Daniel Ellsberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Ellsberg, o analista do Pentágono que levou a público os Papéis do Pentágono, em 2006.

Daniel Ellsberg (Chicago, 7 de Abril de 1931) é um ex-analista militar norte-americano, empregado pela RAND Corporation e depois funcionário do Pentágono, que provocou uma grande controvérsia política nos Estados Unidos em 1971, quando forneceu ao New York Times e a outros jornais os chamados Pentagon Papers - documentos secretos do Pentágono, contendo detalhes sobre o processo decisório do governo dos Estados Unidos em relação à Guerra do Vietnã.

Ellsberg foi premiado com o Right Livelihood Award em 2006 e também ficou conhecido por sua fundamental contribuição à teoria da decisão - o paradoxo de Ellsberg, segundo o qual as escolhas das pessoas violam os postulados da utilidade subjetiva esperada.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]