Grande Prêmio do Brasil de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio do Brasil
de Fórmula 1 de 2009
Autódromo José Carlos Pace (AKA Interlagos) track map.svg
28º GP do Brasil em Interlagos
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 18 de outubro de 2009
Nome oficial XXXVIII Grande Prêmio do Brasil[1]
Local Autódromo de Interlagos, São Paulo, São Paulo, Brasil
Percurso 4.309 km
Total 71 voltas / 305.939 km
Condições do tempo Seco e parcialmente nublado
Pole
Piloto
Brasil Rubens Barrichello Brawn-Mercedes
Tempo 1:19.576
Volta mais rápida
Piloto
Austrália Mark Webber Red Bull-Renault
Tempo 1:13.733 (na volta 25)
Pódio
Primeiro
Austrália Mark Webber Red Bull-Renault
Segundo
Polónia Robert Kubica BMW Sauber
Terceiro
Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes

Resultados do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 realizado em Interlagos em 18 de outubro de 2009.[2] Décima sexta e peúltima etapa do campeonato, foi vencido pelo australiano Mark Webber, da Red Bull-Renault, com Robert Kubica em segundo pela BMW Sauber e Lewis Hamilton em terceiro pela McLaren-Mercedes. Neste mesmo dia, Jenson Button sagrou-se campeão mundial entre os pilotos e sua equipe, a Brawn-Mercedes, sagrou-se campeã entre os construtores.[3][nota 1]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Carros com KERS estão marcados com "‡"

Treinos classificatórios[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Grid
1 23 Brasil Rubens Barrichello Brawn-Mercedes 1:24.100 1:21.659 1:19.576 1
2 14 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:24.722 1:20.803 1:19.668 2
3 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:24.447 1:20.753 1:19.912 3
4 9 Itália Jarno Trulli Toyota 1:24.621 1:20.635 1:20.097 4
5 4‡ Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:23.047 1:21.378 1:20.168 5
6 12 Suíça Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1:24.591 1:20.701 1:20.250 6
7 16 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 1:22.828 1:20.368 1:20.326 7
8 5 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 1:23.072 1:21.147 1:20.631 8
9 17 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:23.161 1:20.427 1:20.674 9
10 7 Espanha Fernando Alonso Renault 1:24.842 1:21.657 1:21.422 10
11 10 Japão Kamui Kobayashi Toyota 1:24.335 1:21.960 11
12 11 Espanha Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1:24.773 1:22.231 12
13 8 França Romain Grosjean Renault 1:24.394 1:22.477 13
14 22 Reino Unido Jenson Button Brawn-Mercedes 1:24.297 1:22.504 14
15 21 Itália Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 1:24.645 [nota 3] 20
16 15 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:25.009 15
17 2‡ Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:25.052 16
18 1‡ Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:25.192 17
19 6 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 1:25.515 18
20 3‡ Itália Giancarlo Fisichella Ferrari 1:40.703 19
Fonte:[4]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 14 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 71 1:32:23.081 2 10
2 5 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 71 + 7.626 8 8
3 1‡ Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 71 + 18.944 17 6
4 15 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 71 + 19.652 15 5
5 22 Reino Unido Jenson Button Brawn-Mercedes 71 + 29.005 14 4
6 4‡ Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 71 + 33.340 5 3
7 12 Suíça Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 71 + 35.991 6 2
8 23 Brasil Rubens Barrichello Brawn-Mercedes 71 + 45.454 1 1
9 10 Japão Kamui Kobayashi Toyota 71 + 1:03.324 11
10 3‡ Itália Giancarlo Fisichella Ferrari 71 + 1:10.665 19
11 21 Itália Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 71 + 1:11.388 20
12 2‡ Finlândia Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 71 + 1:13.499 16 [nota 4]
13 8 França Romain Grosjean Renault 70 + 1 volta 13
14 11 Espanha Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 70 + 1 volta 12
Ret 17 Japão Kazuki Nakajima Williams-Toyota 30 Colisão 9
Ret 16 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 27 Câmbio 7
Ret 6 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 21 Abastecimento falho 18
Ret 20 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 0 Colisão 3
Ret 9 Itália Jarno Trulli Toyota 0 Colisão 4
Ret 7 Espanha Fernando Alonso Renault 0 Colisão 10
Fonte:[2]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e os campeões da temporada surgem grafados em negrito.

Notas

  1. Voltas na liderança: Rubens Barrichello 20 voltas (1-20), Mark Webber 51 voltas (21-71).
  2. Britânicos campeões do mundo até entãoː Mike Hawthorn (1958), Graham Hill (1962, 1968), Jim Clark (1963, 1965), John Surtees (1964), Jackie Stewart (1969, 1971, 1973), James Hunt (1976), Nigel Mansell (1992), Damon Hill (1996), Lewis Hamilton (2008) e Jenson Button (2009).
  3. Vitantonio Liuzzi foi punido em cinco posições por trocar de câmbio.
  4. Heikki Kovalainen foi punido com o acréscimo de vinte e cinco segundos ao tempo total de prova devido a um incidente nos boxes quando o finlandês saiu carregando a mangueira de combustível presa ao carro.

Referências

  1. a b c «2009 Brazilian GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 13 de setembro de 2021 
  2. a b «Formula 1™ Grande Prêmio Petrobras do Brasil 2009 - race result» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  3. Fred Sabino (19 de janeiro de 2020). «Piloto das façanhas "impossíveis", campeão mundial Jenson Button completa 40 anos de idade». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  4. «Formula 1™ Grande Prêmio Petrobras do Brasil 2009 - qualifying» (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2020 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Precedido por
Grande Prêmio do Japão de 2009
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2009
Sucedido por
Grande Prêmio de Abu Dhabi de 2009
Precedido por
Grande Prêmio do Brasil de 2008
Grande Prêmio do Brasil
38ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio do Brasil de 2010