Liga de Basquete Feminino de 2019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um evento desportivo atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 20 de maio de 2019) Sports current event.svg
LBF 2019
{{{PAGENAME}}}
Campeonato Liga de Basquete Feminino
Esporte Basquetebol
Duração 8 de março de 2019 - 3 de junho de 2019
Número de times 10
Parceiro(s) de TV ESPN
Temporada Regular
Playoffs
Temporadas LBF
2020 →

A Liga de Basquete Feminino de 2019 é uma competição brasileira de basquete feminino organizada pela Liga Nacional de Basquete. Será a nona edição do campeonato organizado pela LNB, com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball. Este torneio, é totalmente organizado pelos clubes participantes. A princípio seria transmitido em TV aberta pela TV Gazeta.[1][2] Mas como a emissora abdicou os direitos foram repassados para ESPN.[3] A partir desta temporada até 2022, a abertura do campeonato está prevista para o dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.[4]

Regulamento[editar | editar código-fonte]

As 10 equipes se enfrentam em turno e returno, classificando as 8 primeiras para a fase seguinte. Na fase quartas-de-final e semifinais, com os quatro melhores classificados diretamente para as finais, sempre em uma melhor de três jogos. A série final será disputada em melhor de cinco jogos, com os confrontos de mata-mata sendo disputados no modelo 2-2-1, com os Jogos 1, 2 e 5 sendo realizados na casa da equipe de melhor campanha na fase de classificação.[5]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 2018 Ginásio Capacidade Títulos da LBF (último)
Instituto Brazolin/São Bernardo São Bernardo do Campo São Paulo SP Ubaldo Lago ? 0 (não possui)
Sampaio Corrêa São Luís Maranhão MA Ginásio Castelinho 2 000 1 (2015/16)
Ituano Itu São Paulo SP Ginásio Joaquim de Moraes[6][7] 850 0 (não possui)
Santo André Santo André São Paulo SP Ginásio Pedro Dell'Antonia 4 500 1 (2010/11)
Blumenau Blumenau Santa Catarina SC Ginásio do Galegão 4 000 0 (não possui)
SESI Araraquara[8] Araraquara São Paulo SP Não participou Ginásio Gigantão 4 000 0 (não possui)
Campinas Campinas São Paulo SP Ginásio AAPP Paineiras 5 000 1 (2018)
UNINASSAU Recife Pernambuco PE Ginásio Marcelino Lopes 2 060 0 (não possui)
Pró Esporte[9] Sorocaba São Paulo SP Não participou Ginásio Gualberto Moreira 3 000 0 (não possui)
LSB-RJ[10] Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Não participou Arena Olímpica de Deodoro 2 000 0 (não possui)

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Times % Pts J V D PF PS PA Classificação ou rebaixamento
1 São Paulo Basquete Campinas 0 0 0 0 0 0 0 Classificado para os Playoffs
2 Maranhão Sampaio Corrêa 0 0 0 0 0 0 0
3 Pernambuco UNINASSAU 0 0 0 0 0 0 0
4 Santa Catarina Blumenau 0 0 0 0 0 0 0
5 São Paulo Santo André 0 0 0 0 0 0 0
6 São Paulo Ituano 0 0 0 0 0 0 0
7 São Paulo São Bernardo 0 0 0 0 0 0 0
8 São Paulo Pró-Esporte Sorocaba 0 0 0 0 0 0 0
9 São Paulo SESI Araraquara 0 0 0 0 0 0 0
10 Rio de Janeiro LSB-RJ 0 0 0 0 0 0 0

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

UNI SCB BLU ITU AND BER CAM LSB PRO SES
UNINASSAU - 86-75 66-80 82-57 50-56
Sampaio Corrêa 66-38 - 71-54 64-65 64-44 75-63
Blumenau 59-66 - 78-62 65-62 94-72 96-59 70-73
Ituano 74-64 54-49 65-68 94-38 48-81 49-57
Santo André 88-77 60-68 78-53 77-42 79-52 57-55
São Bernardo 78-60 58-70 74-72 61-65 81-47 66-74
Basquete Campinas 81-57 84-64 77-49 85-68 70-44
LSB-RJ 61-80 41-100 51-77 51-89 77-45 51-84
Pró-Esporte Sorocaba 80-86 42-81 77-88 72-60 39-84
SESI Araraquara 61-69 51-48 77-56 57-70 84-36

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Playoffs LBF 2019

Chave[editar | editar código-fonte]

  Quartas de final
(Melhor-de-3)
Semi-Finais
(Melhor-de-3)
Final
(Melhor-de-5)
                           
     
   
     
     
 
     
     
   
     
   
   
     
 
     


Negrito - Vencedor das séries
itálico - Time com vantagem de mando de quadra

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Time 1 Série Time 2 1º Jogo 2º Jogo 3º Jogo

Semi-final[editar | editar código-fonte]

Time 1 Série Time 2 1º Jogo 2º Jogo 3º Jogo

Final[editar | editar código-fonte]

Primeiro Jogo


Segundo Jogo
Terceiro Jogo
Quarto Jogo
Quinto Jogo


Premiação[editar | editar código-fonte]

Liga de Basquete Feminino de 2019
Brasil

A definir
Campeão
(?° título)

Referências

  1. Esporte, Máquina do (18 de dezembro de 2017). «Liga de Basquete Feminino fecha com Gazeta e estará na TV aberta em 2018». Máquina do Esporte 
  2. «TV Gazeta de São Paulo vai transmitir a Liga Nacional de Basquete Feminino». Esporteemidia.com - Notícias do SporTV, FOX Sports, ESPN, Esporte Interativo, BandSports, Globo... 
  3. «ESPN fecha acordo para transmitir Liga de Basquete Feminino». UOL. Consultado em 11 de março de 2019 
  4. «LBF CAIXA TERÁ O DIA DA MULHER COMO DATA OFICIAL DE ABERTURA». LNB. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  5. «Regulamento LBF 2019» (PDF). LBF. Consultado em 13 de abril de 2019 
  6. «Com o comando de Barbosa, Ituano terá time na Liga de Basquete Feminino». Globoesporte 
  7. «Portal FUNVIC - Funvic terá time de basquete feminino em parceria com o Ituano Futebol Clube» 
  8. «Prefeitura e Sesi lançam parceria no basquete feminino de Araraquara». Prefeitura Municipal de Araraquara. 26 de março de 2018. Consultado em 4 de dezembro de 2018 
  9. «Sorocaba, o retorno». LNB. Consultado em 4 de dezembro de 2018 
  10. «Rio de Janeiro pode ter equipe na nova temporada da Liga de Basquete Feminino». Sportv. Consultado em 4 de dezembro de 2018 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Liga de Basquete Feminino de 2018
Liga de Basquete Feminino
2019
Sucedido por
Liga de Basquete Feminino de 2020