Lendas (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lendas
Legendsdcu0.png
Editora(s) DC Comics
Edições
Argumento John Ostrander
Len Wein
Desenho John Byrne
Colorista(s) Tom Ziuko
Arte-finalista(s) Karl Kesel
Personagens principais Darkseid
Liga da Justiça
Capitão Marvel
Novos Titãs

Lendas (Legends, no idioma original) foi uma minissérie em quadrinhos da DC Comics, com crossovers através dos títulos regulares da editora, e foi a primeira saga da DC Comics logo após Crise nas Infinitas Terras. A minissérie principal foi escrita por John Ostrander e Len Wein, e desenhada por John Byrne.

Histórico da publicação[editar | editar código-fonte]

As seis edições da série Lendas podem ser lidas como uma breve história ou podemos ler a minissérie como uma longa história, que além dos 22 capítulos também incluímos as 6 edições de Legends, entre os cruzamentos citamos principalmente as edições dos títulos Batman, Superman e Secret Origins. Ela também foi o primeiro grande crossover do Universo da DC após os eventos de Crise Nas Infinitas Terras.[1]

Lendas serviu principalmente como forma de lançamento para várias novas séries. Após a saga surgiram o volume 2 do Flash, a reativação do título Justice League escrita por Keith Giffen e J. M. DeMatteis e as operações do novo grupo formado pelo governo em Suicide Squad (Vol. 1).[1] A série também trouxe a introdução no pós-Crise do Universo DC do Capitão Marvel (a minisséire Shazam: The New Beginning recontou a origem do Capitão Marvel na Nova Terra) bem como da Mulher-Maravilha, que teve sua história reescrita pela DC Comics durante o tempo de publicação de Lendas.

O enredo[editar | editar código-fonte]

Basicamente, Darkseid, o senhor de Apokolips, tendo uma conversa com o Vingador Fantasma, advertiu que as lendas da Terra (no caso, os super-heróis) não se manteriam perseverantes se a população se voltasse contra eles. Darkseid então elaborou um plano para desacreditar todos os super-heróis da Terra, fazendo o planeta mais vulnerável a uma invasão posterior sua. Ele a Terra enviou um servo dele, o Glorioso Godfrey, que tinha a habilidade de cativar suas vítimas com sua voz. Godfrey disfarçou-se como G. Gordon Godfrey, e elaborou uma extensa campanha publicitária contra os superseres, afirmando que eles só traziam maus exemplos, que incentivavam a violência, que a população não deveria confiar sua segurança a mascarados, e que os supervilões não existiriam se não fossem os heróis. A população revoltou-se contra a comunidade heróica. O Presidente (Ronald Reagan), temendo pânico em alto escala, proibiu por decreto a atividade de superseres durante o episódio.

Subplanos[editar | editar código-fonte]

Nesse ínterim, Darkseid também fez diversos pequenos planos, a fim de atingir a vida pessoal dos heróis:

  • Contra Superman, fez o Homem de Aço perder a memória nas fossas de fogo de Apokolips, onde ele tornou-se um de seus guerreiros temporariamente;
  • Fez Capitão Marvel pensar que havia matado Macro-man com seu raio mágico, fazendo com que seu alter-ego, Billy Batson, jurasse jamais se transformar novamente no Mortal mais poderoso da Terra (o vilão havia instalado explosivos em Macro-man, de modo que explodira quando Capitão disse a palavra Shazam).
  • Instigou na mente de Rudy Jones uma compulsão que desencadeou eventos que o transformaram no Parasita, fazendo-o um problema para Nuclear;
  • Liberou o gigante de fogo Enxofre na Terra, causando destruição;

Desfecho[editar | editar código-fonte]

Quando Godfrey e seus partidários tentaram invadir o Congresso americano usando Cães de Guerra de Darkseid, o Sr. Destino formou uma nova Liga da Justiça (ela havia sido debandada depois que Gládio e Vibro foram mortos por andróides do Professor Ivo). Godfrey conseguiu roubar o elmo de Nabu de Sr. Destino, desejando seu grande poder, mas quando pôs o elmo, Nabu o tornou insano, fazendo com que todas as pessoas persuadidas por Godfrey vissem seu próprio erro em segui-lo.

Surgimento de heróis[editar | editar código-fonte]

Ao passo que alguns heróis se sentiam incomodados com a perseguição da população e mídia, outros surgiram deste conflito.

  • O Esquadrão Suicida foi formado pelo governo, com o objetivo de enfrentar ameaças visto que o Presidente proibiu o envolvimento de superseres durante a série Lendas.

Cronologia da história[editar | editar código-fonte]

A ordem de leitura oficial foi anunciada da seguinte forma pela DC Comics:

  • Capítulo 1 Cross-over: Batman #401 (Novembro de 1986): "A Bird in the Hand..."
  • Capítulo 2 Cross-over: Detective Comics #568 (Novembro de 1986): "Eyrie"
  • Legends #1 (Novembro de 1986): "Once Upon A Time...!"
  • Capítulo 3 Cross-over: Green Lantern Corps vol. 1, #207 (Dezembro de 1986): "Simple Minds"
  • Legends #2 (Dezembro de 1986): "Breach of Faith!"
  • Capítulo 4 Spin-off: Cosmic Boy #1 (Dezembro de 1986): "Those Who Will Not Learn the Lessons of History...
  • Capítulo 5 Cross-over: Justice League of America #258 (Janeiro de 1987): "The End of the Justice League of America: Saving Face"
  • Capítulo 6 Spin-off: Secret Origins vol. 2, #10 (Janeiro de 1987): "The Phantom Stranger"
  • Capítulo 7 Cross-over: Firestorm, the Nuclear Man #55 (Janeiro de 1987): "The Stench of Brimstone"
  • Legends #3 (Janeiro de 1987): "Send For... the Suicide Squad!"
  • Capítulo 8 Spin-off: Cosmic Boy #2 (Janeiro de 1987): "Is History Destiny?"
  • Capítulo 9 Cross-over: Justice League of America #259 (Fevereiro de 1987): "The End of the Justice League of America: Homecoming"
  • Capítulo 10 Cross-over: Firestorm, the Nuclear Man #56 (Fevereiro de 1987): "Firestorm No More"
  • Capítulo 11 Cross-over: Blue Beetle vol. 6, #9 (Fevereiro de 1987): "Timepiece!"
  • Legends #4 (Fevereiro de 1987): "Cry Havoc...!"
  • Capítulo 12 Cross-over: Warlord vol. 1, #114 (Fevereiro de 1987): "When A Legend Dies"
  • Capítulo 13 Spin-off: Cosmic Boy #3 (Fevereiro de 1987): "Past, Present... and Future"
  • Capítulo 14 Cross-over: Justice League of America #260 (Março de 1987): "The End of the Justice League of America: Flesh"
  • Capítulo 15 Cross-over: Blue Beetle vol. 6, #10 (Março de 1987): "Time on His Hands"
  • Capítulo 16 Cross-over: Warlord vol. 1, #115 (Março de 1987): "The Citadel of Fear"
  • Capítulo 17 Cross-over: Superman vol. 2, #3 (Março de 1987): "Legends From the Darkside"
  • Capítulo 18 Cross-over: Adventures of Superman #426 (Março de 1987): "From the Dregs"
  • Capítulo 19 Cross-over: Action Comics #586 (Março de 1987): "The Champion!"
  • Legends #5 (Março de 1987): "Let Slip the Dogs of War"
  • Capítulo 20 Spin-off: Cosmic Boy #4 (Março de 1987): "Time Without End"
  • Capítulo 21 Cross-over: Justice League of America #261 (Abril de 1987): "The End of the Justice League of America: Last Stand"
  • Legends #6 (Abril de 1987): "Finale!"
  • Capítulo 22 Spin-off: Secret Origins vol. 2, #14 (Maio de 1987): "The Secret Origin of the Suicide Squad"

Coletâneas originais[editar | editar código-fonte]

O encadernado Legends: The Collection (ISBN 1-56389-095-X) foi publicado em 1993 coletando todas as 6 edições da minissérie.

As três edições da Superman foram coletadas no Volume 2 do encadernado da série Superman: The Man of Steel.

Publicação no Brasil[editar | editar código-fonte]

A publicação de Lendas no Brasil foi primeiramente pela Editora Abril (Abril Jovem) entre Julho e Dezembro de 1988. A saga pode ser acompanhada em sua essência nas revistas Batman, Superamigos, Super-Homem, e na minissérie principal, Lendas.

Título Data da publicação Histórias originais
Batman 11 Julho de 1988 Batman #401 e Detective Comics #568
Lendas 1–6 Julho — Dezembro de 1988 Legends #1–6
Firestorm, the Nuclear Man #55–56
Blue Beetle vol. 6 #9
Superman vol. 2 #3
Adventures of Superman #426
Action Comics #586
Superamigos 39–43 Julho — Novembro de 1988 Green Lantern Corps vol. 1 #207
Justice League of America #258–261
Blue Beetle vol. 6 #10
Super-Homem 51–53 Setembro — Novembro de 1988 Cosmic Boy #1–4
Os Novos Titãs 25–26

Liga da Justiça 2, 4

Abril e Maio de 1988
Fevereiro e Abril de 1989
Secret Origins vol. 2 #10
Sem publicação associada Warlord vol. 1, #114–115 e Secret Origins vol. 2 #14

Encadernados[editar | editar código-fonte]

A minissérie foi republicada pela editora Panini duas vezes: Em Grandes Clássicos DC #10, publicada em 2007; e em Lendas do Universo DC – Darkseid, em 2017.[2][3]

Título Páginas Histórias originais coletadas Data de publicação ISBN
Grandes Clássicos DC 10 208 Legends #1–6 Abril de 2007 ISBN 8573512474
Lendas do Universo DC – Darkseid 180 Legends #1–6 e Superman (1987) #3 Junho de 2017 ISBN 978-8542607246

Referências

  1. a b Manning, Matthew K.; Dolan, Hannah, ed. (2010). «1980s». DC Comics Year By Year A Visual Chronicle. [S.l.]: Dorling Kindersley. p. 221. ISBN 978-0-7566-6742-9. DC's next big crossover showcased John Byrne's pencils on all six of the miniseries' issues. Entitled Legends, this new limited series was plotted by writer John Ostrander and scripted by Len Wein...By the series' end, the stage was set for several new ongoing titles, including...the Suicide Squad, as well as the Justice League. 
  2. Jorge, André (9 de agosto de 2007). «Grandes Clássicos DC #10». HQ Maniacs. Consultado em 18 de julho de 2017 
  3. Naranjo, Marcelo (29 de maio de 2017). «Confira os próximos encadernados do selo DC da Panini». Universo HQ. Consultado em 18 de julho de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.