Centro Sportivo Paraibano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
CSP
Escudo do CSP
Nome Centro Sportivo Paraibano
Alcunhas Tigre Praieiro, Tigre alviceleste
Mascote Tigre
Principal rival Botafogo-PB, Auto Esporte
Fundação 8 de abril de 1996 (25 anos)
Estádio Almeidão
Capacidade 20.000 Pessoas
Localização João Pessoa, PB
Presidente Josivaldo Santos
Treinador Josivaldo Alves
Patrocinador Governo da Paraíba
Energisa
Material (d)esportivo Icone Sports
Competição Paraibano - Série B
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Centro Sportivo Paraibano (conhecido simplesmente por CSP) é uma agremiação esportiva de João Pessoa, capital do estado da Paraíba[1].

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Fundado em 8 de abril de 1996, pelo desportista Severino Ferreira, professor universitário, ex-árbitro de futebol, ex-goleiro, inicialmente, com a proposta de fazer um trabalho de extensão[2] como professor da Universidade Federal da Paraíba, dando aula de futebol para garotos no bairro dos Funcionários II, em João Pessoa na Paraíba, mas surgiram muitos meninos de outras cidades paraibanas e até de outros estados.

O nome "CSP"[editar | editar código-fonte]

O nome veio de uma paixão que o até então presidente da equipe na época, o professor Ferreira, tinha por clubes que apresentavam identificação com sua região, tais como CSA (Centro Sportivo Alagoano), CRB (Clube de Regatas Brasil), CSC (Centro Sportivo Capelense), dentre outros. Professor Ferreira acreditava que faltava uma equipe com identificação local. Assim, ficou decidido que ali nascia o Centro Sportivo Paraibano, CSP[3].

Profissionalismo (2003)[editar | editar código-fonte]

O clube fez uma parceria com o empresário Josivaldo Alves, que definitivamente profissionalizou-o. O CSP tentou participar do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão de 2003. Porém como outras equipes não foram inscritas, a competição foi cancelada.

Paraibano 2ª Divisão (2007-2010)[editar | editar código-fonte]

O CSP só voltaria a jogar a segunda divisão em 2007, e jogou até 2009, sem êxito, ficando conhecida como o “amarelão”,  por sempre perder pontos em fases decisivas. Em 2010, porém o tigre conseguiu o primeiro título da sua história, ao vencer o Campeonato Paraibano da Segunda Divisão, e garantindo a vaga na elite do futebol paraibano em 2011 e ainda para a Copa Paraíba de 2010, competição esta que o tricolor do litoral paraibano disputou sua decisão com o Botafogo-PB, perdendo o título no último minuto dos acréscimos do segundo tempo, numa jogada até hoje discutida.

Paraibano 1ª Divisão (2011-2020)[editar | editar código-fonte]

No seu primeiro ano na primeira divisão do Campeonato Paraibano, a equipe superou todas as expectativas iniciais, até mesmo do seu mais fanático torcedor, passando de um mero caçula no campeonato, a uma das equipes favoritas a conquista dele. Com 11 vitórias em 18 jogos, o CSP ficou atrás apenas do Treze na classificação do primeiro turno, se classificando juntamente com o próprio Treze, o Campinense e o Botafogo-PB para a segunda fase. Como o Treze foi o campeão das duas fases, o CSP garantiu o vice-campeonato do Campeonato Paraibano de Futebol de 2011[4].

Em 2013, 2014 e em 2016 o CSP chegou as semifinais do Paraibano, sendo eliminado pelo Botafogo-PB (2013 e 2014) e pelo Campinense (2016), ficando em terceiro lugar em 2014.

Em 2019 ficou na última colocação do Grupo B do Paraibano, mas não foi rebaixado graças a punição sofrida pelo Esporte de Patos[5], que foi rebaixado em seu lugar.

Em 2020, após um campanha ruim, com apenas 3 vitórias em 10 jogos, o CSP foi rebaixado[6] e disputará a segunda divisão do Campeonato Paraibano em 2021.

Copa Paraíba 2012[editar | editar código-fonte]

Em 2012 o clube ganhou a Copa Paraíba de Futebol de 2012 ao vencer o Botafogo-PB na grande final, o que garantiria assim a sua participação na Copa do Brasil de Futebol de 2013. No entanto, o pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva acatou um mandado de garantia[7] impetrado pelo Sousa e cancelou o jogo que o CSP faria contra o Coritiba, pois de acordo com o regulamento específico da Copa do Brasil, as seletivas estaduais só são válidas quando têm a participação de um número mínimo de quatro clubes.

Títulos[editar | editar código-fonte]


Estaduais
Competição Títulos Temporadas
PBtrophy.png Campeonato Paraibano - Segunda Divisão 1 2010
PBtrophy.png Copa Paraíba 1 2012

Outros títulos[editar | editar código-fonte]

Cores e Símbolos[editar | editar código-fonte]

Escudo[editar | editar código-fonte]

O CSP é tricolor e adota as cores azul, branco e preto, e seu escudo é composto por um tigre, mascote do clube, mordendo uma bola.

Hino[editar | editar código-fonte]

CSP, CSP, o time do meu coração, CSP, CSP, representas a grande nação.

Nasceu para fazer história, a equipe do tigrão, revelando os seus talentos, dessa nova geração,

vão surgir vários craques, nos enchendo de emoção, e pelo mundo semeia nosso sublime torrão.

CSP, CSP, o time do meu coração, CSP, CSP, é o grande campeão.

Desde 1996, a tua glória, sua torcida se fez. Com muito amor e muita dedicação, onde o sol nasce primeiro, és o grande campeão.

É força, é raça, é garra. O tricolor do nosso litoral, com tua cores não tem igual, o imortal, a tradição, CSP a nova revelação.

CSP, CSP, o time do meu coração. CSP, CSP, é o grande campeão.

CSP, CSP, o time do meu coração, CSP, CSP, representas a grande nação.

CSP.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Maiores Goleadas[editar | editar código-fonte]

  1. Sport Campina 0x9 CSP - Paraibano 1ª divisão 2014 - Gols: Carioca (2/1ºT), Renato (13/1ºT), Leandro (14/1ºT), Leandro (18/1ºT), Leandro (21/1ºT); Jônatas (8/2ºT), Leandro (11/2ºT), Carioca (36/2ºT), Carioca (39/2ºT).[8]
  2. CSP 7x0 Sport Lagoa Seca - Paraibano 1ª divisão 2020 - Gols: Vitor (4/1ºT), Darlan (17/1ºT), Natalício (32/1ºT), Fabio (38/1ºT), Emerson (25/2ºT), Bruno (32/2ºT), Matheus (42/2ºT).[9]
  3. CSP 8x2 Cruzeiro - Paraibano 1ª divisão 2013 – Gols: Suelinton (1/1ºT), Moisés (30/1ºT), Felipe Pocinhos (Contra 39/1ºT), Suelinton (4/2ºT), Robertinho (10/2ºT), Claudinho (30/2ºT), Claudinho (38/2ºT) e Peu (40/2ºT).[10]
  4. CSP 7x1 Auto Esporte - Paraibano 1ª divisão 2013 – Gols: Soares (8/1ºT), Jonatas (12/1ºT), Moisés (26/1ºT); Rafael Paraíba (11/2ºT), Tazinho (20/2ºT), Robertinho (3/2ºT) e Claudinho (42/2ºT).[11]

Participações estaduais         [editar | editar código-fonte]

Campeonatos Estaduais Participações
Campeonato Paraibano de Futebol - Primeira Divisão 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020.[12]
Campeonato Paraibano de Futebol - Segunda Divisão 2007[13], 2008[14], 2009[15] e 2010[16].  

Últimas Dez Temporadas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeonato Paraibano
Div. Pos. Pts J V E D GP GC
2010 1º 14 8 4 2 2 15 8
2011 40 20 12 4 4 41 25
2012 7º 26 18 7 5 6 25 28
2013 3º 45 30 13 6 11 52 40
2014 5º 43 30 12 7 11 54 45
2015 5º 25 18 7 4 7 21 21
2016 4º 18 14 4 6 4 14 11
2017 8º 18 18 5 3 10 13 23
2018 6º 13 12 3 4 5 11 14
2019 8º 8 10 2 2 6 10 16
2020 10 10 3 1 6 14 13

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Lista de Técnicos do CSP
Treinador Ano
Ramiro Souza (2010-2014)
Josivaldo Alves (2014) (2017) (2019 - )
Tazinho (2015-2016)
Léo Oliveira (2018)

Futebol de base[editar | editar código-fonte]

A base do CSP é bastante conhecida e elogiada na Paraíba, onde já revelou jogadores como: Tiquinho Soares, Rafael Thyere, atualmente defendendo o Sport Club do Recife, Bruno Paraíba, Hélio Paraíba e o atacante Bobô que já jogou por Cruzeiro e Grêmio.

A base do Tigre já conquistou vários títulos como o Campeonato Paraibano Sub-15 de 2010, 2011 e 2012, o Campeonato Paraibano Sub-17 de 2010 e o Campeonato Paraibano - Sub-19: 2015 e 2018. Em 2020, participou da Copa do Nordeste sub-20, chegando até as semifinais onde foi eliminado nos pênaltis pelo Esporte Clube Vitoria da Bahia.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
Brasil João Vitor
Brasil Alef
Brasil Lucas Cahú
Brasil Luís Ricardo
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Júlio César Z
Brasil Leu Capitão Z
Brasil Djalma Z
Brasil Lucas Rafael LD
Brasil Wagner LD
Brasil Tiago Bastos LE
Brasil Wanderson LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Gualberto V
Brasil Jeanderson V
Brasil China V
Brasil Rogério V
Brasil Omar V
Brasil Vinícius Tárcio M
Brasil Lucas Di Pádua M
Brasil Júnior M
Atacantes
Jogador
Brasil João Oliveira
Brasil Pedro Pedrosa
Brasil Rui
Brasil Welton
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil José Roberto Paz T
Brasil Jurandir Souto AS
Brasil Josemar Calado PF
Brasil Roberto Kimura TG
Brasil Jucimar Panchev MA

Referências

  1. «CSP comemora 24 anos de fundação nesta quarta-feira» 
  2. «CSP completa 20 anos de fundação | SóEsporte» 
  3. Uchôa, Crístian (8 de abril de 2011). «CSP completa aniversário e quer a liderança de presente» 
  4. Pessoa, Por GLOBOESPORTE COM João. «Retrospectiva PB: CSP conquista o vice estadual logo no 1º ano na elite» 
  5. «STJD pune Esporte de Patos por escalação irregular e rebaixa o clube para a 2ª divisão do estadual» 
  6. «Treze e Botafogo-PB se juntam a Campinense e Sousa nas semis, e CSP é rebaixado com o Sport-PB». ge.globo. Consultado em 29 de julho de 2020 
  7. «Após protesto de rival, STJD suspende jogo do CSP contra o Coritiba na Copa do Brasil» 
  8. Gr, Por GloboEsporte comCampina; e. «CSP massacra o lanterna Sport-PB e faz os dois artilheiros do Paraibano» 
  9. «CSP 7 x 0 Sport-PB - Campeonato Paraibano rodada 9 - Tempo Real - Globo Esporte». globoesporte.com. Consultado em 11 de março de 2021 
  10. «Atlético e Botafogo empatam no Perpetão; CSP aplica goleada no Cruzeiro 8X2 de Itaporanga». 18 de janeiro de 2013 
  11. Pessoa, Por Larissa Keren João. «CSP goleia o Auto Esporte por 7 a 1 e joga o Alvirrubro para a lanterna» 
  12. «Participações dos clubes no Campeonato Paraibano de Futebol». Wikipédia, a enciclopédia livre. 30 de março de 2020 
  13. «Campeonato Paraibano de Futebol de 2007 - Segunda Divisão». Wikipédia, a enciclopédia livre. 5 de fevereiro de 2020 
  14. «Campeonato Paraibano de Futebol de 2008 - Segunda Divisão». Wikipédia, a enciclopédia livre. 5 de fevereiro de 2020 
  15. «BOLA N@ ÁREA - Campeonato Paraibano - Segunda Divisão 2009» 
  16. «BOLA N@ ÁREA - Campeonato Paraibano - Segunda Divisão 2010»