Lista de fontes de Roma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fontana di Trevi, uma das mais conhecidas e visitadas fontes de Roma.

Os Romanos sempre tiveram uma grande paixão pelas águas públicas, como demonstram os aquedutos e as termas da Roma Antiga. Ainda hoje o número de fontes a Roma está acima da centena, entre fontes monumentais, fontes ornamentais e fontanários.

Fontes monumentais[editar | editar código-fonte]

Algumas destas fontes constituem o ponto terminal de um dos onze grandes aquedutos que outrora forneciam água a Roma. Na Antiguidade, os aquedutos terminavam num ninfeu, um pequeno templo dedicado a uma ninfa. No início da Idade Moderna foram sendo substituídas, sobretudo pelos papas, pomposas Montras, expressão do seu poder. Os exemplos mais notáveis são as fontes de Trevi e a Moisés, também referida como Fonte da Água Feliz.

  • A Fontana dell'Acqua Felice' (Fonte da Água Feliz) ou fonte do Museu, situada na Piazza San Bernardo, é o ponto terminal do aqueduto da Água Feliz, baptizada pelo papa Sisto V, Felice Peretti. Está representado um Moisés que faz escorrer água das rochas.
  • Acima do Gianicolo, em posição extraordinariamente panorâmica, encontra-se o Fontanone. Capricho do papa Paulo V no início do século XVII, como mostra terminal do aqueduto de Trajano, as colunas que o ornamentam provêm da antiga Basílica de São Pedro.
  • A Praça de São Pedro está decorada com duas grandes fontes onde caem jactos em duas grandes taças monolíticas de granito oriental, retirado de monumentos romanos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Lista de fontes de Roma