Coelhada nas Estrelas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coelhada nas Estrelas
Imagem ilustrativa padrão; esse artigo não possui imagem.
Editora(s) Editora Globo
Panini Comics
Gênero(s) paródia, ficção científica
Personagens principais Turma da Mônica

Coelhada nas Estrelas é uma série de revistas feitas pela Mauricio de Sousa Produções, numa paródia a Guerra nas Estrelas, com os personagens da Turma da Mônica.

O gibi original, recontando a história de Guerra nas Estrelas/Uma Nova Esperança foi lançado no Gibizão Turma da Mônica, pela Editora Globo, em 1997. Em 2007, a Editora Panini relançou a história como parte dos Clássicos do Cinema Turma da Mônica, com uma capa diferente, e em 2008 lançou uma continuação, Coelhada nas Estrelas: O Feio Contra-Ataca (recontando O Império Contra-Ataca), em 2010 concluiu a trilogia original com O Retorno de Jedito (recontando O Retorno de Jedi), e em 2015 foi lançado Trapaça Fantasma (recontando A Ameaça Fantasma).Em 2017 foi lançado "Sotaque dos Clones"(recontando Star Wars Episódio II:Ataque dos clones).

Em outras histórias, a saga criada por George Lucas é chamada de Tauó - Berro nas Estrelas[1]

Historia[editar | editar código-fonte]

Há muito tempo atrás, em uma revista conhecida, muito conhecida, o Império Mal-Cheiroso atacou, e somente os Rebeldes poderiam salvar a galáxia. A Frase, uma força misteriosa que influencia os outros, tem dois lados em conflito, o Lado Limpo da Frase, representado pelos Jedito (guerreiros que falam ditos populares) e o Lado Encardido da Frase, liderado pelo Imperador Rufius e seu general Dart Feio.

Em Coelhada nas Estrelas, o Império constrói uma gigantesca estação espacial, a Emporcalhadora de Marte, e com o intuito de destruí-la, os Rebeldes roubam planos da estação. Mas a nave com os planos é atacada, e Nimbus 2D2, o robô com os planos, e sua parceira Magali 3PA, são forçados a cair no planeta Tóim-Tuim, onde conhecem o jovem Cascão Caiuóqui.

Em O Feio Contra-Ataca, o Império ataca uma base rebelde no planeta gelado Róti. Isso dispersa os rebeldes, com Cascão Caióqui indo terminar seu treinamento com Yodácio, enquanto Dart Feio persegue Cebolinha Solo e a Princesa Moniquéia, culminando em um confronto no planeta onde mora um antigo amigo de Cebolinha, Jerê Calrissian.

Em O Retorno de Jedito, Lorde Feio constrói outra Emporcalhadora de Marte na órbita do planeta Semdor, enquanto Cascão Caiuóqui tenta resgatar Cebolinha Solo de Jaca o Rude.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Lado Limpo da Frase[editar | editar código-fonte]

Personagem Intérprete Original
Princesa Moniquéia Mônica Princesa Leia Organa
Cebolinha Solo Cebolinha Han Solo
Cascão Caiuóqui Cascão Luke Skywalker
Fran-Jinha Kenobi Franjinha Obi-Wan Kenobi
Flobaca Floquinho Chewbacca
Magali-3PA Magali C-3PO
Nimbus-2D2 Nimbus R2-D2
Jerê Caurissian Jeremias Lando Calrissian
Piloto Rebelde Titi Titi Piloto Rebelde
Yodácio Horácio Yoda
Capitão Luca Luca Capitão Rebelde
Blogóide Médico Bloguinho Dróide Médico

Lado Encardido da Frase[editar | editar código-fonte]

Secundários[editar | editar código-fonte]

Comparação com Guerra nas Estrelas[editar | editar código-fonte]

  • Os Jeditos são uma paródia aos Jedi, guerreiros do bem da cinessérie Guerra nas Estrelas. Não só o nome os diferem: os Jeditos são, neste caso, guerreiros que usam os Guarda-Chuva de Luz e também falam com ditados (Ex: cada macaco no seu galho; barriga cheia, pè na areia; quem tem esperança sempre alcança; Deus ajuda quem cedo madruga, dentre outros).
  • Mônica substituiu a Princesa Léia. Como Léia, Princesa Moniquéia é atraída por Cebolinha Solo, mas este finge não gostar dela. Na série original, Léia interessa-se por Han Solo e os dois formam um par romântico.
  • A nave de Do Contrafett se chama Ferro de Passar I, uma paródia ao fato da nave de Boba Fett, Slave I, se assemelhar a um ferro de passar.
  • Antes de começar a história em Coelhada nas Estrelas aparece a frase:"Há pouco tempo, numa revista conhecida, muito conhecida..." e em Star Wars é:"Há muito tempo, em uma galáxia muito, muito distante..."
  • O análogo da Força é a Frase, que Yodácio menciona ser uma Frase poderosa que também está solta no ar, acompanhada de "sujeito, verbo e predicados luminosos".

Referências

Links[editar | editar código-fonte]