Cher Lloyd

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cher Lloyd
Lloyd em 2013.
Informação geral
Nome completo Cher Lloyd
Também conhecido(a) como Brat, Cher Bear, Trouble, Pink Cupcake, Pocahontas Lloyd
Nascimento 28 de julho de 1993 (25 anos)
Origem Malvern, Worcestershire, Inglaterra[1]
País  Reino Unido
Gênero(s) Pop, hip hop, dance, R&B
Ocupação(ões) Cantora, compositora
Progenitores Mãe: Dinah Smith
Pai: Darren Lloyd
Cônjuge Craig Monk (c. 2013)
Filho(s) Delilah-Rae Monk
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Meio-soprano
Período em atividade 2010–presente
Gravadora(s) Epic Records (2012–14)

Universal Music (2014–presente)

Afiliação(ões) Cher, Mike Posner, Carolina Liar, Becky G, RedOne, Snoop Dogg, Busta Rhymes, Demi Lovato, Ne-Yo T.I.
Influência(s) Cher, Jessie J, Rihanna, Nicki Minaj, Beyoncé Knowles, Lady Gaga
Página oficial cherlloyd.com

Cher Lloyd (Malvern, 28 de julho de 1993)[1] é uma cantora, compositora e modelo britânica. Lloyd chegou à fama quando participou do reality-show The X Factor. Logo depois, Lloyd assinou contrato com a Syco Music. Lançado em 4 de novembro de 2011, seu álbum de estreia Sticks + Stones alcançou a quarta posição no Reino Unido, sete na Irlanda e nona nos Estados Unidos.

Seu single de estréia "Swagger Jagger", foi lançado em 29 de julho de 2011. O single alcançou primeira posição na UK Singles Chart e número dois na Irish Singles Chart. Seu segundo single "With Ur Love", com a participação de Mike Posner foi lançado em 31 de outubro de 2011 e chegou ao número quatro na UK Singles Chart, e número cinco, na Irish Singles Chart. O terceiro single do disco, "Want U Back", foi lançado em 22 de Maio de 2012 alcançando a décima segunda posição na Billboard Hot 100. "Oath" foi lançado como quarto single do disco em 2 de outubro de 2012, em parceria com a cantora e rapper Becky G.

Lloyd anunciou que já estava em planos de lançar um novo álbum em 2013, lançando "I Wish", mas o álbum foi transferido para 2014. No dia 23 de Maio, foi lançado o tão aguardado "Sorry I'm Late" pela Epic Records.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cher Lloyd foi criada em Malvern, com seus pais Darren Lloyd e Dina Smith e seus três irmãos mais novos Josh, Sophie e Rosie. Ela tem ascendência romena e cigana.[2][3] Durante a adolescência, Cher estudou artes cênicas e teatro.

Quando era pequena, chegou a viver em uma casa de ciganos antes de seus pais conseguirem uma moradia fixa. Ela chegou a sofrer humilhações na escola por vir de uma família cigana e humilde. Atualmente Cher vive na Califórnia, mas também possui um apartamento em Londres. Em Maio de 2012 Cher Lloyd conheceu Craig Monk, com quem ela casou-se no dia 18 de novembro de 2013, em uma cerimônia pequena. Sua irmã afirmou dias depois que Cher decidira adiar o casamento pois seu pai estava doente e com risco de morte, e ela realmente queria que ele participasse da cerimônia.[4]

Até hoje, Lloyd tentar manter o máximo possível sua vida pessoal longe das câmeras. Não se sabe muito de sua infância e adolescência, porém ela já revelou que quando era adolescente, preferia ficar em casa e ver clipes no Youtube de rap, para aprender a escrever suas próprias músicas, do que sair com os amigos.

Carreira[editar | editar código-fonte]

2010: The X Factor[editar | editar código-fonte]

Lloyd fez sucesso ao participar do reality inglês The X Factor, durante o período em que ela participou do programa, ela foi orientada por Cheryl Cole, Lloyd terminou o reality em quarto lugar, logo atrás de One Direction (terceiro lugar), Rebecca Ferguson (segundo lugar) e Matt Cardle (primeiro lugar). Em sua primeira performance no programa, ela cantou uma versão modificada do hit Turn My Swag on.

No segundo show ao vivo ela cantou "Hard Knock Life (Hino Ghetto)". No terceiro, ela cantou um mashup de "No Diggity" e "Shout", e no quarto show ao vivo, ela cantou "Stay". Esta foi a primeira vez que Lloyd não fez um rap em seu desempenho, e Simon Cowell até chamou-o de "o desempenho da temporada." Na quinta semana, Lloyd cantou "Empire State of Mind", mas os juízes afirmaram que, depois desta semana estavam decepcionados, Cowell disse que era como um falso.

No entanto, os juízes concordaram que ela se redimiu com sua interpretação de "Sorry Seems to Be The Hardest Word" misturado com "Mockingbird", de Elton John e Eminem, respectivamente, na semana passada. Na sétima semana, Lloyd estava no Bottom 2 pela primeira vez depois de escolher a sua interpretação de "Imagine", mas Cowell, Cole e Walsh a salvou no confronto final, resultando na eliminação de Paije Richardson. Na semana seguinte Lloyd cantou "Girlfriend", seguido por "Walk This Way". Ambas as performances foram creditados pelos juízes e foi salvo pelo voto do público na noite seguinte, garantindo sua posição na semifinal. Na semi-final, Lloyd cantou "Nothin' on You" e "Love the Way You Lie" e estava no Bottom 2 com Mary Byrne.

Ela foi salva pelos juízes novamente e passou para a final, embora as estatísticas de voto depois do show revelou que Lloyd teve o menor número de votos. No final, foi realizado um mash-up de "The Clapping Song" e "Get Ur Freak On", seguido de um dueto com Will.i.am, que fez um mashup de "Where Is the Love?" e "I Gotta Feeling". Lloyd foi eliminada na final, em 4º lugar, tendo recebido o menor número de votos do público. Depois do fim da temporada de X-Factor, ela assinou um contrato de gravação com Syco Music.

2011–2012: Sticks + Stones[editar | editar código-fonte]

Os compositores e produtores de Outono Rowe e RedOne trabalharam em seu álbum de estréia, com lançado em novembro de 2011. O primeiro single, "Swagger Jagger" recebeu o seu primeiro airplay em 20 de junho de 2011, depois de ter sido vazado na internet em 15 de junho de 2011. No entanto, esta versão foi mais tarde confirmado como o demo da faixa que foi lançada por Cher. O single foi lançado em 31 de julho de 2011 e alcançou o número um na parada de singles no Reino Unido em 7 de agosto de 2011. Em 28 de julho de 2011, Lloyd visualizou cinco músicas de seu próximo álbum durante uma sessão Ustream.

Lloyd confirmou no Twitter que "With Ur Love" seria lançado como seu segundo single. O single foi lançado em 30 de outubro de 2011. O single recebeu sua primeira transmissão de rádio em 21 de setembro de 2011. O vídeo da música estreou em 1 de outubro de 2011. O single vendeu 74,030 cópias em sua primeira semana alcançando o número quatro e tornando-se o single mais vendido, até "Only Girl (In the World)" por Rihanna vencê-lo, porque ele vendeu 74,248 cópias em outubro de 2010. Lloyd confirmou o título do álbum Sticks + Stones em seu Twitter. O álbum foi lançado em 7 de novembro de 2011. O álbum chegou a número quatro e vendeu 198,199 cópias no Reino Unido a partir de janeiro de 2012. Em 21 de novembro de 2011, Cher anunciou sua estréia em uma turnê pelo Reino Unido chamado "Sticks and Stones Tour" marcada para Março, Abril e Maio de 2012. Em dezembro de 2011, duas datas foram adicionados mais devido à alta demanda por ingressos.

Sticks + Stones foi lançado em 2012 pela Epic Records nos Estados Unidos em 13 de dezembro. Em novembro de 2011, Lloyd assinou um contrato com a gravadora LA Reid e a Epic Records, nos Estados Unidos. "Want U Back" foi confirmado como o terceiro single do álbum. A única versão possui vocais do rapper americano Astro e será lançado em 19 de fevereiro de 2012. Após o lançamento do vídeo da música, em 6 de janeiro de 2012, o single chegou ao número 26 a parada de singles no Reino Unido, devido aos downloads digitais do álbum. Assinado com LA Reid para lançar sua carreira nos Estados Unidos, o primeiro single no país foi "Want U Back", que foi lançado em abril, com um novo vídeo e o segundo foi "Oath". Atualmente, Sticks + Stones, possui três versões, uma inglesa, americana e uma japonesa.

2013–2015: Sorry I'm Late e participações[editar | editar código-fonte]

Lloyd em Denver no ano de 2013.

Em janeiro de 2013, Lloyd anunciou que ela seria estrela convidada em Big Time Rush. Em fevereiro de 2013, Lloyd confirmou que estava trabalhando em seu segundo álbum de estúdio. Em março de 2013, a cantora e compositora Demi Lovato anunciou seu quarto álbum, Demi, que inclui uma faixa, "Really Don't Care" em parceria com Cher. Lovato anunciou a música como seu quarto single, e o lyric da canção foi lançado no Youtube dia catorze de Maio de 2014. O vídeo oficial foi lançado dia vinte e seis de Junho.

Em abril de 2013, Lloyd anunciou que ela e Ne-Yo colaborariam em uma música nova para a Fruttare, renomeada "It's All Good".[5] A música não chegou a ter muita divulgação e por muito tempo correu boatos sobre a gravação do vídeo. Alguns gifs chegaram a cair na internet contendo cenas do clipe, porém somente depois de uma apresentação da música nos EUA, o suposto clipe foi lançado. Cher, Ne-Yo ou Fruttare nunca chegaram a comentar mais sobre isso. Em agosto de 2013 participou do Mundo Show Festival, patrocinado pela rádio Disney, no Brasil. Ela fez três shows no país, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Lloyd também confirmou em 2013 o primeiro single de seu segundo álbum, I Wish com a participação do rapper T.I. O clipe da música foi lançado no dia vinte e quatro de Setembro de 2013.

No dia dezenove de Agosto de 2013, Cher foi surpreendida com um convite da cantora Taylor Swift para apresentar-se em sua turnê mundial, Red Tour. Isso ocorreu no Staples Center, em LA. Cher e Taylor cantaram juntas a música Want U Back. Em 2014, antes da turnê de Lovato, Lloyd realizou a turnê "I Wish Tour", tendo Fifth Harmony como banda de abertura. Foi um total de onze shows, todos nos EUA, no mês de Setembro. No fim do ano, exatamente no dia 18 de Novembro, Cher casou-se com Craig Monk, seu noivo há pouco mais de um ano.No começo de 2014, Demi Lovato confirmou a turnê "The Neon Lights Tour", que contou com Cher além de Fifth Harmony e Little Mix nos shows de abertura. A turnê teve início dia nove de Fevereiro e encerrou-se dia um de Junho. A setlist de Cher contava com as músicas: Swagger Jagger, Dirty Love, Sirens, Oath, I Wish, With Ur Love, Want U Back e Really Don't Care. No dia catorze de Março Cher lançou o segundo single de seu álbum, renomeada "Sirens". No dia vinte e nove de abril, depois de fazer contagem regressiva nas redes sociais Facebook e Instagram, o vídeo oficial de Sirens foi lançado, recebendo bastante críticas positivas.

Dias antes, no dia 27, o álbum Sorry I'm Late foi lançado. Entretanto, foi um grande fracasso, mesmo com as boas críticas recebidas. Na primeira semana foram vendidos somente 17,000 unidades. Até Dezembro de 2014, o álbum vendeu 41,000 unidades nos EUA. Cher também já havia anunciado um documentário dividido em quatro partes, renomeado "Pieces Of Cher", que mostra desde o desenvolvimento do álbum, a turnê "Sorry I'm Late", além de entrevistas e apresentações da divulgação do álbum. Todas as partes podem ser encontradas na conta oficial de Cher no Youtube. A primeira parte foi lançada dia 4 de Abril, e a última dia 25 de Junho. Lloyd passou por problemas com a gravadora Epic em 2014, que removeu o nome da cantora de seu site. Tempos depois, o site da cantora substituiu o nome da gravadora Epic pelo da Universal Music Group.

2016–presente: Terceiro álbum de estúdio e nova gravadora[editar | editar código-fonte]

Com um novo contrato, Cher iniciou 2015 com as gravações do terceiro CD, sem, até então, revelar grandes informações sobre o mesmo. A cantora revelou que voltaria em breve ao mundo da música com seu terceiro disco, em 8 de março de 2016, lançando um vídeo o qual demonstra cenas da mesma gravando em um estúdio.[6]Cher lançou sua mais nova música no dia 19 de outubro de 2018, intitulada None of My Business (pt: Não é Da Minha Conta) onde alcançou a posição 35 no UK Singles Chart. O vídeo musical foi lançado no mesmo dia, conseguindo mais de um milhão de visualizações em sua primeira semana. Dia 25 de maio de 2018, Lloyd deu à luz a sua primeira filha, Delilah-Rae Monk.[7]


Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel Notas
2010 The X Factor Contestante Ficou em 4º lugar.
2011 The X Factor Artista convidada Versão britânica.
2012 Make Your Mark: Shake It Up Dance Off Ela mesma/jurada Disney Channel
2012 The X Factor US Ela mesma Versão norte-americana
2013 Big Time Rush Ela mesma "Big Time Scandal"
2016 Celebrity Juice 2016 Halloween Special

Discografia[editar | editar código-fonte]

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • 2011 - The X Factor Live Tour
  • 2012 - Sticks and Stones Tour
  • 2013 - With Ur Love Radio Tour
  • 2013 - I Wish Tour
  • 2014 - Sorry I'm Late Tour

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Cerimonia Categoria Trabalho Resultado
2011 UK Music Video Awards[8] The People's Choice Award "Swagger Jagger" Indicado
2013 Radio Disney Music Awards[9] She's The One – Best Female Artist Cher Lloyd
Funniest Celebrity Take How To Audition – Cher Lloyd
Hit The Road – Best Break Up Song "Want U Back"
The Bestest – Song Of The Year
MTV Europe Music Awards[10] Artist on the Rise Cher Lloyd
2014 Teen Choice Awards[11] Breakup Song "Really Don't Care"
(Demi Lovato featuring Cher Lloyd)
Choice Summer Song Venceu
Young Hollywood Awards[12] Song of the summer/ Dj replay Indicado
MTV Video Music Awards[13] Best Lyric Video
2015 Radio Disney Music Awards[14] Hit The Road – Best Breakup Song
Musical Mashup – Best Collaboration Venceu

Referências

  1. a b «Births England and Wales 1984-2006» 
  2. «"X Factor hopeful Cher Lloyd wants to record Romany gypsy song"» (em inglês). 6 de outubro de 2010. Small World News Service  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Holmwood, Leigh; Blackburn, Jen; Connolly, Lucy (The Sun). «"Cheryl death threats"». 6 de outubro de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Boshoff, Alison (Daily Mail). «"Cheryl Cole and the relentless rise of her X Factor mini-me Cher Lloyd"» (em inglês). 5 de outubro de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «Cher Lloyd». Consultado em 25 de maio de 2013 
  6. Hiramine, Brie (8 de março de 2016). «Cher Lloyd Teases Third Album "CL3"». J-14. Consultado em 12 de março de 2016 
  7. «Cher Lloyd dá à luz sua primeira filha». E! Online 
  8. «Adele, Jessie J, Cher Lloyd Nominated For UK Music Video Awards 2011». GIGWISE. Consultado em 30 de abril de 2015 
  9. Ng, Philiana (15 de março de 2013). «Taylor Swift, Justin Bieber and One Direction Among Radio Disney Music Award Nominees». The Hollywood Reporter 
  10. «Lorde, Ariana Grande, Cher Lloyd Among Nominees for MTV EMA's First Socially Driven Award». THE WRAP. Consultado em 30 de abril de 2015 
  11. «2014 Teen Choice Awards». Teenchoiceawards.com. Consultado em 30 de abril de 2015. Arquivado do original em 12 de agosto de 2014 
  12. «Nominees and Winners». Young Hollywood Awards. Consultado em 30 de abril de 2015 
  13. «Best Lyric Video 2014 MTV Video Music Awards – VMAs». MTV. Consultado em 30 de abril de 2015 
  14. «2015 RDMA Voting Is Live! Check Out the "Fancy" Category». Disney. Consultado em 30 de abril de 2015. Arquivado do original em 2 de maio de 2015