Eleições na Guiné-Bissau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Eleições da Guiné-Bissau)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Guiné-Bissau
Emblem of Guinea-Bissau.svg

Este artigo é parte da série:
Política e governo da
Guiné-Bissau



Outros países · Atlas

Na Guiné-Bissau é eleito um chefe de estado nacional (o presidente) e os membros do legislativo. A Assembleia Nacional Popular do País tem 102 membros, eleitos para mandatos de 4 anos. O sistema eleitoral é multipartidário, e os partidos podem governar o país por si mesmo, após eleitos, ou em coligações.

Eleições lesgislativas[editar | editar código-fonte]

Eleições de 2004[editar | editar código-fonte]

Distribuição dos deputados da eleição de 28 de Março de 2004:

2 lugares da Diáspora não foram atribuídos.

Abstenção foi 75%.[1]

Eleições de 2008[editar | editar código-fonte]

Distribuição dos deputados da eleição de 16 de Novembro de 2008:

Total: 100 lugares. Abstenção foi 82%.[2]

Eleições de 2014[editar | editar código-fonte]

Distribuição dos deputados da eleição de 13 de Abril de 2014:

Total: 102 lugares. Abstenção foi 88.57%.

Na segunda ronda da eleição presidencial de 18 de Maio de 2014, José Mário Vaz (PAIGC) venceu com 61.92% contra Nuno Gomes Nabiam. A abstenção foi 78%.

Referências

  1. EIU – The Economic Intelligence Unit – Country Report Guinea-Bissau July 2004, London, 2004, S. 9.
  2. EIU – The Economic Intelligence Unit – Country Report Guinea-Bissau January 2009, London, 2009, S. 10.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Guiné-Bissau é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.