Grupo Pestana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde outubro de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Grupo Pestana
Slogan Momentos Memoráveis
Tipo Grupo Hoteleiro
Indústria Hotelaria, Turismo, Hotel
Fundação 1972
Sede Funchal
Pessoas-chave Dionisio Pestana, Presidente do Grupo
Produtos Residência temporária
Página oficial Grupo Pestana

O Grupo Pestana comemorou no dia 20 de Novembro 2012 os 40 anos.+

Com um percurso de quatro décadas de sucesso, o Grupo tem e gere mais de 90 unidades em Portugal e no estrangeiro, e tem ainda uma companhia de aviação charter, seis campos de golfe, dois casinos, três empreendimentos de imobiliário turístico, 12 empreendimentos de Timeshare e um operador turístico, com o objetivo de oferecer produtos completos e mais atrativos. Na indústria e nos serviços, o grupo de Dionísio Pestana participa na empresa de cervejas da Madeira e na Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, gestora do Centro Internacional de Negócios da Madeira. Ao todo são nove as áreas de negócio onde opera: hotelaria, golfe, casinos, imobiliário turístico, aviação, distribuição turística, timesharing, indústria e serviços.

É, no entanto, no seu principal negócio, a hotelaria, que o Grupo Pestana é reconhecido como líder. Ao longo destes 40 anos, o grupo, que tem vivido ciclos e contra ciclos, continua a crescer e a investir de forma sustentada. Desde 2003 o Grupo Pestana gere a rede de Pousadas de Portugal, onde o mais recente investimento nasceu em 2012 com a abertura da Pousada da Cidadela em Cascais. Localizadas em locais exclusivos, esta rede possui caracteristicas únicas e distintivas uma vez que muitas das suas unidades estão localizadas em Castelos, Conventos e Palácios recuperados especificamente para este fim.

Em 2012, o maior grupo hoteleiro português inaugurou a Pousada de Cascais, a maior do país, o premiado projeto sustentável Pestana Tróia Eco-Resort & Residences e a primeira unidade na Colômbia, o Pestana Bogotá 100. Os primeiros hotéis do Grupo em Marrocos e na América do Norte: o Pestana Casablanca e o Pestana South Beach, em Miami, abriram portas em 2013. O mais recente investimento do Grupo, Pestana Cayo Coco, localiza-se em Cayo Coco, Cuba e funciona no regime de All Inclusive.

História[editar | editar código-fonte]

Tudo começou na Madeira, onde o Grupo abriu o primeiro hotel em 1972, o icónico Pestana Carlton Madeira. Um hotel com mais de 300 quartos, erguido por Manuel Pestana, fundador do Grupo e pai de Dionísio Pestana, que regressara à terra natal para realizar o sonho de construir um hotel de luxo na sua ilha. Foi a partir de uma visão inovadora do jovem Dionísio Pestana- que em 1976 regressou também da África do Sul - que começou a erguer-se o atual grupo internacional. Na década de 70 num contexto de crise nacional, foram necessários alguns anos para que o primeiro hotel atingisse a excelência desejada. Para tal contribuiu também decisivamente o caminho pioneiro desenhado por Dionísio Pestana com a aposta no timeshare, um modelo totalmente inovador em Portugal, à época, e que permitiu alavancar o desenvolvimento da marca.

Gradualmente foi-se desenhando uma estratégia de crescimento sustentado assente na diversificação para serviços complementares. As apostas seguintes, na década de 90, passaram por investimentos nas áreas do imobiliário turístico e no golfe que permitiram à marca Pestana criar base no Algarve, território chave do turismo nacional e primeiro passo para a sua liderança no país. O primeiro passo no caminho da internacionalização dá-se em 1998, com a abertura das unidades de Moçambique e, logo no ano seguinte, com a aposta no destino Brasil com a compra do Pestana Rio Atlântica no Rio de Janeiro, a que se juntaram gradualmente outras oito unidades .

Em 2001 o Grupo Pestana inaugura o seu flagship hotel em Lisboa, o Pestana Palace Hotel & National Monument, fruto da recuperação do Palácio de Valle Flor e dos seus jardins, ambos Monumentos Nacionais, uma unidade “The Leading Hotels of the World”. Dois anos mais tarde, em 2003 e ainda em Portugal, o Grupo Pestana ganha o concurso internacional para gerir a cadeia Pousadas de Portugal.

África do Sul, Cabo Verde, Argentina, São Tomé e Príncipe e Venezuela vão se juntando ao mapa cada vez mais global da marca Pestana, ao longo desta primeira década do século XXI. A abertura do Pestana Chelsea Bridge, em Londres, em 2010, dá início a um novo eixo de expansão do Grupo, para as capitais europeias, a que se junta, em 2011, a capital alemã, com o Pestana Berlim Tiergarten. Em 2012 a presença estende-se a Bogotá na Colômbia e já este ano 3 novas aberturas: Casablanca - Marrocos, Miami - Estados Unidos da América e Cayo Coco - Cuba. Os resultados deste percurso de 40 anos são claros: o Grupo Pestana é hoje o maior grupo hoteleiro português com presença em 14 países, em três continentes.

Passados estes 40 anos de sucesso, o Grupo continua a estudar novas formas de desenvolvimento, dentro e fora do país. Nos próximos anos, as principais cidades europeias e a América do Sul vão continuar a ser a grande aposta do Grupo. Para comemorar este aniversário, o Grupo tem previstas várias iniciativas comerciais nas unidades Pestana, ao longo de todo o ano.

Pestana no Brasil[editar | editar código-fonte]

Cidade (Localização) Estado
Curitiba Paraná
Rio de Janeiro (Copacabana) Rio de Janeiro
Rio de Janeiro (Barra da Tijuca) Rio de Janeiro
Salvador (Bahia Lodge) Bahia
Salvador (Convento do Carmo) Bahia
São Luís Maranhão
São Paulo São Paulo

Hotéis[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Pousadas de Portugal editar
Históricas Pousada do Castelo de Alvito (Alvito) | Pousada de São Francisco (Beja) | Pousada da Rainha Santa Isabel (Estremoz) | Pousada dos Lóios (Évora) | Pousada de D. João IV (Vila Viçosa) | Pousada de Santa Marinha (Guimarães) | Pousada do Solar da Rede (Mesão Frio) | Pousada de D. Dinis (Vila Nova de Cerveira) | Pousada do Castelo (Óbidos) | Pousada do Castelo de Palmela (Palmela) | Pousada D. Maria I (Queluz) | Pousada de São Filipe (Setúbal) | Pousada do Convento da Graça (Tavira) | Pousada do Convento de Belmonte (Belmonte) | Pousada do Convento do Desagravo (Vila Pouca da Beira) | Pousada do Convento do Carmo (São Salvador da Bahia)
Design Histórico Pousada de D. Afonso II (Alcácer do Sal) | Pousada de Nossa Senhora da Assunção (Arraiolos) | Pousada Flor da Rosa (Crato) | Pousada de Santa Maria do Bouro (Amares - Gerês) | Pousada do Forte de São Sebastião (Angra do Heroísmo)
Natureza Pousada de Santa Clara (Santa Clara-a-Velha) | Pousada da Quinta da Ortiga (Santiago do Cacém) | Pousada de São Miguel (Sousel) | Pousada de Vale do Gaio (Torrão) | Pousada de São Bento (Caniçada - Gerês) | Pousada de São Gonçalo (Marão) | Pousada do Infante (Sagres) | Pousada de São Lourenço (Manteigas) | Pousada de Amoras (Proença a Nova) | Pousada da Ria (Ria de Aveiro)
Charme Pousada de Santa Luzia (Elvas) | Pousada de Santa Maria (Marvão) | Pousada do Barão de Forrester (Alijó) | Pousada de São Bartolomeu (Bragança) | Pousada de Nossa Senhora da Oliveira (Guimarães) | Pousada de São Teotonio (Valença do Minho) | Pousada do Monte de Santa Luzia (Viana do Castelo) | Pousada do Conde de Ourém (Ourém) | Pousada de São Brás (São Brás de Alportel) | Pousada de Nossa Senhora das Neves (Almeida) | Pousada de Santa Cristina (Condeixa-a-Nova) | Pousada do Forte de Santa Cruz (Horta)