Bartolomeu dos Mártires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bartolomeu Fernandes)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beato Bartomeu dos Mártires, O.P.
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo-emérito de Braga
Arcebispo D. Frei Bartolomeu dos Mártires
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem dos Pregadores
Diocese Arquidiocese de Braga
Nomeação 29 de janeiro de 1559
Entrada solene 4 de outubro de 1559
Predecessor Dom Baltazar Limpo, O.Carm.
Sucessor Dom João (VIII) Afonso de Menezes
Mandato 1559 - 1582
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 29 de janeiro de 1559
Ordenação episcopal 3 de setembro de 1559
por Dom João Soares, O.S.A.
Nomeado arcebispo 29 de janeiro de 1559
Santificação
Beatificação 4 de novembro de 2001
Basílica de São Pedro
por Papa João Paulo II
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 18 de julho
Dados pessoais
Nascimento Verdela, Mártires, perto de Lisboa, Reino de Portugal
3 de maio de 1514
Morte Viana do Castelo, Província do Minho, Reino de Portugal
16 de julho de 1590 (76 anos)
Nome religioso Frei Bartolomeu dos Mártires
Nome nascimento Bartolomeu Fernandes
Nacionalidade português
Progenitores Mãe: Maria Correia
Pai: Domingos Fernandes
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

D. Frei Bartolomeu dos Mártires, O.P., também chamado de Bartolomeu de Braga (Lisboa, Mártires, Verdela, 3 de Maio de 1514 - Viana do Castelo, Convento de Santa Cruz, 16 de Julho de 1590), foi arcebispo de Braga. Entrou na Ordem Dominicana em 11 de Novembro de 1528. Eleito Arcebispo de Braga em 1558/1559. Dedicou-se ao ensino em Lisboa e Évora e foi preceptor de Dom António, Prior do Crato.

O Papa Francisco concedeu em 20 de Janeiro de 2016, em audiência à Congregação para a Causa dos Santos, a autorização necessária à dispensa do milagre formalmente demonstrado para a declaração de santidade do Beato Bartolomeu dos Mártires. Em breve, ele será canonizado.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu Bartolomeu Fernandes, filho de Domingos Fernandes e de sua mulher Maria Correia.

Frei Bartolomeu dos Mártires.

Teve participação notável no Concílio de Trento, tendo participado nas reuniões de 1562-1563, onde apresentou 268 petições. Defendeu a primazia bracarense em oposição ao Arcebispo de Toledo (ambos reivindicavam a primazia das Espanhas, a tal ponto que teve de ser aberta uma porta extra para que pudessem entrar ao mesmo tempo). Aplicou desde logo as decisões do Concílio, tendo sido o primeiro de todos os prelados a executá-las, logo no concílio que teve lugar em Braga em 1564. Preparou um catecismo para o povo intitulado Catecismo ou doutrina cristã e práticas espirituais.

Era muito popular e passava a maior parte do tempo em visita pastoral na sua arquidiocese. Preocupou-se muito com a formação do clero, tendo fundado um seminário, e com várias questões sociais. Durante a peste de 1570 e a crise económica de 1574 as suas obras de caridade foram exemplares. Durante a crise da sucessão de 1580 manteve a sua neutralidade esperando que a questão se resolvesse politicamente. Ratificou a sua decisão de resignação em 1582, por idade avançada. Faleceu em Viana do Castelo, no convento de Santa Cruz, e com tal fama de homem santo (Arcebispo Santo, pai dos pobres e dos enfermos) que os vianenses tiveram de proteger o seu cadáver dos bracarenses que o reivindicavam.

Beatificação e canonização[editar | editar código-fonte]

Foi declarado Venerável pelo Papa Gregório XVI em 23 de Março de 1845. O Papa João Paulo II procedeu à sua beatificação em 4 de Novembro de 2001. Desde 20 de Janeiro de 2016, está em fase final o processo de canonização.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bartolomeu dos Mártires

Vide também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Frei Baltasar Limpo
Brasão arquiepiscopal.
Arcebispo Primaz de Braga

1559 - 1581
Sucedido por
João Afonso de Menezes
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.