Amélia Videira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde janeiro de 2014) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Amélia Videira
Nome completo Maria Amélia da Cruz Lobo Videira
Nascimento 18 de julho de 1945 (72 anos)
Lisboa,  Portugal
Nacionalidade portuguesa
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Maria Amélia da Cruz Lobo Videira mais conhecida por Amélia Videira[1] (Lisboa, 18 de Junho de 1945) é uma actriz portuguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É licenciada em Teatro, pela Escola Superior de Teatro e Cinema.

Cursou pós-graduação e curso de aprofundamento em TRV-C (Terapia Reconstrutiva Vivencial – Cognitiva) e pós–graduação em "Hipnose em Clínica Médica” pelo Gabinete de Formação Contínua da Faculdade de Medicina de Lisboa. É certificada pela Université de Saint Mont/Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa em “Animation de Groupes - Corps et Conscience”.

Possui o curso de especialização “Técnicas e Ciências do Corpo” da Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa/Departamento de Educação Especial e Reabilitação e o “Ciclo Fundamental do Curso de Sofrologia Caycediana”.

Entre a formação recebida, distinguem-se "workshops" em “Análise do Movimento”, “Psicodrama”, “Dança e Deficiência”, “Dançaterapia”, “Mímica”,”Psicomotricidade e Relaxação”, “Educação para a Paz”, “Educação para o Desenvolvimento”, ”Clown et developpement personnel”, etc.

Desenvolve actualmente a sua actividade como formadora na CERCICA, onde tem a seu cargo a área de Formação Profissional em “Teatro e Animação”, para pessoas com deficiência intelectual e dificuldades de aprendizagem.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
1982 Uma Viagem na Nossa Terra [2]
1984 Armando [2][3]
1987 A Borboleta na Gaiola [2][3]
1988 Morte D'Homem [2][3]
1991 A Maldição do Marialva [2][3]
1992 Uma Mulher Livre [2][3]
2010 Humilhados e Ofendidos (Curta) [2][3]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
1979 Histórias com Pés e Cabeça [2]
1993 Terra Instável : Quem Tem Medo de Chopin? [2]
1980 Quadrados e quadradinhos
1982 O Trovador e os Ratos (Teatro) [2]
1982 Festa É Festa [2]
1983 Já Cá Canta [2]
1983 O Jardim do Celestino [2]
1984 Fui de Visita à Minha Tia a Marrocos [2]
1985 Arco Íris [2]
1985 Arroz Doce [2]
1985 Entrada de Portugal na CEE [2]
1986 Ora Agora Conto Eu... [2]
1987 Lá em Casa Tudo Bem [2]
1990 Cartas de Humor [2]
1994 Sozinhos em Casa [2]
1995 Queridas e Maduras [2]
1997 Era uma vez… : A Gata Borralheira [2]
1999 Major Alvega [2]
1999 Nós os Ricos [2]
1999 Um Sarilho Chamado Marina [2]
2000 Médico de Família [2]
2000 Capitão Roby [2]
2000 Querido Professor [2]
2001 Patilhas e Ventoinha [2]
2001 Elsa, Uma Mulher Assim [2]
2001 A Senhora das Águas [2]
2001 O Espírito da Lei [2]
2002 A Minha Sogra É uma Bruxa [2]
2002 Camilo, o Pendura [2]
2003 O Teu Olhar [2]
2004 Inspector Max [2]
2005 Clube das Chaves [2]
2005 Camilo em Sarilhos [2]
2007 Chiquititas [2]
2008 Morangos com Açúcar (6.ª série) [2]
2010 Destino Imortal [2]
2010 Pai à Força [2]
2010 Laços de Sangue [2]
2011 Anjo Meu [2]
2011 Rosa Fogo [2]
2011 Sedução [2]
2013 Os Nossos Dias [2]
2014 Mulheres de Abril [2]
2017 Espelho d'Água [2]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Encenação Apresentação Ref.
1978 Edén Cinema de M. Duras Fernando Heitor Os Cómicos - Grupo de Teatro
1979 O Império do Oriente de Jorge de Sena Norberto Barroca Sociedade Portuguesa de Autores - SPA
1979 Os Brinquedos do Tozé Fizeram Banzé de Orlando Neves (Infantil) Fernanda Lapa Teatro Experimental de Cascais - TEC TV[2]
1978 Querias mas não te Dou de VV.AA. (Revista) Francisco Nicholson Teatro Adoque
Zas, Tras Paz Ermelinda Duarte (Infantil)
Brinca Brincando Ermelinda Duarte (Infantil) TV[2]
1980 Chiça, Este É o bom Governo de Portugal de VV.AA. (Revista)
1981 Paga as favas de VV.AA. (Revista)
1981 A Húngara de Mário Fratti (Tese de fim de curso) José Lapa Conservatório Nacional
1982 A Viagem de Helder Costa João Mota Comuna Teatro de Pesquisa
1982 Não fui eu foram eles de VV.AA. (Café Teatro)
1983 A Castro de António Ferreira
1983 Quero o meu Victor a cores de Carlos Paulo (Café Teatro)
1984 Marat de Peter Weiss
1984 Para onde ís de Gil Vicente
Bão de João Mota TV[2]
1985 Amadis de Abel Neves TV[2]
1985 Festa Medieval de Abel Neves / Comuna
1985 Pó de Palco de VV.AA. (Café Teatro)
1986 Touro de Abel Neves
1987 Victor ou as crianças no poder de Roger Vitrac TV[2]
1987 Farsa você mesmo de VV.AA. (Café Teatro)
1988 Olha a bolsa ó Zé de César Oliveira, Henrique Santana e Gonçalves Preto Paulo César Teatro ABC/Parque Mayer
1988 Enfim sós de Carlos Cruz, Mário Zambujal e José Duarte Carlos Cruz Teatro Maria Matos
(Empresa Ausenda Bastos/ Alberto Ramos)
1989 A morte de Danton de Buchner Carlos Avilez Teatro Experimental de Cascais - TEC
1989 Auto das Regateiras de Ribeiro Chiado
1990 Quero ser rei esta noite de Peter Schaffer Ziparte - Produções Teatrais (TEC)
1991 Desimaginação de António Pedro Guilherme Filipe Persona - Teatro de Comédia
1992 Agostinho da Silva alguns aspectos da sua obra literária Estrela Novais 7.ª Bienal de Vila Nova de Cerveira
1993 O Padre Pimentinha Camilo de Oliveira Teatro Villaret (Empresa Sidartes)
2002 Zen ou a arte da keka de Dario Fo, Franca Rame e Jacopo Fo
2003 O Padre Camilo Teatro "Os Vinhais" TV[2]
2004 Aqui Há Fantasmas (substituição de Maria Tavares)
2005 Marlene de Pam Gens
2007 ''Zen ou o Sexo em Paz de Dario Fo, Franca Rame e Jacopo Fo 100 Ilusões

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (pdf). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 9 de Janeiro de 2014.. Cópia arquivada (PDF) em 24 de Dezembro de 2013 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb bc bd Amélia Videira (em inglês) no Internet Movie Database. Consultado em 3 de outubro de 2017
  3. a b c d e f «Amélia Videira». Indica "Morte d'Homem (1985)", "A Borboleta na Gaiola (1988)". CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior). Consultado em 3 de outubro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]