Grande Prêmio do Brasil de 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 2013
Autódromo José Carlos Pace (AKA Interlagos) track map.svg
Autódromo José Carlos Pace
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 24 de novembro de 2013
Local Autódromo José Carlos Pace, São Paulo, Brasil
Percurso 4,309 km
Total 71 voltas / 305,909 km
Pole
Piloto
Alemanha Sebastian Vettel Red Bull Racing
Tempo 1:26:479
Volta mais rápida
Piloto
Austrália Mark Webber Red Bull Racing
Tempo 1:15:436 (na volta 51)
Pódio
Primeiro
Alemanha Sebastian Vettel Red Bull Racing
Segundo
Austrália Mark Webber Red Bull Racing
Terceiro
Espanha Fernando Alonso Ferrari

O Grande Prêmio do Brasil de 2013 foi a décima nona corrida da temporada de 2013 da Fórmula 1. A prova foi disputada no dia 24 de novembro no Autódromo José Carlos Pace, São Paulo, Brasil.[1]

A corrida foi vencida pelo piloto alemão Sebastian Vettel, da equipe Red Bull Racing e marcou a despedida do piloto brasileiro, de Felipe Massa na equipe Ferrari que irá correr na Williams em 2014.[2] e do piloto australiano, Mark Webber na Formula 1 que ira para o Campeonato Mundial de Endurance da FIA. Também foi um marco importante na história da Formula 1, sendo a última disputada com os motores V8 2.4L aspirados, que davam aos carros o característico som da categoria.

Resultado[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. No. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:25.381 1:26.420 1:26.479 1
2 9 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1:25.556 1:26.626 1:27.102 2
3 3 Espanha Fernando Alonso Ferrari 1:26.656 1:26.590 1:27.539 3
4 2 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:26.689 1:26.963 1:27.572 4
5 10 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 1:25.342 1:26.698 1:27.677 5
6 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 1:26.453 1:26.161 1:27.737 6
7 19 Austrália Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari 1:27.209 1:27.078 1.28.052 7
8 18 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Ferrari 1:27.124 1:27.363 1:28.081 8
9 4 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:26.817 1:27.049 1:28.109 9
10 11 Alemanha Nico Hülkenberg Sauber-Ferrari 1:26.071 1:27.441 1:29.582 10
11 7 Finlândia Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:26.266 1:27.456 11
12 14 Reino Unido Paul di Resta Force India-Mercedes 1:26.275 1:27.798 12
13 17 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Renault 1:26.790 1:27.954 13
14 6 México Sergio Pérez McLaren-Mercedes 1:26.741 1:28.269 191
15 5 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 1:26.398 1:28.308 14
16 15 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:26.874 1:28.586 15
17 16 Venezuela Pastor Maldonado Williams-Renault 1:27.367 16
18 12 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 1:27.455 17
19 20 França Charles Pic Caterham-Renault 1:27.843 18
20 21 Países Baixos Giedo van der Garde Caterham-Renault 1:28.320 20
21 22 França Jules Bianchi Marussia-Cosworth 1:28.366 21
22 23 Reino Unido Max Chilton Marussia-Cosworth 1:28.950 22
Tempo dos 107%: 1.31.315

Notas

↑1  –Sergio Pérez se qualificou em décimo quarto mas foi punido em cinco posições por trocar o câmbio.

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. No. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 71 1:32:36.300 1 25
2 2 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 71 +10.452 4 18
3 3 Espanha Fernando Alonso Ferrari 71 +18.913 3 15
4 5 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 71 +37.360 14 12
5 9 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 71 +39.048 2 10
6 6 México Sergio Pérez McLaren-Mercedes 71 +44.051 19 8
7 4 Brasil Felipe Massa Ferrari 71 +49.110 9 6
8 11 Alemanha Nico Hülkenberg Sauber-Ferrari 71 +1:04.252 10 4
9 10 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 71 +1:12.903 5 2
10 19 Austrália Daniel Ricciardo Toro Rosso-Ferrari 70 +1 Volta 7 1
11 14 Reino Unido Paul di Resta Force India-Mercedes 70 +1 Volta 12
12 12 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 70 +1 Volta 17
13 15 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 70 +1 Volta 15
14 7 Finlândia Heikki Kovalainen Lotus-Renault 70 +1 Volta 11
15 18 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Ferrari 70 +1 Volta 8
16 16 Venezuela Pastor Maldonado Williams-Renault 70 +1 Volta 16
17 22 França Jules Bianchi Marussia-Cosworth 69 +2 Voltas 21
18 21 Países Baixos Giedo van der Garde Caterham-Renault 69 +2 Voltas 20
19 23 Reino Unido Max Chilton Marussia-Cosworth 69 +2 Voltas 22
Ret 20 França Charles Pic Caterham-Renault 58 Suspensão 18
Ret 17 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Renault 45 Colisão 13
Ret 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 2 Motor 6
Fonte:[3]

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Calendar F1 2013». Fia.com. Consultado em 27 de setembro de 2013 
  2. "Vettel supera sustos, vence no Brasil e iguala recordes históricos; Massa se despede da Ferrari com 7º lugar". Página acessada em 24 de novembro de 2013.
  3. «2013 Brazil Grand Prix Race Results». Formula1.com. Formula One Management. 24 de novembro de 2013. Consultado em 24 de novembro de 2013. Arquivado do original em 28 de novembro de 2013 
Prova Anterior:
GP dos Estados Unidos de 2013
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2013
Próxima Prova:

Prova Anterior:
GP do Brasil de 2012
Grande Prêmio do Brasil Próxima Prova:
GP do Brasil de 2014