Jackson Coelho Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jackson
Informações pessoais
Nome completo Jackson Coelho Silva
Data de nasc. 23 de março de 1973 (47 anos)
Local de nasc. Codó (MA), Brasil
Altura 1,72 m
destro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição meia
Clubes profissionais
Anos Clubes
1992–1995
1994
1995–1996
1996
1997–1998
1999–2000
2000–2001
2001
2002
2002
2003
2004
2004
2005–2006
2007–2009
2010
2010
2011
2012
2013
Maranhão
Mogi Mirim (emp.)
Goiás
Comercial
Sport
Palmeiras
Cruzeiro
Internacional
Etti Jundiaí
Gama
Coritiba
Emirates Club
Ituano
Coritiba
Vitória
Santa Cruz
ABC
Serrazuense
Bahia de Feira
Santa Helena
Maranhão Atlético Clube
Seleção nacional
1998 Brasil

Jackson Coelho Silva,[1] mais conhecido como Jackson (Codó, 23 de março de 1973),[2] é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meia.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jackson começou sua carreira profissional no Maranhão, onde foi tricampeão maranhense. Passou alguns meses emprestado ao Mogi Mirim e logo depois regressou ao clube em que foi revelado. Em 1995, chamou atenção do Goiás, que o contratou. Permaneceu no time goiano até 1996, quando foi negociado com o Comercial.

Em 1997, foi contratado pelo Sport, onde foi bicampeão pernambucano e sempre destaque do time pernambucano. Foi também nessa época que Jackson foi convocado pelas únicas três vezes para a Seleção Brasileira, disputando apenas amistosos.

O Palmeiras acabou contratando-o em 1999 para a disputa da Libertadores daquele ano, competição que ajudou o clube paulista a conquistar.

Negociado com o Cruzeiro em 2000, sagrou-se campeão da Copa do Brasil desse ano e posteriormente passou por Internacional, Gama e Paulista, até chegar ao Coritiba, em 2003, se destacando nacionalmente e sendo vendido ao Emirates Club no ano seguinte, retornando ao Brasil ainda em 2004 para defender o Ituano. Voltou ao Coritiba em 2005, se firmando como o maestro da equipe, comandando o meio-campo do Coxa até o fim de 2006.

Em 2007, foi contratado pelo Vitória, onde jogou até o fim de 2009, sendo sempre exemplo de determinação tática e comprometimento. Ajudou o rubro-negro a ascender à Série A do futebol brasileiro e a conquistar o tricampeonato baiano de 2007-08-09.

Ao fim da temporada 2009, foi dispensado pois o clube baiano buscava diminuir sua folha salarial para o ano seguinte. Pouco tempo depois, de ser anunciada a sua contratação pelo União Rondonópolis, o jogador acertou com o Santa Cruz, onde não conseguiu o acesso na Série D do Brasileirão.

Após terminar a participação do Santa Cruz no certame, Jackson acertou com o ABC, e comandou o meio-campo do clube potiguar no acesso e título da Série C. Já em 2011, foi peça chave na conquista do Campeonato Potiguar, tendo inclusivo marcado um gol na final da competição.[4] Sem espaço no time que disputa a Série B, Jackson acabou dispensado.

No final de 2011, foi anunciada a sua contratação pelo Bahia de Feira, para a disputa do Campeonato Baiano de 2012.[5] Apesar de uma boa campanha inicial, chegando a figurar por várias rodadas na liderança do estadual, a equipe acabou decaindo nas rodadas finais e ficou de fora da segunda fase.

Após o fim do Campeonato Baiano de 2012, Jackson acertou com o Santa Helena, de Goiás.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Maranhão
Sport
Palmeiras
Cruzeiro
Vitória
ABC

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

  • Taça Valle d'Aosta: 1999

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
  • Taça Valle d'Aosta: 1999 (3 gols)

Jogos pela Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Data Competição Local   Placar Adversário
1 23 de setembro de 1998 Amistoso São Luís (Brasil) Brasil 1 – 1 Iugoslávia
2 14 de outubro de 1998 Amistoso Washington, D.C. (Estados Unidos) Brasil 5 – 1 Equador
3 18 de novembro de 1998 Amistoso Fortaleza (Brasil) Brasil 5 – 1 Rússia

Referências

  1. «Perfil de Jackson». OGol. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  2. «Palmeiras tem "gato" arrependido». Folha de S.Paulo. 26 de novembro de 1999. Consultado em 21 de janeiro de 2021 
  3. «JACKSON...Ex-meia de Palmeiras e Cruzeiro». Terceiro Tempo. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  4. «ABC vence Santa Cruz-RN e fatura seu 52º Estadual». lancenet.com.br. 8 de maio de 2011. Consultado em 9 de maio de 2011 
  5. «"Vovô" Jackson reforça o Bahia de Feira para o Baianão 2012». ibahia.com. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 15 de maio de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.