Larry Lurex

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde janeiro de 2015).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Larry Lurex é o pseudônimo usado para um projeto musical realizado pelo dono da Trident Studios’ Robin Geoffrey Cable, no ano de 1972. Este título viria a ser o primeiro nome artístico do vocalista da banda Queen, Freddie Mercury.[1]

Cable estava testando a técnica "Wall of Sound" criada por Phil Spector gravando assim um single com dois êxitos:

Cable pediu para que Freddie Mercury dos recém formados Queen cantasse as duas faixas, na mesma época que o Queen gravava seu primeiro álbum auto-intitulado. Mercury decidiu gravar as duas faixas com os companheiros de banda Roger Taylor e Brian May para encaixar percussão, guitarra e vocais de apoio nas gravações. (Dos quatro integrantes do Queen, apenas John Deacon não participou da gravação da primeira faixa). Em "Goin' Back", o Queen gravou com a sua formação oficial, incluindo Deacon.

As faixas foram reeditadas como um 7" vinil para a gravadora EMI no ano de 1973. Para alguns é considerado o primeiro lançamento do Queen.

Em 1995, um trecho de "Goin' Back" foi utilizado na parte final da canção "Mother Love" do Queen, no álbum Made in Heaven. As duas faixas foram inclusas nas coletâneas The Solo Collection e Lover of Life, Singer of Songs.

Referências

  1. Jackson, Laura (2011). Freddie Mercury. The Biography (em inglês). Hachette: Piatkus Books. ISBN 9780749956080 
Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.