Correia Pinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Correia Pinto
Bandeira de Correia Pinto
Brasão de Correia Pinto
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 10 de maio de 1982 (37 anos)
Gentílico correia-pintense
CEP 88535-000
Prefeito(a) Celso Rogério (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Correia Pinto
Localização de Correia Pinto em Santa Catarina
Correia Pinto está localizado em: Brasil
Correia Pinto
Localização de Correia Pinto no Brasil
27° 35' 06" S 50° 21' 39" O27° 35' 06" S 50° 21' 39" O
Unidade federativa Santa Catarina
Mesorregião Serrana IBGE/2008[1]
Microrregião Campos de Lages IBGE/2008[1]
Região metropolitana Lages
Municípios limítrofes Lages, São José do Cerrito, Palmeira, Ponte Alta, Curitibanos
Distância até a capital 225 km
Características geográficas
Área 651,614 km² [2]
População 14 794 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 22,7 hab./km²
Altitude 846 m
Clima Mesotérmico úmido, com verão fresco e temperatura média de 16°C.
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,772 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 344 448,986 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 22 874,82 IBGE/2008[5]

Correia Pinto é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se na região do Planalto Serrano, na microrregião de Campos de Lages, a 225 km de Florianópolis. Está situado a uma latitude 27º 35' 05" sul e a uma longitude 50º 21' 40" oeste, estando a uma altitude de 847 metros. Sua população estimada em 2008 era de 14 992 habitantes. Possui uma área de 623,77 km².

Suas datas festivas principais ocorrem em maio (Festa do Peão Laçador) e em setembro (Semana Farroupilha).

História[editar | editar código-fonte]

A história do município começou através do desbravador e colonizador Antônio Correia Pinto de Macedo. Chegou à região em 1766 e fundou nas proximidades do Rio Canoas, um pequeno arraial. A região era caminho das tropas de gado entre São Paulo e Rio Grande do Sul.

Em Julho de 1920, a vila passou a condição de Distrito de Paz, com a denominação de Correia Pinto, tendo como sede o povoamento de Bom Jesus do Canoas, conhecido hoje como Correia Pinto Velho.

Em 14 de novembro de 1949, Vidal Ramos Júnior, prefeito do município de Lages, transfere a sede distrital para o local denominado 'Fazenda dos Fundos', situada às margens da estrada federal de Lages a Curitiba, hoje, BR-116.

O povoamento aclamou sua emancipação e no plebiscito realizado em 21 de março de 1982, foi homologada a criação definitiva do município, através da Lei Estadual n. 6.058, de 10 de maio de 1982. É classificada como Comarca de entrância inicial. Em dezembro de 2005 registrava aproximadamente 4.000 processos em trâmite. Não é sede de Zona Eleitoral, tendo permanecido ligada à Lages neste aspecto.

Economia[editar | editar código-fonte]

O município destaca-se na área da fabricação de papel, tendo três fábricas do ramo instaladas na cidade, sendo elas, a Klabin SA (papel e celulose), a Kimberly-Clark (papel higiênico) e a DMC papéis. Também se destaca outros segmentos, como a produção florestal e comercialização de madeira, possuindo em seu território uma grande área de reflorestamento (pinus e eucalipto). Além destes segmentos a economia da cidade apresenta um bom desempenho no ramo de transporte rodoviário de carga e na agropecuária. Na pecuária destacando a produção de bovinos e na agricultura destaca-se as lavouras de milho, feijão, alho e soja.

O município possui fonte de águas termais de grande vazão.

Empresas exportadoras[editar | editar código-fonte]

  • Klabin SA
  • Kimberly-Clark Brasil
  • Nereu Rodrigues & Cia Ltda.
  • Laminadora São Caetano Ltda.

Política[editar | editar código-fonte]

Após a emancipação do município no ano de 1982, foi nomeado José Renato Olivo pelo então governador do Estado, Jorge Konder Bornhausen em ato presidido pelo vice-governador, Antônio Carlos Konder Reis, para gerenciar os bens públicos repassados pela cidade-mãe (Lages) e coordenar a transição. Também ele, como mediador, daria início à instalação da nova prefeitura.

Lista de prefeitos[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto Regional do Planalto Serrano, em fase final de construção, fica nos limites do município e servirá a região metropolitana de Lages e o Alto Vale do Itajaí.

Sociedade civil[editar | editar código-fonte]

Uma das principais entidades comunitárias de Correia Pinto, fundada em 21 de setembro de 1984, chama-se Associação Comunitária Dona Ema Sevei. O Ema, como é comumente conhecida, tem por meta a assistência social, a educação de base, a saúde preventiva, a educação ambiental e proteção ao meio ambiente, a rádio difusão comunitária e a promoção das pessoas, especialmente crianças, adolescentes, mulheres e idosos em situação de carência econômica e social, prestando serviços gratuitos sem distinção de qualquer natureza. É certificado como Entidade Beneficente de Assistência Social em âmbito municipal, estadual e federal. Sua diretoria atual (01/2007-12/2010) é composta por: Lenita D. Beppler (presidente), Terezinha R. Silva (vice-presidente), Arlete D. Damolin (secretária), Zeni M. M. Chaves (vice-secretária), Zélia T. Alves (tesoureira), Sebilia G. Silva (vice-tesoureira).

Em abril de 2004 passou a contar com abrigo para acolher crianças e adolescentes em situação de risco (Casa de Passagem Anjo da Guarda).

Turismo[editar | editar código-fonte]

As principais atrações turísticas de Correia Pinto são:

  • Águas termais
  • Barragem do Rio Tributo
  • Cascata do Cerro Pelado
  • Morro da Cruz
  • Quedas do Rio Ribeirão.

Indicadores[editar | editar código-fonte]

  • IDH-M: 0,772 (PNUD – 2000)
  • PIB: R$ mil 344.448,986 (IBGE – 2008)
  • PIB per capita: R$ 22.874,82 (IBGE – 2008)
  • Exportações: US$ FOB 26.603,172 (MDIC – 2008)
  • Importações: US$ FOB 1.037.799 (MDIC – 2008)
  • Arrecadação de ICMS: R$ 6.816.505,51 (Tribunal Contas do Estado de SC – 2007)

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Correia Pinto
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.