Geraldo Lyrio Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Geraldo Lyrio Rocha
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Mariana

Título

Arcebispo Metropolitano de Mariana
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Mariana
Nomeação 11 de abril de 2007
Entrada solene 23 de junho de 2007
Predecessor Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida, S.J.
Mandato 2007 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 15 de agosto de 1967
Fundão
Nomeação episcopal 14 de março de 1984
Ordenação episcopal 31 de maio de 1984
Vitória
por Dom Silvestre Luís Scandián, S.V.D.
Lema episcopal OPVS FAC EVANGELISTÆ
Faze a obra de um Evangelista
Nomeado arcebispo 16 de janeiro de 2002
Brasão arquiepiscopal
Template-Metropolitan Archbishop.svg
Dados pessoais
Nascimento Fundão,  Espírito Santo
14 de março de 1942 (75 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas -Bispo auxiliar de Vitória (1984-1990)
-Bispo de Colatina (1990-2002)
-Arcebispo de Vitória da Conquista (2002-2007)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Geraldo Lyrio Rocha (Fundão, 14 de março de 1942) é um bispo católico, Arcebispo de Mariana.

Estudos e ordenação presbiteral[editar | editar código-fonte]

Realizou seus estudos iniciais no Grupo Escolar Ernesto Nascimento, em Fundão, Espírito Santo, cursou o ensino médio no Colégio Salesiano Nossa Senhora da Vitória e no Seminário Nossa Senhora da Penha, em Vitória. Estudou Filosofia no Seminário Coração Eucarístico de Jesus, em Belo Horizonte e Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.

Fez mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Santo Tomás de Aquino, em Roma. Especializou-se em Liturgia, pelo Pontifício Instituto Santo Anselmo, também em Roma. Ordenou-se padre no dia 15 de agosto de 1967, em sua cidade natal.

Atividades antes do episcopado[editar | editar código-fonte]

  • Diretor espiritual do Seminário Nossa Senhora da Penha
  • Reitor do Seminário Nossa Senhora da Penha
  • Diretor do Instituto de Pastoral da Arquidiocese de Vitória
  • Coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Vitória
  • Professor de Liturgia e Teologia no Instituto de Filosofia e Teologia de Vitória
  • Professor de Filosofia na Universidade Federal do Espírito Santo
  • Pároco de Itacibá, Praia do Suá, Vila Rubim.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de março de 1984, o Papa João Paulo II o nomeou bispo auxiliar de Vitória, no Espírito Santo, com a sede titular de Thelepte.

Recebeu a ordenação episcopal no dia 31 de maio de 1984, em Vitória, no Espírito Santo, das mãos de Dom Silvestre Luís Scandián, Dom Arnaldo Ribeiro e Dom Florentino Zabalza Iturri.

No dia 23 de abril de 1990, o Papa João Paulo II o nomeou primeiro bispo diocesano de Colatina. No dia 16 de janeiro de 2002, João Paulo II o designou para ser Arcebispo de Vitória da Conquista.

O Papa Bento XVI o nomeou no dia 11 de abril de 2007, arcebispo de Mariana.

Em maio de 2007 durante a 45ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, em Itaici, Dom Geraldo foi eleito Presidente da CNBB para o período que concluiu em 2011.

No dia 8 de outubro de 2009 o Papa Bento XVI o nomeia membro da Pontifícia Comissão para a América Latina.

Aos 12 de maio de 2011 foi eleito delegado da CNBB junto ao CELAM.

Foi eleito como membro delegado pela CNBB para participar como Padre Sinodal da 13ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos a se realizar no Vaticano de 7 a 28 de outubro de 2012.

Atividades durante o episcopado[editar | editar código-fonte]

  • Bispo auxiliar de Vitória (1984-1990)
  • Vice-presidente do Regional Leste 2
  • Membro da Comissão Episcopal de Pastoral (CEP) Regional Leste II, responsável pelo Setor de Vocações, Seminários e Presbíteros(1985-1987) e Liturgia no Leste II (1987-1989)
  • Membro do Departamento de Liturgia do CELAM (1987-1991; 1995-1999)
  • Membro da CEP - CNBB, responsável pela Litúrgia na CNBB (1995-1998 e 1999-2003)
  • Delegado à Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a América por eleição da Assembleia da CNBB e confirmado pelo Papa João Paulo II (1997)
  • Presidente do Departamento de Liturgia do CELAM (1999-2003)
  • Primeiro bispo de Colatina, Espírito Santo (1990-2002)
  • Primeiro arcebispo metropolitano de Vitória da Conquista (2002 - 2007)
  • Vice-presidente do CELAM (2003-2007)
  • Arcebispo de Mariana
  • Presidente da CNBB (2007-2011)

Sucessões[editar | editar código-fonte]

Dom Geraldo Rocha é o 1º bispo de Colatina, foi sucedido por Dom Décio Sossai Zandonade, SDB.

Dom Geraldo é o 4º bispo de Vitória da Conquista, sendo o seu primeiro arcebipo metropolitano, sucedeu a Dom Celso José Pinto da Silva.

Dom Geraldo é o 5º Arcebispo de Mariana, sucedeu a Dom Luciano Mendes de Almeida.

Ordenações episcopais[editar | editar código-fonte]

Dom Geraldo presidiu a ordenação episcopal de:

Dom Geraldo foi concelebrante da ordenação episcopal de:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Criação da Diocese
Brasão episcopal
Bispo de Colatina

1990 - 2002
Sucedido por
Dom Décio Sossai Zandonade
Precedido por
Dom Celso José Pinto da Silva
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Vitória da Conquista

2002 - 2007
Sucedido por
Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu, OFMCap
Precedido por
Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Mariana

2007 - Atualidade
Sucedido por
'
Precedido por
Geraldo Majella Agnelo
Presidente da
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

20072011
Sucedido por
Raymundo Damasceno Assis