Falso profeta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Calvário de Plougonven, na França: o falso profeta seria influenciado por dons demoníacos

Falso profeta, também chamado de pseudoprofeta,[1][2] é a rotulação dada a uma pessoa que ilegitimamente se proclama detentora de dons do Espírito Santo. Tal rotulação pode tanto decorrer de um falso dom carismático, como do uso do mesmo para fins demagógicos ou demoníacos.[3]

No Antigo Testamento, a Bíblia cita vários falsos profetas, como por exemplo Hananias, que falara mal de Jeremias. Também deve se saber que nem sempre o falso profeta usa dons demoníacos, usando quase sempre a falsa alegação e a ajuda para pessoas más.

O mais famoso dos falsos profetas do Novo Testamento é o "Falso Profeta" do livro de Apocalipse, cujo nome é repetido por três vezes. Este Falso Profeta seria um aliado do Anticristo e da Besta. A figura do Falso Profeta é um dos maiores mistérios da escatologia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.