Luís Carlos Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escurinho
Informações pessoais
Nome completo Luís Carlos Machado
Data de nasc. 18 de janeiro de 1950
Local de nasc. Porto Alegre (RS),  Brasil
Falecido em 27 de setembro de 2011 (61 anos)
Local da morte Porto Alegre (RS),  Brasil
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes de juventude
Brasil Internacional
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1970-1971
1971
1972-1977
1978
1979
1980
1981
1982
1983
1984
1985
1986
Brasil Internacional
Brasil Farroupilha
Brasil Internacional
Brasil Palmeiras
Brasil Internacional de Limeira
Brasil Coritiba
Equador Barcelona de Guayaquil
Brasil Vitória
Brasil Bragantino
Brasil Caxias
Chile La Serena
Brasil Avenida









Luís Carlos Machado, mais conhecido como Escurinho (Porto Alegre, 18 de janeiro de 1950Porto Alegre, 27 de setembro de 2011) foi um futebolista brasileiro que atuava como atacante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Destacando-se como cabeceador, esteve presente na equipe do SC Internacional de 1970 a 1977, participando das duas primeiras conquistas do campeonato brasileiro alcançadas pelo clube colorado, além de sete títulos estaduais consecutivos. Na SE Palmeiras, foi vice-campeão brasileiro em 1978.

Na metade dos anos 1970, Escurinho gravou um vinil. Ele compunha sambas com músicos da MPB brasileira, como Wilson Ney e Bedeu.

Em 2009, Escurinho precisou amputar parte de uma das pernas em função de problemas de saúde, como insuficiência renal e diabetes. Para ajudar no tratamento, o SC Internacional decidiu doar para ele a bilheteria do filme "Nada vai nos separar", que narra os 100 anos de vida do Colorado, comemorados em 2009.

Morte[editar | editar código-fonte]

Escurinho morreu em 27 de setembro de 2011, vítima de parada cardíaca[1]. O atacante sofria de diabetes, estava internado desde abril no Hospital das Clínicas de Porto Alegre[2], onde passou por cirurgia para amputação da perna esquerda (a direita fora amputada em 2009)[3].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional
Barcelona de Guayaquil

Referências

  1. - Ídolo do Inter na década de 70, Escurinho morre em Porto Alegre
  2. «Morre Escurinho, ex-jogador do Inter». iG Esporte. 27 de setembro de 2011. Consultado em 2 de outubro de 2011 
  3. Marcos Júnior (27 de setembro de 2011). «Morre Escurinho, ex-Inter e Palmeiras». Terceiro Tempo. Consultado em 2 de outubro de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.