Edmundo Pereira Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Edmundo Pereira
Prefeito de Brumado
Período 1º: 1 de janeiro de 1989
até 31 de dezembro de 1992
2º: 1 de janeiro de 1997
até dezembro de 1998
3º: 1 de janeiro de 2001
até 31 de dezembro de 2004
Antecessor 1º: ?
2º: Geraldo Leite Azevedo
3º: ?
Sucessor 1º: Geraldo Leite Azevedo
2º: ?
3º: Eduardo Vasconcelos
Deputado estadual pela Bahia
Período 1 de fevereiro de 1995
até 31 de dezembro de 1996
13° Vice-governador da Bahia
Período 1 de janeiro de 2007
até 31 de dezembro de 2010
Antecessor Eraldo Tinoco Melo
Sucessor Otto Alencar
Dados pessoais
Nome completo Edmundo Pereira Santos
Nascimento 17 de setembro de 1943 (76 anos)
Brumado (BA)
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Feliciano Pereira Santos
Pai: Belaniza Santos Pereira
Cônjuge Marizete Pereira
Partido PMDB (1980-2011)
PT (2011–presente)
Ocupação Empresário

Edmundo Pereira Santos (Brumado, 17 de novembro de 1943) é um político brasileiro, filiado ao PT, ex-vice-governador da Bahia. Já foi prefeito da cidade baiana de Brumado três vezes e foi deputado estadual da Bahia. Filho de Feliciano Pereira Santos e Belanisa Santos Pereira. É casado com a ex-deputada estadual também pelo PMDB Marizete Lisboa Fernandes Pereira, com quem possui quatro filhos: Feliciano, Joabe Natan e Mateus. Cursou o primário no Grupo Escolar Getúlio Vargas (Colégio Getúlio Vargas), e o secundário de 1958 a 1962, no Ginásio General Nelson de Mello (hoje no Colégio Estadual de Brumado (CEB)).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 2010 disputou as eleições como Vice-Governador do Estado da Bahia, sendo Geddel Vieira Lima candidato à Governador da Bahia. Foi sócio e gerente da indústria Belanisa (INBEL).

Atividades parlamentares

Foi eletio prefeito de Brumado pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro, PMDB, por três mandatos (1989–1992, 1997–2000 e 2001–2004). Foi deputado estadual, também pelo PMDB, entre 1995 e 1999, mas não completou o mandato, renunciando em dezembro de 1996, para disputar a prefeitura de Brumado e foi eleito prefeito desta cidade para o mandato de 1997–2000 e reeleito para o mandato de 2001–2004; e entre 2007 e 2011; foi vice-governador da Bahia pelo PMDB na chapa de Jaques Wagner.

Na Assembleia

Na Assembléia Legislativa da Bahia foi vice-presidente da Comissão de Defesa ao Consumidor, entre fevereiro e abril de 1995; titular das Comissões de Minas, Energia, Ciência e Tecnologia, entre 1995 e 1996); da Seca e Recursos Hídrico e da Irrigação, entre fevereiro e abril em 1996; e suplente das Comissões da agricultura e política rural, no mesmo período.

Condecorações

Recebeu diploma do Exército Brasileiro, em1991; recebeu homenagem da Liga Esportiva em 1990; recebeu homenagem da Associação Brumadense de Artistas (ABAS), em 1991; destaque político de Brumado, em 1995; Medalha de Ordem do Mérito Naval, concedida pela Marinha do Brasil, em 2008.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Edmundo Pereira Santos Arquivado em 3 de março de 2016, no Wayback Machine. - Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), acessado em 24 de novembro de 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]