Grace of Monaco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grace of Monaco
Grace de Mónaco (PT)
Grace de Mônaco (BR)
 Estados Unidos
 França

2014 •  cor •  
Direção Olivier Dahan
Produção Arash Amel
Pierre-Ange Le Pogam
Uday Chopra
Roteiro Arash Amel
Elenco Nicole Kidman
Frank Langella
Parker Posey
Derek Jacobi
Paz Vega
Roger Ashton-Griffiths
Milo Ventimiglia
Tim Roth
Gênero Drama biográfico
Cinematografia Eric Gautier
Edição Olivier Gajan
Companhia(s) produtora(s) Stone Angels, YRF Entertainment
Distribuição Estados Unidos Weinstein Company
Reino Unido Warner Bros.
Idioma inglês
Orçamento US$ 30 milhões

Grace of Monaco é um filme biográfico franco-americano de 2014 sobre a vida de Grace Kelly, dirigido por Olivier Dahan e escrito por Arash Amel. O filme é estrelado por Nicole Kidman no papel titular.[1] Ele também possui o elenco de apoio de Frank Langella, Parker Posey, Derek Jacobi, Paz Vega, Roger Ashton-Griffiths, Milo Ventimiglia e Tim Roth.[2]

Inicialmente agendado com lançamento no final de novembro de 2013, o filme foi, em seguida, reagendado para 14 de março de 2014,[3] até ser retirado do calendário de lançamento por tempo indeterminado.[4][5] O filme abriu o Festival de Cannes 2014, estreando fora de competição.[6][7]

Em abril de 2014, foi anunciado que o filme não estrearia mais nos cinemas dos Estados Unidos e, sua exibição ficaria restrita apenas para a televisão, pelo canal pago americano Lifetime.[8] No Brasil, seu lançamento se deu nos cinemas em 29 de outubro de 2015.[9]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Grace of Monaco se concentra na crise da ex-estrela de Hollywood Grace Kelly, do casamento e de identidades, durante uma disputa entre Mônaco o príncipe Rainier III e o presidente da França Charles de Gaulle e uma iminente invasão militar francesa no principado em 1960.[10]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

O elenco do filme durante o Festival de Cannes. Da esquerda para a direita: Paz Vega, Nicole Kidman, Tim Roth, o diretor Olivier Dahan, Jeanne Balibar, o produtor Pierre-Ange Le Pogam e Geraldine Somerville.

O roteiro, escrito por Arash Amel, foi listado no Black List de Hollywood em 2011 como um dos roteiros mais pedidos não produzidas do ano, depois de ter sido adquirida pelo produtor francês Pierre-Ange Le Pogam em uma competição de licitação.[11]

A produção do filme começou em setembro de 2012, em Paris e Menton, França. Em outubro de 2012, a produção mudou-se para Itália, primeiro para Grimaldi, a aldeia perto de Ventimiglia, que descobre o nome da casa real de Mônaco, em seguida, em Mortola, perto de Ventimiglia em Villa Hanbury. A foi concedida à produção a permissão para fechar a principal praça de Mônaco por 24 horas entre 29-30 outubro de 2012, durante este tempo, o elenco fora vistos filmando fora e em torno do Casino Monte Carlo. Em novembro de 2012, e novamente em janeiro de 2013, a produção estava em Gênova, Itália, no set instalado no Palácio Real, na Via Balbi, onde o Hall of Mirrors replicar a residência da corte real de Mônaco.[carece de fontes?]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Comentários de estréia do filme no Festival de Cannes foram esmagadoramente negativos, com o crítico de cinema Peter Bradshaw do The Guardian chamando-o de "um filme tão imensamente inspirado em madeira, que tem basicamente riscos de incêndio".[12] A revisão do The Hollywood Reporter opinou que "os filmes do 'Shrek' construíram convenções de contos de fadas com muito mais profundidade e sagacidade que este desfile lúgubre de cera de celebridades sem vida". Francisco Russo, do website brasileiro AdoroCinema citou que "'Grace de Mônaco' derrapa – às vezes feio – na narrativa novelesca, sempre pontuada por uma trilha sonora nitidamente manipuladora."[13][14]

A distribuidora Harvey Weinstein, uma das mais importantes do mercado cinematográfico, tinha expectativa de que o filme estreasse em 2013 e concorresse ao Oscar em 2014, o longa porém se envolveu em controversas com a família real de Mônaco e também entre os produtores, que adiaram diversas vezes a data de estreia nos cinemas.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Resultado
67th Primetime Emmy Awards Melhor minissérie ou telefilme Grace of Monaco Indicado[15]
Prémios Screen Actors Guild Melhor atriz em minissérie ou telefilme Nicole Kidman Indicado

Referências

  1. «Nicole Kidman Plays Grace Kelly in Upcoming Film 'Grace of Monaco'» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 06 de abril de 2013. 
  2. «Le JDD a vu plusieurs scènes de "Grace de Monaco"» (em francês). leJDD.fr. 20 de janeiro de 2013. Consultado em 06 de abril de 2013. 
  3. Feinberg, Scott (23 de setembro de 2013). «Weinstein Co. Moves Nicole Kidman's 'Grace of Monaco' Out of 2013 Contention (Exclusive)» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 17 de março de 2014. 
  4. «Nicole Kidman's 'Grace of Monaco' Pulled From Release Following Epic Creative Clash - The Moviefone Blog» (em inglês). News.moviefone.com. 23 de janeiro de 2014. Consultado em 17 de maio de 2014. 
  5. «Princess Grace movie pulled from release schedule» (em inglês). BBC News. 24 de janeiro de 2014. Consultado em 17 de maio de 2014. 
  6. «Grace of Monaco by Olivier Dahan to open the 67th Festival de Cannes» (em inglês). Cannes. Consultado em 17 de maio de 2014. 
  7. Richford, Rhonda. «'Grace of Monaco' to Open Cannes Film Festival» (em inglês). Hollywood Reporter. Consultado em 17 de maio de 2014. 
  8. Fraco, filme 'Grace: Princesa de Mônaco' fica de fora do cinema
  9. Após anos de adiamentos, ‘Grace de Mônaco’ ganha data de estreia no Brasil
  10. «Exclu JDD - Olivier Dahan, sur la polémique autour du film "Grace de Monaco" : "Je revendique le droit à la fiction"» (em francês). leJDD.fr. 19 de janeiro de 2013. Consultado em 06 de abril de 2013. 
  11. «Grace Kelly Film in the Works (Exclusive)» (em inglês). The Hollywood Reporter. 25 de outubro de 2011. Consultado em 09 de abril de 2013. 
  12. Bradshaw, Peter. «Grace of Monaco review: Cannes opens with a royal biopic worse than Diana | Film» (em inglês). The Guardian. Consultado em 18 de mioa de 2014. 
  13. Dalton, Stephen (12 de maio de 2014). «'Grace of Monaco': Cannes Review» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 18 de maio de 2014. 
  14. Russo, Francisco. «Críticas AdoroCinema do filme Grace de Mônaco». AdoroCinema. Consultado em 18 de maio de 2014. 
  15. «Emmy nominations: Ben Mendelsohn scores nod, Nicole Kidman snubbed». Consultado em July 17, 2015. \

Ligações externas[editar | editar código-fonte]