Esta É a Nossa Pátria Bem Amada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta é a Nossa Pátria Bem Amada

Hino nacional da Guiné-Bissau
Letra Amílcar Cabral, 1963
Composição Xiao He
Adotado 1974

Esta é a Nossa Pátria Bem Amada é o hino nacional da Guiné-Bissau. Foi escrito em 1963 por Amílcar Lopes Cabral enquanto lutava pela independência de Cabo Verde e Guiné-Bissau. Quando visitou a China, Cabral escutou uma música criada pelo compositor local Xiao He e logo o chamou para compor a melodia do futuro hino, que foi adotado durante a declaração de independência do país, em 24 de setembro de 1974. Cabo Verde também utilizou a obra como hino nacional entre 1975 e 1996, quando substituiu pelo atual hino "Cântico da Liberdade".[1]

Letra[editar | editar código-fonte]

Sol, suor, o verde e o mar,
Séculos de dor e esperança;
Esta é a terra dos nossos avós!
Fruto das nossas mãos,
Da flôr do nosso sangue:
Esta é a nossa pátria amada.
Coro:
Viva a pátria gloriosa!
Floriu nos céus a bandeira da luta.
Avante, contra o jugo estrangeiro!
Nós vamos construir
Na pátria imortal
A paz e o progresso!
Nós vamos construir
Na pátria imortal
A paz e o progresso! paz e o progresso!
Ramos do mesmo tronco,
Olhos na mesma luz:
Esta é a força da nossa união!
Cantem o mar e a terra
A madrugada e o sol
Que a nossa luta fecundou.
Coro

Referências

  1. Tiago José Berg. Hinos de todos os países do mundo (em português). 1ª ed. São Paulo: Panda Books, 2008. 304 p. p. 129. ISBN 9788578882358


Ícone de esboço Este artigo sobre um hino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira da Guiné-Bissau Guiné-Bissau
Bandeira • Brasão • Hino • Cultura • Demografia • Desporto • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens