Leandro Léo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
este artigo contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2009)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Leandro Léo
Nascimento 17 de agosto de 1987 (30 anos)
Ocupação Ator, cantor e compositor.

Leandro Aparecido da Silva, mais conhecido como Leandro Léo (São Paulo, 17 de agosto de 1987), é um cantor, ator, compositor, guitarrista e violonista brasileiro das artes cênicas e Música Popular.

Biografia e Carreira[editar | editar código-fonte]

Ele já foi o Rei Davi na Série homônima da Rede Record (disponível no Netflix). Seu último papel foi o Dez Por Cento na minisérie Justiça de Manoela Dias, na Rede Globo.

Desde os 5 anos de idade representou inúmeros papéis em grandes produções na TV Brasileira. Mas a carreira de ator é só um detalhe pois foi a música que proporcionou o contato de Leandro Léo com a televisão através da gravação de dois LP's de cantigas de roda do grupo infantil Tindolele em 1994 e Chiquititas em 1999. Aos 14 anos foi indicado ao Prêmio TIM de Música pelo espetáculo “O Cavalinho Azul” de Maria Clara Machado. Fez diversos shows e apresentações em programas de auditórios populares da época como “Gente Inocente”, apresentado pelo ator Márcio Garcia, do programa Raul Gil e Silvio Santos, somando, ao todo, 6 anos de experiência na Rede Globo e 11 anos na Rede Record.

A música sempre pulsou forte na alma desse artista que também desde cedo gravou trilhas importantes como a do clássico Castelo Rá Tim Bum de André Abujamra e, muitas vezes, a trilha do próprio personagem, como no caso do personagem Pesadelo no Sítio do Pica-Pau-Amarelo.

Logo foi escalado a participar de grandes produções de elenco sendo dirigido por Tim Rescala, Cininha de Paula, Mira Haar, Cacá Mourthé, Cao Hamburguer, Paulo Guelli, Marco Rodrigo, Zé Lavigne  e tantos outros.

Anos de muito trabalho se passaram e não deu outra: a amiga e parceira de som Maria Gadu o intimou a levar a coisa mais a sério. Ela então assinou a produção musical com o também amigo músico Maicon Ananias do primeiro disco autoral de Leandro Léo, intitulado "Parto", que foi um desabafo musical da história de vida do artista, esbanjando romantismo e despontando não só como excelente cantor - com sua voz rouca que não se parece com a de ninguém (o que é raro nos dias de hoje) - mas também como excelente melodista e compositor.

Maria Gadú estourou e não titubeou, projetou Leandro Léo como cantautor e músico ao convidá- lo para gravar em seu DVD “Multishow Ao Vivo” as canções “João de Barro” (autoral), "Linda Rosa", "A Culpa", “Laranja”, "Quando fui Chuva", e ele está lá, no HSBC lotado, o público cantando suas canções, sendo assistido e aplaudido com orgulho por ela que é uma das maiores representantes da nova geração de cantautores brasileiros. Este presente que recebeu da amiga se estendeu às experiências internacionais durante toda a turnê de lançamento do DVD. Sim, Leandro Léo amadureceu e voou.

Este segundo projeto intitulado “Tudo A Seu Tempo” tem a produção assinada em parceria com o músico e produtor Bruno Werner. A participação do baterista nesse trabalho nos faz entender o porquê o duo se basta. Ele está ali ao vivo disparando os samplers de timbres graves pré gravados com muita propriedade, preenchendo o ambiente e sustentando as bases para as guitarras e voz de Leandro Léo que costura as canções com rifes de guitarra e violões suingados o que nos remete aos grandes sucessos da música popular brasileira.

No repertório, Leandro nos apresenta suas novas composições e releituras de "Logradouro" de Rafael Altério, "Se Não for Amor eu Cegue" de Lula Queiroga, "Mamãe Natureza" de Rita Lee, “Perdoa” de Paulinho Novaes, “Nós” de Tião Carvalho entre outras.

É um show dinâmico e forte em sonoridade. Belo e rico em poesia e carisma. Um show para dançar, cantar e, propositalmente, também para pensar.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão e Cinema
Ano Título Personagem
1999 Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme João
2000–02 Gente Inocente Cantor
2002–05 Sítio do Picapau Amarelo Pesadelo
2005 Levando a Vida Fuinha
2006 Vidas Opostas Carlos Laranjeira (Carlinhos)
2009 Poder Paralelo João Leme
2011 Sansão e Dalila Cário
2012 Rei Davi Davi
2012 Balacobaco Ivaldo Batista (Vinagre)
2014 Vitória Ricardo (Ricardinho)
2016 Justiça Dez por Cento

Discografia[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Ano Álbum Detalhes
1994 Grupo Tindolelê
1997 Chiquititas
2001 O Cavalinho Azul
  • Gravadora(s): Biscoito Fino
  • Formato(s): CD
2014 Parto[1]

Trilhas Sonoras[editar | editar código-fonte]

1997 - "Disco Completo" em Chiquititas

1999 - "Amigos" e "Estranho não, Diferente" em Castelo Rá-Tim-Bum

2002 - "Salmo 6 e 23" em Rei Davi

2004 - "O Terrível Pesadelo" em Sítio do Pica-Pau-Amarelo

2017 - "Breu Total" em D. P. A. - Detetives do Prédio Azul: O Filme

Outras Aparições[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Outro(s) artista(s) Álbum
1999 "Venha Comigo" MaraMaravilha Coração Iluminado
2010 "João de Barro" Maria Gadú Multishow Ao Vivo[2]
"Linda Rosa"
"Quando fui Chuva"
"A Culpa"
"Laranja"
2013 "Felicidade" Maria Gadu Nós[3]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1998 "Castelo Ra-tim-bum" Zequinha
2001 "O Cavalinho Azul" Menino Vicente
2006 "Turma do Pererê" Indio Tininin
2009 "Verdade Verdadeira" Mendigo Violeiro

Cursos[editar | editar código-fonte]

- Márcio Libar - Palhaçaria

- Daniel Hertz - Artes Cênicas Laura Alvim

- O Tablado - Cacá Morthé/Melvin/Lincon Vargas/Sura

- CN Artes - Curso Musical - André Gabé/Luis Carlos Tourinho/Caio Nunes

- Antonio Amancio - Artes Cênicas para vídeo - Romulo Amancio/Daniel/

- Preparação Vocal - Leila Mendes/Suzana Salles

- Aula de Corpo - Marcia Rubi

- Dança de Salão - Raquel Nunes

- Universidade Livre de Música - violão clássico (teoria e canto)

- Couth - Silvia Pareja

- Circo/Le Parcour

Referências

  1. «Parto - Leandro Léo». iTunes. Consultado em 30 de Julho de 2013 
  2. «Multishow Ao Vivo». iTunes. Consultado em 30 de Julho de 2013 
  3. «Nós». iTunes. Consultado em 30 de Julho de 2013