Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chapter 27
Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon[1][2] (PRT)
Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon[3] (BRA)
 Canadá
 Estados Unidos

2007 •  cor •  84 min 
Direção J. P. Schaefer
Produção Naomi Despres
Alexandra Milchan
Robert Salerno
Roteiro J. P. Schaefer
Elenco Jared Leto
Lindsay Lohan
Género drama biográfico
Música Anthony Marinelli
Cinematografia Tom Richmond
Edição Andrew Hafitz
Jim Makiej
Distribuição Peace Arch Entertainment
Lançamento Estados Unidos 15 de dezembro de 2007
Idioma língua inglesa
Receita US$ 187,488[4]
Site oficial

Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon (em inglês: Chapter 27 ) é um filme canadense independente de 2007 do gênero drama, escrito e dirigido por J. P. Schaefer. Conta os três dias que Mark David Chapman esperou por John Lennon, até assassiná-lo com tiros de revólver em frente ao Edifício Dakota em Nova Iorque, residência do cantor. O filme foi lançado em Janeiro de 2007 no Festival de Sundance e em fevereiro, no Festival de Berlim. Jared Leto engordou bastante para fazer o papel de Mark Chapman. Já Lindsay Lohan concordou em participar dada a sua amizade com Sean Lennon, embora este não tenha gostado da ideia.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Jared Leto Mark David Chapman
Lindsay Lohan Jude
Judah Friedlander Paul
Matthew Humphreys Frederic Seaman
Mark Lindsay Chapman John Lennon

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme começa com Mark Chapman chegando de táxi a um hotel de baixa categoria em Nova Iorque, em dezembro de 1980. Logo a seguir ele vai para a frente do Edifício Dakota, a residência de John Lennon. No primeiro dia ele conversa com duas fãs que assim como ele estão esperando pelo cantor. Ele lhes diz que é também um admirador dos Beatles e que veio do Havaí. Uma das moças, Jude, parece simpatizar com Chapman e lhe dá a ideia de comprar o disco novo de Lennon, para que o cantor possa autografá-lo. Chapman compra o disco, mas na volta não consegue encontrar-se com o artista. Ele volta ao hotel, mas não suporta o barulho dos outros hóspedes. Assim, se muda para um mais caro.

No outro dia ele reencontra com Jude e sua amiga. Jude o convida para um cinema. Chapman retruca dizendo que não gosta dos filmes por serem todos falsos. No terceiro dia Jude apresenta Paul, seu amigo fotógrafo. Chapman acaba por discutir com Paul e assusta Jude, que vai embora. Então ele fica à espera até a noite, quando finalmente avista John Lennon.

Referências do título[editar | editar código-fonte]

O título refere-se ao livro The Catcher in the Rye, encontrado com o assassino Mark Chapman, que foi preso logo após o crime. O livro contém 26 capítulos e o 27º capítulo seria a continuação da história.

Há também uma possível referência à obra de Robert Rosen, Nowhere Man: The Final Days of John Lennon, na qual o autor faz um estudo numerológico que resulta em 27, o triplo de 9, um número muito importante para John Lennon. O cantor era obcecado por numerologia, em especial o número 9 e todos os seus múltiplos.

Lennon nasceu em 9 de outubro de 1940 e seu filho Sean Lennon nasceu em 9 de outubro de 1975. Lennon escreveu algumas canções como Revolution 9, Number 9 Dream e One After 909. Lennon ainda recebeu o seu green card, depois de um longo processo legal, em 27 de julho de 1976. O assassinato de Lennon aconteceu por volta de 23 horas, no dia 8 de dezembro de 1980, sendo que na Inglaterra, seu país natal, já era 9 de dezembro pelo fuso horário.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Quando "Capítulo 27" estreou no Sundance Film Festival, foi debatido ferozmente pelos críticos. A MTV escreveu que "as reações do público deixaram bem claro que algumas pessoas adorariam e outras não."[6] No Rotten Tomatoes, o filme tem uma taxa de aprovação de 18% com base em 49 avaliações, com uma classificação média de 3,9/10. O consenso crítico do site diz: "Apesar do bom desempenho de Jared Leto, o filme falha em contar a história de Mark David Chapman."[7] No Metacritic o filme tem uma média de 32 pontos de 100, com base em 19 críticos, indicando "avaliações desfavoráveis".[8]

O The Hollywood Reporter escreveu: "Capítulo 27 é uma tentativa inteligente de destilar a psicologia distorcida e a motivação de Chapman, que todos nós superficialmente coletamos através de reportagens da mídia". Ele elogiou a atuação de Leto, dizendo que "Jared Leto ficou igual ao Chapman, inchado e perturbado. É uma performance brilhantemente medida, evidenciando a história de um louco através de sua própria rima e razão horrendas".[9]

Impacto Cultural[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2006, um grupo de fãs dos Beatles fez uma petição on-line, chamada "Boycottchapter27.org", para "pressionar os cinemas a não exibir o filme, para impedir a glorificação de um assassino". A viúva de Lennon, Yoko Ono, comentou: "Essa é outra coisa que me magoará, tenho certeza. Prefiro não assistir uma história do Sr. Chapman, apesar de simpatizar com os atores. É um filme, eles precisam trabalhar."[10]

Sean Lennon, filho do cantor, chamou a produção do filme e o envolvimento de sua amiga pessoal Lindsay Lohan de "Brega". Sean também afirmou que Lohan entendia seus sentimentos e, apesar disso, eles continuariam amigos e ele não queria ferir seus sentimentos.[11] O filme recebeu elogios substanciais de críticos que elogiaram a representação do estado mental de Mark David Chapman nos dias que antecederam o assassinato do cantor.[12]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Premiação Categoria Nominado Resultado
First Half of the Year Awards[13] Best Actor in a Leading Role Jared Leto Indicado
Best Original Score Anthony Marinelli Indicado
Zurich Film Festival[14] Best Performance Jared Leto Venceu
Debut Feature Prize Jarrett Schaefer Venceu
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon no SapoMag (Portugal)
  2. Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon (em português) no CineCartaz (Portugal)
  3. Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  4. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=chapter27.htm
  5. http://www.clevelandleader.com/node/1179 Sean Lennon não está contente com o novo filme de Lindsay Lohan
  6. «Poster Exclusive: Jared Leto's 'Chapter 27'». 11 de janeiro de 2012. Consultado em 5 de outubro de 2018 
  7. Chapter 27 (em inglês), consultado em 5 de outubro de 2018 
  8. Chapter 27, consultado em 5 de outubro de 2018 
  9. «Chapter 27, Hollywood Reporter» (PDF) 
  10. «Yoko Ono says...». E! Online 
  11. «Sean Lennon Not Happy With Lindsay Lohan's New Film | Cleveland Leader». archive.is. 23 de julho de 2012 
  12. «Jarrett Schaefer film from Grapevine High School, Grapevine, Texas». 25 de abril de 2012. Consultado em 5 de outubro de 2018 
  13. «Awards Daily's 7th Annual First Half of the Year Finalists». Awards Daily (em inglês) 
  14. «abc-films.com». 6 de abril de 2016. Consultado em 5 de outubro de 2018