (12 de junho de 2019). «Salvini alliance to be named Identity and Democracy». POLITICO. Consultado em 14 de junho de 2019 
  18. Pinto-Coelho, José (3 de junho de 2019). «Pátrias livres contra o polvo do Globalismo». PNR - Partido Nacional Renovador. Consultado em 7 de junho de 2019