Cacá Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cacá Carvalho
Cacá Carvalho
Nome completo Carlos Augusto Carvalho Pereira
Nascimento 24 de abril de 1953 (70 anos)
Belém, PA
Atividade 1969 - presente

Carlos Augusto Carvalho Pereira, conhecido como Cacá Carvalho (Belém, 24 de abril de 1953), é um ator, artesão e diretor teatral brasileiro[1].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fez o papel de Jamanta (Ariovaldo da Silva) na telenovela Torre de Babel, em 1998, personagem que apareceu novamente em Belíssima, em 2005.

No teatro, participou de importantes monólogos baseados na obra do escritor italiano Luigi Pirandello, Prêmio Nobel de Literatura. Em 2015, atuou na peça "O Sucesso a Qualquer Preço".[2]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1993 Renascer Venâncio
1995 A Farsa da Boa Preguiça Fedegoso Enrique (Cão Caolho)
1998 Torre de Babel Ariovaldo da Silva (Jamanta)
1999 Você Decide Oswaldo
2000 A Muralha Frei Carmelo
2005 Belíssima Ariovaldo da Silva (Jamanta)
2007 O Cego e o Louco Nestor
Mandrake Severino Episódio: "Brasília"
A Pedra do Reino Juiz Corregedor
2017 171: Negócio de Família Codorna
2019-2022 Cine Holliúdy Padre Raimundo[3]
2021 Onde Está Meu Coração Josias
2022 O Rei da TV Manuel de Nóbrega
Independências Barão Episódio: "Uma história desumana"

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1985 Jogo Duro Empregado
1987 Exu-Piá, Coração de Macunaíma
1998 Lendas Amazônicas
1999 Outras Estórias irmão Dagobé
2001 Quero ser Anjo Pai Curta-metragem
2012 Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha Vítima

Teatro[4][editar | editar código-fonte]

Carvalho em cena durante o espetáculo O Sopro, de Luigi Pirandello (2023)

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Associações Categoria Nomeações Resultado
1978 Prêmio APCA[5] Melhor Ator Revelação em Peça de Teatro
Macunaíma
Venceu
Prêmio Mambembe[5] Melhor Ator Venceu
Prêmio Molière de Teatro[5] Melhor Ator Venceu
Prêmio Lei Sarney[5] Melhor Ator de Peça de Teatro Venceu
1982 Prêmio Mambembe[5] Melhor Ator
O Teatro Maluco
Venceu
1986 Prêmio Governador do Estado de São Paulo[6] Melhor Ator de Teatro
Meu Tio, o Iauaretê
Venceu
Prêmio Mambembe[5] Melhor Ator Venceu
Prêmio Molière de Teatro[5] Melhor Ator Venceu
1998 Prêmio Sharp de Teatro[7] Melhor Ator
Don Juan
Indicado
Melhores do Ano Melhor Ator Coadjuvante
Torre de Babel
Venceu
Prêmio TV Press[8] Melhor Ator Revelação Venceu
2000 Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro[9] Melhor Ator Coadjuvante
Outras Estórias
Indicado
2004 Prêmio Shell[10] Melhor Ator
A Poltrona Escura
Venceu

Referências

  1. «Dados biográficos de Cacá Carvalho». www.museudatv.com.br. Consultado em 18 de janeiro de 2023 
  2. Por onde andam? Saiba como estão os famosos do passado Portal BOL - acessado em 19 de junho de 2015
  3. Gilvan Marques (30 de maio de 2018). «Jamanta não morreu! Cacá Carvalho volta à TV após 11 anos em série e novela». UOL. Consultado em 30 de maio de 2018 
  4. «Espetáculos de Cacá Carvalho». enciclopedia.itaucultural.org.br. Consultado em 18 de janeiro de 2023 
  5. a b c d e f g PRODEST; SECULT. «Cacá Carvalho apresenta monólogo e bate papo com artistas em Vitória». SECULT. Consultado em 16 de junho de 2023 
  6. Meu Tio, o Iauaretê Itaú Cultural
  7. «Folha de S.Paulo - Prêmio Sharp divulga lista com o nome dos 30 indicados - 08/04/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 16 de junho de 2023 
  8. «TV Press :: TV - Premiações Artísticas». tv-premiacoes-artisticas.webnode.page. Consultado em 16 de junho de 2023 
  9. «5° Prêmio Guarani :: Premiados de 1999». Consultado em 9 de julho de 2021 
  10. «Cacá Carvalho recebe carinho de famosos em espetáculo». OFuxico. 4 de março de 2006. Consultado em 16 de junho de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.