Antonio Cabrini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A Seleção Italiana na vitoriosa Copa do Mundo de 1982. Cabrini é o terceiro jogador agachado.

Antonio Cabrini (Cremona, 8 de outubro de 1957) é um ex-futebolista italiano.

Revelado pela Cremonese, de sua cidade natal, Cabrini celebrizou-se como lateral-esquerdo da equipe da Juventus na primeira metade da década de 1980. Ficou na Juve de 1976 a 1989, conquistando seis campeonatos italianos, duas Copas da Itália e, uma vez cada, os principais quatro diferentes títulos continentais da UEFA: a Copa da UEFA, a Recopa Europeia, a Supercopa Europeia e a Copa dos Campeões - o primeiro título do clube na competição. Venceu ainda o Mundial Interclubes de 1985.

O grande momento da Vecchia Signora fez com que Cabrini e outros cinco colegas bianconeri estivessem no time titular que atuou na final da vitoriosa Copa do Mundo de 1982: Dino Zoff, Gaetano Scirea, Claudio Gentile, Paolo Rossi e Marco Tardelli. Naquela decisão, poderia ter marcado: com o placar ainda em 0 x 0, acabou errando uma cobrança de pênalti. Foi a segunda Copa de Cabrini, que atuou também nas de 1978 e 1986, além da Eurocopa 1980.

Aposentou-se em 1991, após duas temporadas no Bologna. No início dos anos 2000, atuou em técnico de pequenas equipes italianas. Atualmente, é comentarista da Al Jazeera para o futebol italiano.