José Pedro Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2011). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pedrinho
Informações pessoais
Nome completo José Pedro Santos
Data de nasc. 6 de setembro de 1976 (43 anos)
Local de nasc. Campos dos Goytacazes, RJ,  Brasil
Altura 1,73 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campista
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1996
1997
1998
1998-1999
1999
2000 (1º semestre)
2000 (2º semestre)
2001
2002-2005
2005
2006
2007
2008 (1º semestre)
2008 (2º semestre)
2009 (1º semestre)
2009 (2º semestre)
2010
2011
São Paulo Noroeste
São Paulo São Caetano
São Paulo Ituano
São Paulo Palmeiras
Rio Grande do Sul Juventude
Japão Kawasaki Frontale
Rio de Janeiro Botafogo
Paraguai Cerro Porteño
Paraguai Libertad
Rio Grande do Sul Grêmio
Ceará Ceará
Paraguai Libertad
Goiás Atlético Goianiense
Paraguai 3 de Febrero
Goiás CRAC
Sergipe Boca Júnior
Sergipe Itabaiana
Minas Gerais Funorte
- (-)
- (-)
- (-)
12 (0)
16 (0)
10 (0)
14 (1)
17 (1)
45 (6)
- (-)
10 (0)
- (-)
- (-)
- (-)
- (-)
- (-)
- (-)
- (-)

José Pedro Santos (Campos dos Goytacazes, 6 de setembro de 1976), conhecido apenas por Pedrinho, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meio-campista. Iniciou a carreira no Noroeste, em 1996, passou pelo São Caetano na temporada seguinte, e defendeu o Ituano em 1998. É marcado por sua participação no título da Copa Libertadores de 1999, conquistado pelo Palmeiras.

Em 1998, ficou famoso por forçar a expulsão de Marcelo Ramos, do Cruzeiro, na terceira partida da decisão da Copa Mercosul, vencida pelo Verdão - o meio-campista, dois minutos após entrar em campo, sofreu uma violenta entrada do atacante, que acabaria levando cartão amarelo e, em seguida, o vermelho.

Após deixar o Palmeiras em 1999, Pedrinho atuou ainda por Juventude, Kawasaki Frontale[1][2], Botafogo, Cerro Porteño, Libertad (foram quatro temporadas, retornando em 2007), Grêmio (esteve no elenco que fez parte da Série B de 2005, atuando em poucos jogos), Ceará, Atlético Goianiense, 3 de Febrero, CRAC, Boca Júnior e Itabaiana.

Para a temporada 2011, Pedrinho foi contratado pelo Funorte, equipe onde encerrou sua carreira, aos 35 anos.

Referências

  1. [1](em japonês)
  2. [2](em japonês)

Links[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.