Radio Ga Ga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Radio Ga Ga"
Single de Queen
do álbum The Works
Lado B I Go Crazy
Lançamento 1984
Formato(s) Vinil (7" / 12")
Gravação 1983
Gênero(s) Rock
Duração 5:44(álbum), 6:53(versão estendida)
Gravadora(s) EMI, Capitol
Composição Roger Taylor
Produção Queen e Mack
Cronologia de singles de Queen
"Back Chat"
(1982)
"I Want to Break Free"
(1984)

"Radio Ga Ga" é uma música da banda britânica de rock Queen escrita pelo baterista do grupo, Roger Taylor, para o álbum The Works. A canção também esta presente nos álbuns de compilação, Greatest Hits II e Classic Queen.[1]

O música foi um sucesso mundial, alcançando o primeiro lugar em 19 países, o segundo lugar no UK Singles Chart e a 16ª posição na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos.[2] A banda tocou a canção em cada concerto de 1984 a sua última com o vocalista Freddie Mercury, em 1986, com a sua mais notável performance no Live Aid, em 1985.[3][4][5]

Significado[editar | editar código-fonte]

A música comenta o aumento da popularidade da televisão, desde a sua criação, sobre o rádio e como seria cada um de nós ouvir as suas emissoras preferidas no rádio. Taylor tinha escrito originalmente Radio Ca Ca mas Ga Ga era mais fácil de pronunciar além de que Ca Ca tem significado pejorativo em várias línguas latinas. A música tem também referência ao filme Metrópolis, filme alemão de ficção científica produzido em 1927, realizado pelo cineasta austríaco Fritz Lang.

Produção[editar | editar código-fonte]

Taylor iniciou a escrita da música em Los Angeles quando se trancou no quarto com um sintetizador e uma caixa de ritmos. As gravações começaram no Record Plant Studios e incluíram partes de teclado de Fred Mandel. A gravação foi utilizada com uma Roland VP330+ e os baixos foram produzidos por uma Roland Jupiter 8.[6]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe da música foi feito sobretudo com adições de cenas da versão restaurada de Giorgio Moroder do filme de 1927 Metrópolis e foi realizado por David Mallet.

Referências

  1. «Queen». MTV. Consultado em 06 de junho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Lazell, Barry (1989) Rock movers & shakers p.404. Billboard, Inc., Página visitada em 06 de junho de 2013.
  3. Peter Stanford (24 de setembro de 2012). «Queen: their finest moment at Live Aid» (em inglês). The Telegraph. Consultado em 06 de junho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. Queen live on tour: The Works 1985 Queen Concerts. Página visitada em 06 de junho de 2013.
  5. Queen live on tour: Magic tour Queen Concerts. Página visitada em 06 de junho de 2013.
  6. Produção
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.